6 hábitos que prejudicam a sua motivação

Se um dos seus objetivos é ficar mais motivado e alcançar o seu sucesso profissional, é importante que conheça alguns hábitos.

0

Como já dizia Mahatma Gandhi, “você nunca sabe que resultados virão da sua ação, mas se você não fizer nada, não haverá resultados”. Essa famosa frase desperta uma reflexão a cerca da nossa produtividade em relação aquilo que nos propomos a fazer e, principalmente, como temos feito para atingir nossos objetivos, seja na vida pessoal ou profissional.

Como bem se sabe, todos nos precisamos de um encorajamento para correr atrás de nossas metas e não desistir no meio do caminho. Esse impulso, que envolve fenômenos emocionais, biológicos e sociais, geralmente é chamado de motivação, um processo responsável por iniciar, direcionar e manter comportamentos relacionados com o cumprimento de objetivos.

É claro que as situações cotidianas também podem interferir na nossa força de vontade, mas a força interior que cada pessoa tem, chamada de auto-motivação, ou motivação intrínseca, pode ser trabalhada ao nosso favor e contribuir gradativamente para o aumento do nosso rendimento no trabalho.

Se um dos seus objetivos é ficar mais motivado e alcançar o seu sucesso profissional, é importante que saiba alguns hábitos que são considerados os principais inimigos da positividade e que podem dificultar o seu desempenho no trabalho. Confira abaixo e tente se afastar deles:

1- Perfeccionismo

Embora pareça um traço de personalidade interessante, o perfeccionismo pode atrapalhar muito o seu rendimento na empresa em trabalha. As revisões constantes de projetos, os atrasos em suas entrega e o desgaste psicológico em sua execução são os principais fatores que levam uma pessoa perfeccionista a ficar desmotivada consigo mesmo ou com sua equipe.  Pessoas assim estão constantemente insatisfeitas com seu desempenho ou em dúvidas sobre a qualidade de seu trabalho. Para evitar que isso aconteça, busque relaxar sempre que puder, compreenda que todos nós estamos sujeitos a cometer erros e tente melhor os aspectos que foram falhos da próxima vez.

2 – Estresse

O estresse tem feito parte da rotina de vários brasileiros. O mesmo é caracterizado pelo acúmulo de pequenos problemas no cotidiano, advindos principalmente do ambiente de trabalho. As consequências são várias, entre elas o nervosismo, desgaste do corpo e da mente, falta de produtividade, problemas no organismo e, principalmente, a desmotivação.  Embora não seja possível eliminá-lo de sua vida de um dia para noite, existem algumas formas que podem reduzi-lo aos poucos. A sugestão é que você mude um pouco sua rotina, pratique esportes, tenha um hobby, medite e viaje sempre que puder. Também é sugerido que você resolva os problemas aos poucos e não se preocupe demais com aquilo que não terá uma solução em curto prazo ou que não dependa exclusivamente de você.

3 – Negatividade

Não a nada pior do que conviver com pessoas negativas, pior ainda é se esse pensamento estiver dentro de você. A positividade é considerada fontes de boas energias, que possibilita que sua motivação esteja sempre em alta. Ao pensar negativamente, ou entrar em contato com pessoas constantemente negativas, as boas vibrações acabam se desconectando, o que é muito prejudicial tanto para sua vida pessoal quanto profissional. O sugerido é que quando a tensão ou negatividade aparecer, a sua reação seja positiva. Tente manter a calma para poder solucionar o problema sem estresse ou ansiedade, não permita que o desespero tome conta de você.

4 – Preguiça

De fato estar consciente de que executou um bom trabalho e ser reconhecido por isso pode aumentar a motivação de qualquer pessoa dentro do seu ambiente de trabalho. Ao se deparar com situações difíceis ou regradas demais, procure combater esse sentimento se esforçando ainda mais em suas tarefas. Crie gosto pelo seu trabalho, organize-se para evitar perder de vista o seu objetivo, tenha momentos de lazer para recuperar a energia e procure sempre trabalhar descansado. Agindo assim você eliminará a preguiça da sua vida, se sentirá mais motivado e, consequentemente, aumentará a sua produtividade.

5 – Impaciência

Entenda que os bons resultados não são alcançados de um dia para a noite. Pessoas bem sucedidas levam tempo para executarem os seus projetos de vida e alcançarem o sucesso que tanto almejam. O resultado depende de um longo caminho e, para chegar ao ponto que deseja, você precisa se manter focado e disciplinado. Caso perca a paciência, você tenderá a apressar as coisas e se desviar dos planos, com chances de se frustrar.  Mantenha-se concentração para alcançar seus objetivos. Estabeleça metas, pois sempre que conseguir atingi-las se sentirá mais motivado.

6 – Ingratidão

Em alguns momento da vida é comum surgir à sensação de que estamos parados no tempo ou que somos incapazes de alcançar determinada meta. Quando você se deparar com essa situação e não se sentir motivado a continuar pelo fato das coisas não estarem dando certo, procure focar em suas conquistas anteriores, ou seja, em tudo aquilo que você já obteve sucesso pela sua dedicação de trabalho. Lembre-se de ser grato pelas suas realizações e não condene aos outros se algo não saiu como você esperava. Busque analisar a situação, identifique as suas principais dificuldades e tente melhorá-las para continuar sua trajetória profissional ainda mais determinado e motivado.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.