Brincadeiras em grupo – Ajuda no desenvolvimento, socialização e respeito

As brincadeiras em grupo são sempre uma excelente ideia de diversão e ajuda a desenvolver o espírito de equipe, o aprendizado e socialização das crianças.

0

As brincadeiras em grupo sempre têm como objetivo a diversão, educação e ajudam bastante com o desenvolvimento motor e cognitivo das crianças. Além de tudo isso, as brincadeiras em grupo são ótimas para entreter as crianças, aproximá-las e enriquecer o espírito de equipe.

Então, por mais que brincar sozinho seja essencial para o desenvolvimento da criança, as brincadeiras feitas em coletivo são excelentes para o contato com outras crianças, para desenvolvimento social, reconhecer e respeitar o outro e ter vínculos.

Dessa forma, brincadeiras em grupo são sempre uma ótima ideia, seja no recreio da escola, junto com os amiguinhos, em festinhas com colegas ou em casa com os familiares.

Com isso, deve-se escolher que tipo de brincadeira fazer, observando o espaço que se tem e a idade das crianças.

Brincadeiras em grupo

Mímica

Brincadeiras em grupo: Mímica

A mímica é uma brincadeira feita de forma que os participantes são divididos em duas equipes. Antes do início do jogo devem ser listadas ações, objetos, filmes, para serem sorteados ao decorrer da brincadeira para cada imitador performar.

Além disso, deve ser estipulado um tempo antes da brincadeira começar para ser o tempo disponível para a mímica, como 3 minutos.

Assim, em cada rodada, um integrante do time deve sortear um papel e imitar aquilo que está escrito para que seu time adivinhe. Ao fim, ganha a equipe que acertar mais mimicas.

Esconde esconde

Brincadeiras em grupo: Mímica

Essa é uma das brincadeiras infantis mais tradicionais e que nunca perde a graça. A brincadeira acontece de forma que em um grupo de participantes deve ser sorteado quem será o primeiro a ser o perseguidor.

A partir disso, o sorteado deve fechar os olhos e contar até 50 em um lugar escolhido para ser o pique, podendo ser uma parede, porta, árvore, entre outros. Após contar até 50 o perseguidor deve sair em busca dos outros participantes que devem tentar chegar ao local do pique sem serem vistos.

O primeiro a ser encontrado é o próximo a ser perseguidor ou estará fora do jogo.

Corrida de três pernas

Brincadeiras em grupo: Corrida de três pernas

Nessa brincadeira, os participantes são todos divididos em duplas. Com isso, eles serão dispostos um do lado do outro e a perna de um participante será amarrada na perna do outro.

Assim, eles vão ter uma perna ligada ao outro e parecerá que eles têm três pernas. O objetivo da brincadeira é que eles corram juntos e os vencedores são a dupla que chegar primeiro na linha de chegada.

Dança das cadeiras

Brincadeiras em grupo: Dança da cadeira

A dança das cadeiras está muito presente em festas infantis pelo fato de necessitar apenas do espaço para arrumar a disposição das cadeiras e por haver música. Além disso, essa é uma brincadeira muito divertida e podem participar pessoas de todas as idades.

O jogo acontece em forma de círculo, sendo dispostas as cadeiras nesse formato, em um número a menos que a quantidade de jogadores. A partir disso, os participantes devem ficar ao redor e deve tocar uma música.

O objetivo do jogo é sentar nas cadeiras quando a música parar no momento que uma pessoa que estiver comandando quiser. Ao decorrer da brincadeira e a cada vez que a música parar, uma pessoa ficará em pé e será eliminada. Assim, ganha a pessoa que ficar sentada na única cadeira da última rodada.

Passar anel

Essa brincadeira é muito comum nas escolas, pois é um jogo mais calmo e organizado. Acontece de forma que uma pessoa será a que irá passar o anel e as outras ficarão dispostas sentadas ao seu redor ou em fila.

A partir disso, a passadora de anel ficará com as mãos fechadas com o anel dentro e sairá tentando passar para alguém sem que ninguém veja. Após entregar para outra pessoa, o passador deve escolher um alguém para tentar descobrir para quem ela passou o anel.

Caso acerte, essa pessoa será o novo passador, caso não acerte a pessoa que ficou com o anel será o novo passador.

Cabra cega

Brincadeiras em grupo: Cabra cega

A brincadeira consiste em uma brincadeira de pegar. Porém, o participante que for escolhido ou sorteado para ser a “cabra cega” deverá ser vendada e tentar pegar os outros participantes que devem correr para evitarem serem pegos.

Se a “cabra cega”conseguir tocar um dos outros participantes, esse que foi tocado será a nova “cabra cega”.

O mestre mandou

Brincadeiras em grupo: O mestre mandou

Essa brincadeira possui outros nomes, como O chefe mandou ou macaco simão mandou. O jogo se inicia quando um dos participantes é escolhido ou sorteado para ser quem vai delegar tarefas e todos os participantes deverão obedecê-lo.

Esse jogo requer bastante atenção, pois no início de cada ordem o mestre deve dizer “o mestre mandou…”, seguido de uma ordem. Se ele ordenar qualquer ação sem dizer isso e o “súdito’ obedecer ou não realizar a ação dita corretamente, este estará eliminado. Ganha quem ficar por último no jogo e seguirá como o próximo mestre.

Morto e vivo

Brincadeiras em grupo: Morto e vivo

Nessa brincadeira precisa-se de um líder que dará os comandos. Assim, quando líder disser “morto’ todos os participantes deverão ficar agachado e quando o líder disser “vivo” todos deverão pular e ficar de pé.

Com isso, quem não cumprir a ordem ou fizer o movimento errado, estará eliminado. Ganha quem ficar por último e será o próximo líder.

Elástico

Brincadeiras em grupo: Jogo do Elástico

Na brincadeira de elástico é necessário o mínimo três pessoas, porque enquanto duas deverão segurar o elástico em cada ponta, a outra joga. Com isso, as duas crianças que seguram o elástico devem ficar a cerca de 2 metros uma da outra segurando o elástico e a que está brincado deve pular dentro, fora, da forma que achar mais divertido.

Ganha a brincadeira quem performar os saltos por todos os níveis (calcanhar, tornozelo, canela, joelho, cintura, etc) sem errar. Se a pessoa errar, cede a vez para a próxima.

Batata quente

 

Essa brincadeira necessita apenas de uma roda de participantes e de algum objeto um pouco pequeno para ser a batata quente. Com isso, os participantes devem estar dispostos em roda e um deles sentado no centro da roda com os olhos vendados.

A partir disso, todos devem cantar ‘batata quente, quente, quente, quente…” enquanto devem passar o objeto para o outro até que o participante vendado grite “Queimou!” e quem estiver com o objeto nas mão será o próximo a ir para o centro da roda.

Conheça:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.