Caixa libera uso do FGTS para investimento na Eletrobras

Os investimentos poderão ser realizados a partir desta sexta feira, 03, e movimentarão cerca de R$ 35 bilhões na economia do Brasil.

Neste sábado, 28, a Caixa Econômica Federal liberou para os trabalhadores a consulta do FGTS. O serviço está disponível para trabalhadores que desejam usar os valores para reservar ações da Eletrobras, no processo de privatização da empresa.

A reserva começará a ser realizada a partir de sexta-feira, 03, finalizando no dia 8. Além disso, o banco informou que a data vale para todos os investidores da América Latina.

Diante das regras estabelecidas, o trabalhador terá direito a reservar até R$5.000 para usar de seu FGTS e R$ 50 mil de limite, sendo permitido usar até 50% do saldo.

Com ofertas sendo realizadas por bancos e corretoras dos FMPs, o valor mínimo equivalente a aporte será a partir de R$ 200,00, permitindo ainda que as instituições ofereçam valores menores.

Ademais, o saldo poderá ser consultado através das agências da Caixa, possibilitando ao trabalhador uma simulação e aplicação desses valores perante uma instituição administrativa.

Caso ainda não saiba como efetuar a consulta, confira abaixo o passo a passo:

  • Acesse ou baixe o app FGTS em seu celular (para quem já baixou, é necessário atualizar);
  • Clique em “Entrar no aplicativo”;
  • Informe seu CPF e vá em “Continuar” (se for preciso, clique nas imagens pedidas e em “Verificar”);
  • Informe a senha e clique em “Entrar”;
  • Na tela inicial, abaixo, à direita, há quatro quadradinhos onde se lê “Mais”, clique sobre eles;
  • Na tela seguinte, escolha “Simulador de Aplicação no FMP – FGTS”;
  • A próxima página trará orientações sobre a simulação, role a tela para baixo e clique em “Ir para o simulador”;
  • Selecione “FMP Eletrobras” e, depois, vá em “Continuar”
    Aparecerá então o valor que será possível investir.

Vale ressaltar que a oferta das ações irá movimentar cerca de R$ 35 bilhões, contendo ofertas primárias de 627,6 milhões de ações, além de um lote extra, contendo 104,6 milhões de ações.

O valor das ações, será revelado a partir do dia 9 de junho. Lembrando que o valor de cada papel só será determinado perante os interesses dos investidores e após acabar o prazo estabelecido referente à adesão de compra e venda, ou quando houver uma precificação.

Quanto aos compradores, serão permitidos:

  • Investidores que já detêm ações ordinárias ou preferenciais da companhia, empregados e aposentados da estatal com data-limite de 30 de abril, trabalhadores que tenham recursos no FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e demais investidores;
  • Quem já tem ações ordinárias e preferenciais da companhia terá prioridade na compra e poderá realizar solicitação de reserva antecipada mediante o preenchimento de formulário específico destinado à aquisição das ações;
  • Empregado ou ex-empregado em 30 de abril de 2022 e esteja na condição de participante ou assistido dos planos de previdência complementar das Empresas Eletrobras ou que foram migrados;
  • Trabalhadores que vão comprar usando o FGTS, é possível utilizar até 50% do valor do Fundo de Garantia na compra;
  • Investidores de varejo e institucionais também terão direito.

Confira o calendário deferido pela Caixa com as datas referentes às operações realizadas:

27 de maio de 2022

  • Protocolo do pedido de registro da oferta na CV
  • Início das apresentações para potenciais investidores (roadshow)
  • Início do procedimento de bookbuilding (etapa em que os coordenadores da oferta recolhem todas as intenções recebidas de compra por parte dos investidores)

03 de junho de 2022

  • Início do período de reserva
  • Início do período de adesão

08 de junho de 2022

  • Encerramento do período de reserva
  • Encerramento das apresentações para potenciais investidores

09 de junho de 2022

  • Encerramento do procedimento de bookbuilding
  • Fixação do preço por ação

13 de junho de 2022

  • Início de negociação das ações na B3

Para se integrar a oferta, será necessário abrir uma conta em um banco ou corretora credenciada à CVM, indicando a quantidade de ações que pretende comprar. Fique atento, pois ao comprar uma ação através do FGTS, o investidor precisará mantê-la em um prazo de no mínimo, 12 meses. Após esse período, a venda das ações estará liberada.

Por fim, a privatização da Eletrobras busca pela capitalização da estatal, a diluição da participação da União, redução dos participantes no mercado da empresa e o desligamento de controle da Eletronuclear.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More