Alumínio

O alumínio é o elemento metálico mais abundante na crosta da Terra.

0

Alumínio (símbolo químico Al, número atômico é 13) é um metal macio e leve com uma aparência prateada e a capacidade de resistir à corrosão. É o elemento metálico mais abundante na crosta da Terra.

Para que serve?

Alumínio - Tabela Periódica

Componentes estruturais feitos de alumínio são vitais para a indústria aeroespacial e muito importantes em outras áreas de transporte e construção.

Além disso, o alumínio e suas ligas são utilizados em embalagens, utensílios de cozinha, linhas de transmissão elétrica, processos de purificação de água, dispositivos eletrônicos, tintas e pirotecnia.

Compostos de alumínio também servem para uma ampla variedade de propósitos. Por exemplo, o sulfato de amônio e alumínio é usado na purificação de água e tratamento de esgoto. A solução de acetato de alumínio é um adstringente, o cloreto de alumínio é usado em tintas e antitranspirantes e o borato, fosfato e fluorsilicato de alumínio são usados ​​na produção de vidro e cerâmica.

O alumínio é um dos poucos elementos abundantes que parecem não ter um papel biológico benéfico, sendo que uma pequena porcentagem de pessoas é alérgica a ele.

História

Os antigos gregos e romanos usavam sais de alumínio como mordentes para tingir tecidos e adstringentes para curar feridas. Em 1808, Humphry Davy identificou a existência de uma base de metal de alúmen, a qual ele inicialmente chamou de alumium e depois de alumínio.

Friedrich Wöhler geralmente é creditado pelo isolamento de alumínio em 1827 ao fazer a mistura de cloreto de alumínio anidro com potássio. O metal, no entanto, havia sido produzido (embora na forma impura) pela primeira vez dois anos antes pelo físico e químico dinamarquês Hans Christian Orsted.

Portanto, Orsted também pode ser listado como o descobridor do metal. Pierre Berthier descobriu o alumínio no minério de bauxita e o extraiu com sucesso e o francês Henri Etienne Sainte-Claire Deville melhorou o método de Wöhler em 1846 e descreveu o processo em um livro de 1859.

A estátua ‘Eros’ no Piccadilly Circus de Londres, construída em 1893, é uma das primeiras estátuas a serem fundidas em alumínio. Antes do desenvolvimento de métodos para purificar o alumínio em grandes quantidades, ele era considerado um metal precioso e mais valioso do que o ouro.

Napoleão III, imperador da França, é conhecido por ter dado um banquete onde os convidados mais honrados receberam utensílios de alumínio, enquanto os outros convidados tiveram que se contentar com utensílios de ouro.

A Alemanha tornou-se líder mundial na produção de alumínio logo após a ascensão de Adolf Hitler ao poder. Em 1942, no entanto, novos projetos de energia hidrelétrica como a Grand Coulee Dam deram aos Estados Unidos algo que a Alemanha nazista não podia competir, fornecendo-lhes capacidade suficiente para produzir alumínio suficiente para fabricar 60.000 aviões de guerra em quatro anos.

Características

Na tabela periódica, o alumínio está localizado no grupo 13 (antigo grupo 3A), entre o boro e o gálio. Além disso, encontra-se no período 3, entre magnésio e silício. Considera-se um membro do grupo dos Metais de Pós-transição. Os átomos do metal estão dispostos em uma estrutura cúbica centrada na face.

O alumínio é um dos poucos metais que retêm a refletividade prateada total em forma de pó fino, tornando-se um componente importante das tintas de cor prata. O alumínio puro serve como um excelente refletor de luz visível e de infravermelho. É um bom condutor térmico e elétrico, sendo melhor que o cobre.

Este metal tem cerca de um terço da densidade e rigidez do aço. É dúctil e facilmente usinado, moldado e extrudado. A resistência ao escoamento do alumínio puro é de 7-11 MPa, enquanto as ligas de alumínio têm limites de elasticidade entre 200 e 600 MPa. Além disso, o alumínio puro tem baixa resistência à tração, mas suas ligas exibem uma melhorias nas propriedades mecânicas, especialmente quando temperadas.

Dados

Massa atômica – 26,9815386(8) u
Configuração eletrônica – [Ne] 3s2 3p1
Elétrons – 2, 8, 3
Estado da matéria – sólido
Ponto de fusão – 933,47 K
Ponto de ebulição – 2792 K
Entalpia de fusão – 10,79 kJ/mol
Entalpia de vaporização – 293,4 kJ/mol

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.