Ajuda dos pais para trabalhos escolares deve ser de incentivo

É muito comum os filhos pedirem para os pais auxílio para realizar as atividades de casa. É frequente também que os pais além de ajudar, façam todos os exercícios . Saiba porquê isso pode ser prejudicial para o desenvolvimento e para o futuro da criança.

0

As crianças costumam pedir ajuda dos pais para fazerem suas lições de casa. Mas acabam que os pais concluem todas as atividades para os filhos. Isso pode acontecer tanto pela preocupação com as notas.Porém, a família deve incentivar os pequenos a serem autônomos na hora das tarefas escolares.

Então, como conseguir equilibrar essa vontade ao ajudar os filhos nos exercícios de casa? Entenda agora como apoiar e não prejudicar o processo de educação das crianças.

Idade das crianças X Tarefas escolares

O psicólogo e neurocientista da Universidade de Duke (EUA), Harris Cooper, fez um estudo e concluiu que a idade faz toda a diferença na hora de exercer as atividades de casa. Ele ainda chegou à conclusão de que os benefícios das atividades são menores se as crianças forem mais jovens.

O psicólogo ainda afirmou que as atividades que devem ser feitas fora da instituição de ensino podem trazer uma imagem negativa sobre a instituição. Por isso, é necessário que os pais estejam atentos para observar se a escola está aplicando bem as atividades de casa.

Não faça as tarefas por seus filhos

Os pais geralmente tem um longo expediente de trabalho ou estão muito envolvidos com as atividades doméstica. Por isso, acaba sendo bem mais prático realizar todas as atividades pelos filhos, ao invés de orientá-los. Sem contar que as vezes os prazos são curtos, e isso faz com que os pais acabem assumindo os trabalhos.

Essas atitudes podem parecer mais eficientes, mas isso estimula a criança a sempre buscar soluções fáceis para tudo. Logo, a capacidade de de analisar e as etapas do conhecimento são prejudicadas.

Não apresse o tempo da tarefa

Não apresse a criança para terminar logo a tarefa. Isso pode deixar-la mais ansiosa e o seu filho pode encarar as atividades para casa como algo penoso e não um processo de aprendizagem.

Respeite o tempo da criança e caso necessário, ofereça a sua ajuda.

Não dê a resposta dos exercícios

Mesmo que algo na atividade esteja errado, não apague e faça de outra forma. Se a criança já tiver a certeza de que a atividade está correta, ela está sujeita a prestar menos atenção na correção em sala de aula.

Apenas incentive o seu filho a conferir todos os materiais disponíveis para saber se está correto. E se ele achar que sim, como chegou nessa conclusão.

Evite ajudar-los quando estiver cansado

É muito importante ajudar seu filho na hora de fazer as atividades. Mas, evite isso quando estiver muito cansado. Quando chegar do trabalho, relaxe um pouco e depois ajude a criança a realizar as tarefas de casa. Assim, você estará mais tranquilo e o ajudará melhor.

Deixe a criança chegar na conclusão das respostas sozinhas. Você pode dar dicas e até mesmo programar um cronograma de estudos. Isso mostra que você se importa com o rendimento escolar dela.

Atitudes importantes para o aprendizado infantil

Confira agora algumas atitudes muito importantes para auxiliar o seu filho a exercer as atividades em casa:

Criar uma rotina

É fundamental que hábitos positivos sejam gerados. Por isso, programe os horários de lanchar, brincar, tomar banho e fazer exercícios. Veja qual o melhor momento do dia para desenvolver os deveres de casa.

Incentivar

Mostrar para a criança que está feliz por ela ter feito todas as atividades da escola é uma grande estratégia, já que os pequenos gostam de mostrar à família o que fazem. Isso os estimula a fazerem o melhor.

Espaço para leitura

Monte um espaço para leitura, com livros de consulta e literatura. Isso incentiva ao gosto pela leitura e pesquisa. Atlas, dicionários, calendários e revistas são ótimos para continuar esse process. Assim como uma caixa com lápis, papel, tesoura, régua e outros materiais que possam ser úteis para as tarefas.

Atualize-se sobre o programa escolar

Acompanhe a agenda de seu filho. Geralmente as escolas enviam para os pais recados sobre feriados ou datas importantes e os pais devem mostrar que estão cientes. É fundamental saber os dias de provas e entregas de atividades. Frequentar as reuniões de pai também é fundamental para saber como a criança está progredindo.

Seja participativo

Sempre esteja presente no cotidiano do seu filho. Pergunte como foi o seu dia, se ele está com dificuldades em algum conteúdo e se precisa de ajuda. Além disso, faça brincadeiras com a criança, pois esta também precisa de descontrações.

Leve seu filho a bibliotecas, museu, teatro ou em outros lugares que o incentive à cultura. Quanto menor a criança, mais fácil fazer com que ela crie esse costume.

Pais participativos facilitam no aprendizado e quando a criança sente essa presença dos pais, se dedicam ainda mais aos estudos. Por isso, mesmo com a rotina muito corrida, tente ao máximo estar mais presente na vida escolar da criança. Também separe um tempinho a mais para programar atividades diferentes. Com isso, esta se tornará um adulto mais independente e um ótimo profissional.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.