‘Título eleitoral’ Não perca os prazos para regularizar; Confira calendário

Confira os prazos para quem precisa fazer o título de eleitor, transferir ou regularizar.

As eleições para presidente da República, governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais irão acontecer dia 2 de outubro de 2022, e quem precisa fazer o título de eleitor, transferir ou regularizar tem que ficar atento aos prazos.

O eleitor pode regularizar sua situação eleitoral até 151 dias antes das eleições, ou seja, este ano pode-se tirar o título, fazer transferência e realizar qualquer alteração cadastral até o dia 4 de maio. Para tirar o título é só acessar o site TítuloNet.

Para pessoas que tenham alguma dificuldade de mobilidade ou deficiência, podem solicitar votar em outra seção entre os dias 18 de julho e 18 de agosto.

Calendário Eleitoral

  • 2 de abril: Data limite para os partidos obterem o registro dos estatutos no TSE; candidatos precisam ter domicilio eleitoral onde pretendem concorrer, e terem filiação deferida.
  • 5 de abril: Data limite para publicação das normas para formação de coligação. À partir deste dia é proibido agentes públicos realizarem reajuste de servidores públicos.
  • 11 a 13 de maio: Teste Público de Segurança do Sistema Eletrônico de Votação.
  • 15 de maio: Candidatos poderão começar a campanha de financiamento coletivo para a campanha.
  • 1º de junho: Data limite para os partidos renunciarem ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha e informar o TSE.
  • 5 de julho a 3 de agosto: Nomeação de eleitores que farão parte das mesas receptoras de votos e justificativas, e ainda os eleitores que farão parte do apoio logístico nos dias de votação.
  • 11 de julho: Publicação do número oficial de eleitores aptos a votar pelo TSE.
  • 20 de julho a 5 de agosto: permitido realizar convenções partidárias para combinar coligações e escolher candidatos à presidência da República e aos governos de Estado, cargos de deputado federal, estadual e distrital.
  • 12 de agosto: Data limite para que o TSE publique a tabela com a representatividade do Congresso Nacional.
  • 15 de agosto: Registro de candidatura dos candidatos escolhidos para concorrer à presidência da República e aos governos de Estado, cargos de deputado federal, estadual e distrital
  • 9 a 12 de setembro: Partidos e candidatos devem prestar contas parciais da campanha.
  • 2 de outubro: Primeiro turno das eleições. Votação das 8h às 17h — horário de Brasília.
  • 30 de outubro: Segundo turno das eleições. Votação das 8h às 17h — horário de Brasília.
  • 1º de novembro: Data limite para prestação de contas do primeiro turno das eleições.
  • 19 de novembro: Data limite para prestação de contas de quem participou do segundo turno.
  • 19 de dezembro: Diplomação dos candidatos eleitos.
  • 1º de janeiro de 2023: Posse do presidente e vice-presidente da república, e governadores.
  • 1º de fevereiro de 2023: Posse dos demais parlamentares.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More