As 8 principais doenças causadas por protozoários

Transmitidas por picadas de mosquitos, consumo de alimentos contaminados ou até mesmo sexualmente, as protozooses podem levar a casos mais graves

0

Animais unicelulares do Reino Protista, os protozoários foram um dos primeiros seres vivos da Terra – daí o nome, que combina proto (latim para ‘primitivo’) e zoon (‘animal’). A maioria deles é aquática e de vida livre.

Sua reprodução ocorre, principalmente, de forma assexuada, mas também há espécies que se reproduzem sexuadamente. Em sua maioria, não causam doenças.

Mesmo que existam mais de 60 mil espécies no Reino Protista, somente algumas espécies infectam o homem. Conheça esses parasitas e as oito principais doenças causadas por protozoários:

1. Malária

O mosquito Anophelesv é quem transmite a malária para os humanos (Foto: Getty Images)

A mais famosa da lista, a malária é uma das doenças mais antigas da humanidade. Presente em mais de 90 países, é transmitida pela picada do mosquito Anopheles.

No ser humano, a malária é causada pelas espécies Plasmodium vivax, P. falciparum, P. malariae e P. Ovale. Destas, o responsável pela forma mais grave da doença é o falciparum.

O primeiro sintoma da malária é febre alta, acompanhada de mal-estar, náuseas, cefaleias e dores na articulação e pele amarelado. Caso o paciente não seja tratado ou seja afetado por uma forma mais grave da doença, pode ter complicações renais, pulmonares e coma cerebral, chegando a falecer.

2. Amebíase

A Entamoeba histolytica é um dos protozoários que transmite a amebíase (Foto: Wikimedia Commons)

Causada pelos protozoários Entamoeba Histolytica e Entamoeba coli, a amebíase também é transmitida através de cistos, que contaminam a água e alimentos e se colonizam no intestino grosso.

As complicações dependem do estágio da doença. Primeiramente, acontecem evacuações mucosanguinolentas e desidratação. Depois, as amebas podem atingir órgãos como fígado, pulmão e cérebro. Apenas em casos mais graves pode levar à morte.

3. Doença de Chagas

Rhodnius prolixus, a segunda espécie de barbeiro que mais transmite a Doença de Chagas (Foto: Wikimedia Commons)

Transmitida pelos barbeiros, que depositam suas fezes e urina em tecidos cutâneos ou nas mucosas do homem após o picarem, a Doença de Chagas é causada pelo protozoário Trypanossoma cruzi. Atinge cerca de 16 a 18 milhões na América Latina.

A Doença de Chagas apresenta duas fases: a aguda e inicial, que é assintomática ou com poucos sintomas; e a sintomática, que causa febre, conjuntivite, miocardite, entre outros;

Depois de um período de latência de 15 anos, a doença pode evoluir para a forma cardíaca, digestiva ou mista, em que a cardíaca e digestiva ocorrem simultaneamente. Nelas, o parasita atinge os órgãos desses sistemas e provocam consequências mais sérias.

4. Tricomoníase

Trichomonas vaginalis, o protozoário parasita da Tricomaníose (Foto: Reprodução / Encyclopedia Britannica)

Doença sexualmente transmissível (DST), a tricomoníase é causada pelo Trichomonas vaginalis. É a DST não viral mais comum do mundo.

Nas mulheres, causa vaginite, dor ao urinar e durante as relações sexuais, além de desconforto nos genitais externos. No homem, geralmente não provoca sintomas, mas se apresenta como uretrite com fluxo leitoso ou purulento e coceira na uretra.

5. Leishmaniose

O mosquito palha transmite a leishmaniose através da sua picada (Foto: Centers for-Disease Control and Preventions Public Health Image Library)

A leishmaniose é uma doença causa por diferentes espécies do protozoário do gênero Leishmania. Por isso, existem diferentes manifestações da zoonose, termo utilizado para definir doenças infecciosas propagadas entre animais. Os sintomas e formas de transmissão variam.

A leishmaniose potencialmente mortal é visceral, que é transmitida pelo mosquito L. longipalpis ou por contato de cães infectados. Existem também as formas cutâneas, as tegumentares, que não têm quase nenhuma gravidade mas podem causar mutilações nos lábios, nariz e orelhas.

6. Giardíase

A Giardia lamblia infecta o intestino delgado do ser humano (Foto: OPAS)

Causada pelo protozoário Giardia lamblia, a giardíase é uma infecção do intestino delgado transmitida através dos cistos eliminados pelas fezes da pessoa infectada, que contaminam a água, alimentos ou utensílios domésticos.

É uma doença mais comum em crianças e em locais com saneamento em condições precárias. Causa náuseas, flatulência, dores no abdômem, fezes volumosas e diarreia. É tratada com medicamentos.

7. Toxoplasmose

O Toxoplasma gondii, além dos humanos, infecta vários animais, como gatos, roedores e porcos (Foto: Getty Images)

A toxoplasmose é transmitida pelo Toxoplasma gondii, um esporozoário. É transmitido pelo contato com fezes de animais infectados, como gatos e roedores, ou pelo consumo de carne de animais contaminados, como porcos.

Nos adultos, o parasita causa uma infecção crônica assintomática, que pode gerar um grave quadro febril e aumentar os linfonodos, glândulas dos sistema imunológico. Nas crianças, pode causa encefalopatia (altera o funcionamento e estrutura do cérebro) e inflamação na retina e coróide (corioretinite).

8. Balantidiose

Balantidium coli é o parasita que causa a Balantidiose (Foto: Reprodução / Info Escola)

Infecção no aparelho digestivo, a balantidiose é causada pelo Balantidium coli. É transmitida através do consumo de água e alimentos contaminados ou caso se tenha contato com porcos ou o ambiente de criação dos suínos.

Pode ser uma doença assintomática. Quando se manifesta, os sintomas são febre, diarreia, náuseas, vômito, fraqueza, entre outros.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.