Texto Informativo – O que é, características, estrutura, exemplos e modelos

Isento de sentimentalismos, apreciações ou opiniões particulares, o texto informativo tem apenas um único objetivo: o de informar.

0

Um texto de caráter informativo tem como objetivo principal informar o leitor sobre um determinado assunto, expondo e esclarecendo qualquer dúvida em relação ao tema. 

É uma produção textual direta e objetiva em que seu autor faz uso da escrita em prosa, com aspectos de uma linguagem clara e de fácil entendimento.

Diferentemente dos textos literários e mais poéticos, que fazem uso da linguagem conotativa, o texto informativo opta pela linguagem denotativa.

Outra característica é a inserção de dados e referências, sem nenhuma interferência de aspectos subjetivos, sendo livre de sentimentalismo, gostos, sensações e opiniões particulares dos seus autores.

Características do texto informativo

Ao analisarmos um texto informativo e suas atribuições, podemos considerar como características básicas:

  • Utiliza-se o discurso na 3ª pessoa;
  • Formato de escrita mais comum é a prosa;
  • Linguagem no sentido denotativo, informando o receptor que recebe a mensagem de forma clara e direta;
  • Não faz uso de figuras de linguagem, nem do uso conotativo das palavras. Desse modo, evita-se ambiguidade e liberdade para interpretações por parte dos leitores;
  • É isento de qualquer opinião pessoal, sentimentalismo, ou de qualquer método que não seja apenas o de informar;
  • Carrega citações, dados, informações sólidas e verídicas, no intuito de comprovar sua credibilidade.

Vale ressaltar que dentro do gênero informativo, pode haver a presença de outros tipos de textos: narrativos, descritivos e expositivos.

Estrutura do texto informativo

Assim como os demais gêneros textuais (romance, novela, crônica, lendas, fábulas), o texto informativo apresenta em sua estrutura características únicas, como:

  1. Introdução (tese): durante a introdução de um texto informativo, são expostas as informações básicas e mais importantes a serem exploradas ao longo da publicação pelo autor. 
  2. Desenvolvimento (antítese): nessa parte, o leitor se depara com as partes fundamentais do texto. Aqui, estão dispostas as informações completas e mais detalhadas, dados relevantes e que caracterizam todo os aspectos do objeto analisado. 
  3. Conclusão (nova tese): finalização do texto por meio de uma exposição ou apanhado geral da ideia central do conteúdo analisado.

Exemplos e modelos de texto informativo

Como o nome já carrega, informativo vem de informação. Assim, grande parte dos textos informativos está concentrada em publicações de veículos comunicacionais como jornais, revistas, entrevistas, campanhas informativas do governo e etc.

Enciclopédias, livros didáticos, verbetes de dicionários, entre outros, são alguns outros exemplos. 

Algumas análises trazem os artigos científicos como sendo textos informativos. No entanto, há divergências que indicam que esse gênero como sendo parte da categoria de textos expositivos-argumentativos.

Para ajudar na identificação de um texto argumentativo, confira alguns exemplos:

Notícias (sites, jornais, blogs)

Vacina contra a dengue está em fase final de produção

Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 40% da população mundial está em risco de contrair o vírus da dengue: são cerca de 390 milhões de infecções por ano. Em 2019, foram registrados 1.281.759 casos prováveis de dengue no país.

A forma mais eficaz de evitar doenças infecciosas é a vacina. Por isso, o Ministério da Saúde apoia o Instituto Butantan no desenvolvimento de uma vacina contra a dengue, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

“A vacina terá o potencial de proteger uma quantidade cada vez maior de pessoas com apenas uma dose”, explica o diretor da Divisão de Ensaios Clínicos e Farmacovigilância do Instituto Butantan, Alexander Precioso. Fonte: Ministério da Saúde.

Verbete de dicionário

Significado de linguagem

s.f Faculdade que têm as pessoas de se comunicar umas com as outras, exprimindo pensamentos e sentimentos por palavras, que podem ser escritas, quando necessário.

[Linguística] Sistema organizado através do qual é possível se comunicar por meio de sons, gestos, signos convencionais.

Diferença entre texto informativo e texto expositivo

Umas dos erros mais comuns entre os estudantes está em diferenciar um texto argumentativo de um texto expositivo.

Isso se dá principalmente porque em ambos os casos a transmissão da  crua informação é a parte principal dos textos. A isso, junta-se conceito, descrição, definição, enumeração, comparação, uso de dados e etc.

Para facilitar esse entendimento na hora de diferenciar os dois tipos, criou-se a categoria texto expositivo-informativo em contraposição ao formato expositivo-argumentativo. 

Veja também: Dicas para uma boa Interpretação de Texto

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.