Território Brasileiro – Regiões, áreas, fronteiras e aspectos naturais

Detalhes sobre os principais dados geográficos do território brasileiro, que é marcado principalmente pela extensão, diversidade natural e cultural.

0

Conhecido por ser um país de dimensões continentais, a área do território brasileiro é de 8.515.767.049 km², o que faz dele o quinto maior país do mundo em extensão territorial, ficando atrás apenas da Rússia, Canadá, Estados Unidos e China.

Extensão territorial

O Brasil, de fato, faz jus às dimensões continentais. O país possui praticamente o mesmo tamanho de toda a Oceania, que tem 8.525.989 km² e é pouco menor que a Europa, cuja extensão total é de 10.180.000 km².

PUBLICIDADE

Nesse sentido, o território brasileiro possui uma excelente vantagem, se comparado aos outros gigantes, como a Rússia. Não há geleiras e as áreas desertificadas e montanhosas são pequenas, portanto, praticamente toda a extensão é habitável e propícia para atividades como agricultura e pecuária,

Está localizado na América do Sul, completamente na porção ocidental. Boa parte do território encontra-se no hemisfério sul e apenas uma pequena porção no hemisfério norte.

Divisão administrativa e regiões

A divisão do Brasil é feita em 26 estados, além do Distrito Federal. Em 2013 o país tinha o total de 5.570 municípios. Estados e municípios estão divididos em cinco regiões.

  • Norte – compreende os estados do Acre, Amazonas, Tocantins, Rondônia, Roraima, Pará e Amapá. É a maior região e compreende 45% do território brasileiro.
  • Nordeste – engloba os estados do Maranhão, Ceará, Sergipe, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Bahia, Alagoas e Paraíba. Engloba cerca de 18% do território.
  • Sul – compreende os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Representa 7% da área total.
  • Sudeste – abrange os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Cerca de 10% da área total.
  • Centro-Oeste – Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Distrito Federal. Compreende aproximadamente 18% da área total do Brasil.

Fronteiras

Ao todo, o Brasil apresenta 23.102 km de fronteiras, sendo que 15.735 km (70%) são terrestres e 7.367 km (30%) marítimas. Há limites geográficos com praticamente todos os países da América Latina.

Limites e fronteiras do território brasileiro
Limites e fronteiras do território brasileiro

Ao norte estão a Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Ao noroeste a Colômbia e o Peru, a oeste, a Bolívia, a sudoeste, Paraguai e Argentina e ao sul está o Uruguai.

As fronteiras marítimas se estendem pelo oceano Atlântico, quase que totalmente em praias ou áreas habitáveis, o que eleva muito o potencial turístico do país.

Coordenadas geográficas e fusos horários

Aproximadamente 92% do território brasileiro encontra-se em uma faixa tropical. Isso quer dizer que ele está localizado entre os trópicos, já que o sul do Brasil é cortado pelo Trópico de Capricórnio.

Além disso, outra importante linha geográfica passa pelo país, a Linha do Equador, mais especificamente na região norte do país. Dessa forma, as coordenadas geográficas do Brasil são as seguintes:

  • Latitude: 5ºN até -33ºS
  • Longitude: -35ºW até -75ºW

Um fato muito curioso, é que as distâncias entre os pontos extremos são muito parecidas, descontando as ilhas pertencentes ao país. Ou seja, a distância de leste-oeste é praticamente a mesma de norte-sul.

Assim sendo, da nascente do rio Moa, no estado do Acre (oeste) até a Ponta do Seixas, na Paraíba (leste) são 4.319 km, enquanto do monte Caburaí, em Roraima (norte) até o Arroio Chuí (sul) são 4.394 km.

PUBLICIDADE

Justamente por conta da extensão de leste-oeste, o Brasil tem uma grande variação de fusos horários, no total, são quatro regiões diferentes. O primeiro deles compreende apenas as ilhas do Atlântico e está duas horas atrasado em relação ao Meridiano de Greenwich (-2GMT).

O mais importante é o segundo (-3GMT), que engloba a maioria dos estados brasileiros. Nele, está incluída Brasília, a capital do país, portanto, é o horário oficial do Brasil.

O terceiro fuso (-4GMT) compreende principalmente os estados do oeste, boa parte do Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Roraima e Rondônia. O quarto fuso (-5GMT) abrange o estado do Acre e uma pequena porção a oeste do Amazonas.

Variações climáticas

A grande distância de latitude, ou seja, a extensão de norte a sul faz com o que o Brasil tenha diversas variações climáticas, que são aumentadas por conta de outros fatores, como por exemplo a vegetação e correntes marítimas.

As menores temperaturas do Brasil estão na região sul, inclusive com a presença de geadas e neve em alguns pontos. Contudo, não faz frio durante todo o ano, e há uma estação com temperaturas mais altas.

Na porção norte do território as temperaturas são mais altas por conta da proximidade com a Linha do Equador e a umidade é bastante elevada em função da Floresta Amazônica.

Arquipélagos, biomas, rios e ponto mais alto

Conforme citação anterior, o Brasil possui algumas ilhas no oceano Atlântico. O agrupamento dessas ilhas recebe o nome de Arquipélago e os principais do Brasil são: São Pedro e São Paulo, Fernando de Noronha, Trindade e Martin Vaz, de Santana e Cairu.

PUBLICIDADE

O território brasileiro possui uma ampla diversidade de vegetação. Os principais biomas do Brasil são o Cerrado, Caatinga, Amazônia, Mata Atlântica, Pampa, Mangue e Pantanal.

Além disso, o país é privilegiado em relação a quantidade de água doce presente no território. Por isso, possui amplos recursos hídricos. Os principais rios são o Amazonas, Xingu, São Francisco, Paraná, Parnaíba, Araguaia, Tocantins, Purus, Negro, Japurá, Tietê, Madeira, Iguaçu, Solimões e Uruguai.

O ponto mais alto do Brasil é o Pico da Neblina com 2.993,78 metros, no Amazonas. Outros locais com altitude elevada são o Pico 31 de Março, com 2.972,7 metros, também no Amazonas e o Pico da Bandeira, tem que 2.892 metros e fica na divisa entre Espírito Santo e Minas Gerais.

Recursos minerais

Além da abundância de recursos hídricos, fauna e flora privilegiados, o Brasil apresenta importantes reservas de recursos minerais. Os mais importantes são o carvão mineral, petróleo, minério de ferro, manganês, bauxita, ouro, estanho, diamante, estanho, níquel e nióbio.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.