Umidade do Ar

A umidade relativa do ar na floresta amazônica é em média de 88%, já no Planalto Central é comum que chegue aos 10% na estação da seca.

0

Às vezes ouvimos em boletins meteorológicos o termo “umidade relativa (UR) do ar”. Essa porcentagem se refere à quantidade de água suspensa no ar em relação à quantidade que poderia haver.

Esse número é obtido dividindo-se a pressão parcial da água no ar e a pressão do vapor da água na temperatura ambiente e multiplicando o resultado por 100.

Um extremo de 100% significa que o ar está carregado ao máximo de água e é indistinguível do vapor. Em 0%, significa que não existe água suspensa no ar.

O valor de um dia normal, 50% de umidade relativa, significa que num dado volume haverá metade da quantidade de água que existiria naquele mesmo volume cheio de vapor. Essa porcentagem não deve ser confundida com a probabilidade de chuva.

A UR é decorrente do processo de evaporação da água, natural do ciclo hidrológico. Nesse ciclo, a água em estado líquido passa a fazer da atmosfera em forma de gás, parte compondo o ar, e outra parte se acumulando em forma de nuvens.

Pelo princípio da entropia, corpos ganham ou perdem água para o ar, ajustando sua própria umidade de forma a se equilibrarem com o ambiente.

Por isso, baixas umidades são perigosas para pessoas com problemas respiratórios ou em idades vulneráveis. Se há pouca água no ar, a perda de água por evaporação do suor e desidratação mucosas pode ser um problema.

Essas superfícies perdem água para o meio em maior proporção em ambientes de baixa UR. Gotas de suor absorvem calor do corpo para evaporar e assim esfriam o corpo humano.

Como esse processo é mais fácil em clima secos, sentimos o calor aliviar; e em climas muito úmidos, sentimos mais calor. Por isso, em temperatura de 24 °C e umidade relativa de 0%, a “sensação térmica” é de 21 °C. Se a UR fosse de 100%, a sensação térmica seria de 27 °C.

Diversos problemas no corpo humano podem surgir caso a umidade esteja baixa demais e a desidratação tenha se instalado.

Alguns deles:

  • Ressecamento de mucosas que causa complicações respiratórias
  • Sangramento pelo nariz
  • Ressecamento da pele
  • Irritação dos olhos

Para evitá-los, pode-se:

  • Tomar água, além de usar soro fisiológico e colírio
  • Não fazer exercícios em horários de calor
  • Umidificar ambientes com vaporizadores ou toalhas molhadas

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.