As baratas estão evoluindo e se tornando resistentes aos inseticidas, aponta estudo

Previsão de universidade americana aponta para a necessidade de desenvolver novos venenos para o controle de pragas.

Estudos apontam que as baratas perambulam pelo planeta Terra há pelo menos algumas centenas de milhares de anos. Inclusive, existem fósseis que comprovam que elas estiveram aqui durante a mesma época em que os dinossauros, e que resistiram a todas as intempéries e alterações climáticas.

Por isso dizemos que esse inseto é tão resistente, e tudo indica que seguirá sendo, já que estudos da Purdue University em Indiana, Estados Unidos, mostram que as baratas estão evoluindo.

Mas, não só isso, pois, na verdade elas estão mais resistentes aos inseticidas e difíceis de controlar.

Leia Mais: Insetos em casas: Conheça alguns bichinhos que dividem o lar com você

Baratas mais fortes

Muito se engana quem pensa que baratas são seres inofensivos e de fácil controle, pois novos estudos apontam que sua resistência está em constante evolução. Prova disso é a recente descoberta de que os inseticidas têm se tornado cada vez são menos eficazes para o controle desse inseto. De acordo com o estudo da Purdue University, as baratas podem desenvolver resistência cruzada aos inseticidas. Inclusive, isso pode acontecer mesmo quando os venenos forem novos e nunca antes expostos aos insetos.

Dessa forma, o líder do estudo, o pesquisador Michael Scharf, afirma que o aumento da resistência em baratas aumenta numa média de quatro a seis vezes mais numa única geração. Como consequência, faz-se necessário que haja mais estudos para descoberta e testes de novos inseticidas que consigam driblar os aparatos de sobrevivência das baratas.

Alta capacidade de reprodução

Outro ponto que incomoda bastante os pesquisadores, é o fato de que baratas conseguem se reproduzir muito rapidamente. Inclusive, mesmo uma barata “morta” pode ser capaz de gerar filhotes. Isso porque os inseticidas não são capazes de matar os óvulos de uma barata e, por isso, esses podem se desenvolver mesmo depois que a mãe estiver morta.

Com isso, o remédio mais eficaz para acabar com as infestações é a boa e velha chinelada. Inclusive, você pode usar o inseticida tradicional para matar a barata maior e depois finalizar com o chinelo, para impedir que possíveis filhotes voltem a assombrar a sua casa.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More