Quem são os Tigres Asiáticos? – Resumo, países, mapa

Saiba os países que compõem os tigres asiáticos, a história, por que receberam esse nome e algumas características desse grupo de países

0

O que foram os Tigres Asiáticos?

Se trata de países localizados no continente asiático que, em um determinado momento histórico, começaram a apresentar um imenso crescimento econômico superior aos demais países de sua região, conhecidos também como países industriais no mundo. Os países dos tigres asiáticos foram:

  • Coréia do Sul
  • Taiwan
  • Hong Kong
  • Cingapura
Tigres Asiáticos - Mapa
Tigres Asiáticos – Mapa

A expressão “Tigres Asiáticos” foi utilizada como analogia sobre a força, a agilidade e a audácia típicas do comportamento de felinos. Refere-se ao crescimento repentino econômico dessas nações que, até os anos 1970, eram consideradas bastante empobrecidas.

Até o contexto da Segunda Guerra Mundial, estes países eram marcados por indicadores sociais tão baixos quanto os registrados atualmente em países africanos, sendo predominantemente agrícolas, com a grande maioria de sua população residindo nas zonas rurais. A agricultura era desenvolvida de forma bastante rudimentar, simples e com equipamentos precários. A partir da década de 1970 alcançaram um acelerado desenvolvimento industrial e econômico.

Os lucros obtidos pelas indústrias nesses países ocorriam principalmente em virtude da possibilidade de mão de obra a baixo custo encontrada nos países integrantes, o que despertou o olhar de empresas multinacionais que viram nestes territórios uma oportunidade de expandir seu capital.

Em virtude do grande desenvolvimento econômico dos Tigres Asiáticos, houve uma expansão para os países vizinhos do Sudeste, o que proporcionou um processo de industrialização na Indonésia, Vietnã, Malásia, Tailândia e Filipinas, esses países ficaram conhecidos como os novos Tigres Asiáticos.

Características dos Tigres Asiáticos

  • Produção de mercadorias de alta competitividade no mercado internacional;
  • Substituição das importações pelo investimento na indústria ligeira
  • Grande parte da produção de manufaturados voltada para o mercado externo;
  • Prioridade à oferta de produtos para países desenvolvidos
  • Elevado crescimento econômico nos últimos anos;
  • Restrição às importações
  • Investimento em capital humano pelo cumprimento de garantias sociais básicas
  • Grande desenvolvimento urbano nas últimas três décadas com grandes investimentos nos setores
  • Aumento de salários
  • Concorrência com outros mercados emergentes
  • Intensificação da indústria de alta tecnologia
  • Investimento em qualificação

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.