Bismuto – Elemento Químico Bismuto (Bi)

Apesar de ser considerado o menos tóxico, o bismuto juntamente com seus sais causam danos moderados ao fígado.

0

O bismuto é um elemento químico pouco abundante e caro, pertencente à família 5A, com número atômico 83, e símbolo químico Bi, com massa atômica igual a 208,9 u, encontrado no grupo 15.

Bismuto Elemento Químico SímboloO bismuto pode ser obtido pela redução do óxido com carbono. Trata-se de um metal quebradiço, de aspecto branco avermelhado.

Entre todos os metais, é o de maior diamagnetismo e o de menor condutividade térmica depois do mercúrio.

Tem o mais alto efeito Hall (surgimento de uma diferença de potencial em um condutor elétrico, transversal ao fluxo de corrente e um campo magnético perpendicular à corrente) e é pobre condutor de eletricidade.

No estado de solidificação, o bismuto se expande em 3,32%, enquanto no ar, queima com chama azul e fumaça amarela do óxido formado. Quando presente em água, sais solúveis de bismuto formam sais básicos insolúveis.

História

Os primeiros registros do bismuto datam da idade média, mas não como um elemento e sim como uma substancia. Bismuto, do alemão weisse masse (massa branca), posteriormente transformado em “Wisuth” e “Bisemutum” no século XV.

Esse elemento era confundido com estanho e chumbo devido a suas semelhanças. Foi em 1753, Claude Geoffroy the Younger verificou que era elemento metálico distinto.

Propriedades

O bismuto é um elemento químico com símbolo Bi, número atômico 83, massa atômica 208,9 u. Ele pertence ao grupo 15 e família 5A.

Com uma tonalidade rosácea e com brilho iridescente é um metal frágil, não tóxico, porém pode ocasionar lesões moderadas no fígado em caso de contato direto. Trata-se do metal mais diamagnético, seguido do mercúrio.

Por ser pouco frequente na natureza, seu valor acaba se elevando no mercado.

Na forma elementar nativa, este metal possui uma alta resistência elétrica e, também tem o mais alto efeito Hall entre os metais, isto é, ocorre um aumento considerável da resistência elétrica quando colocado num campo magnético.

Isótopos

Simb % natural Massa Meia Vida Decaimento
205Bi 0 204,9774 15,31 d CE p/ 205Pb
206Bi 0 205,9785 6,243 d CE p/ 206Pb
207Bi 0 206,9785 35 a CE p/ 207Pb
208Bi 0 207,9797 3,68 105 a CE p/ 208Pb
209Bi 100 208,9804 Estável
210Bi 0 209,9841 5,01 d b– p/ 210Po
a p/ 206Tl

Para que serve?

O bismuto tem várias utilidades. Pode ser usado como componentes de produtos médicos, terapêuticos e produtos cosméticos, como também tem utilidade para dar brilho ao esmalte, na produção de ferros maleáveis, imãs permanentes fortes formados da liga de bismuto, e em usinas nucleares como suporte para o combustível (U-235 U-233).

Além disso, o cristal produzido em laboratório que é praticamente puro, costuma adquirir um aspecto peculiar quando exposto ao meio ambiente, de modo que apresenta uma leve camada de oxidação, que posteriormente é vendido aos aficionados, sendo utilizado em outras várias aplicações.

Dados

Massa atômica: 208,98040 u
Raio atómico (calculado): 156 pm
Raio covalente: 148±4 pm
Raio de Van der Waals: 207 pm
Configuração electronica [Xe] 4f14 5d10 6s2 6p3
Elétrons (por nível de energia) 2, 8, 18, 32, 18, 5 (ver imagem)
Estado(s) de oxidação 3, 5 (óxido levemente ácido)
Estado da matéria sólido
Ponto de fusão: 544,7 K
Ponto de ebulição: 1837 K
Entalpia de fusão: 11,3 kJ/mol
Entalpia de vaporização: 104,8 kJ/mol
Pressão de vapor 1 Pa a 941 K
Velocidade do som 1790 m/s a 20 °C
Classe magnética Diamagnético
Susceptibilidade magnética -1,6×10-4

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.