Cerca de 6 mil pessoas são afetadas por erro na correção do Enem 2019

Calendário de inscrições do Sisu é mantido mesmo diante de erros nas notas do Enem 2019. Entre os afetados, maior parte concentra no estado de Minas Gerais.

0

Após um dia de divulgação das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) assumiu, no último sábado, 18 de janeiro, a falha nos resultados.

Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, estima-se que aproximadamente seis mil candidatos foram prejudicados com o erro na correção da prova.

Weintraub argumenta que o erro tenha sido da impressora da gráfica Valid, a responsável pela diagramação, impressão e envio aos Correios dos cadernos de provas.

Para ele, problemas técnicos durante a impressão podem ter ocasionado no descolamento da prova com o gabarito. Porém, serão tomadas as medidas cabíveis com a empresa prestadora de serviço.

Ainda na perspectiva do ministro, “aparentemente não foi uma cosa de má fé, foi um acidente, coisa que acontece. Não depende da minha avaliação. A gente vai ver legalmente o que acontece”, salienta.

Maior parte dos erros em MG

Os erros nas notas do Enem 2019 foram identificados, por meio de estatísticas do Inep, ao verificar que alguns candidatos possuíam notas muito altas no primeiro dia de prova e resultados inferiores no segundo, como relata Weintraub.

“Não faz sentido uma pessoa gabaritar no primeiro dia e no segundo ela tirar zero”, destaca o ministro.

Reconhecida em quatro cidades, a maior partes dos erros estão no estado de Minas Gerais.

Ademais, o ministro da Educação informou que, ao longo do domingo, 19 de janeiro, foi realizada uma força-tarefa visando localizar os problemas da prova. E o resultado da ação será divulgado ainda hoje, 20 de janeiro.

Prazo para correção de nota encerrado

Encerrou hoje, 20 de janeiro, às 10 horas, o prazo para o envio de solicitações de revisão das notas do Enem 2019.

Inep nota do enem 2019

Segundo o Inep, o e-mail [email protected] tinha sido criado para receber os questionamentos e depois da data não irá receber mais mensagens.

Além disso, o órgão não considera prorrogar o prazo.

Datas do Sisu são mantidas

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, afirmou que mesmo diante das falhas apontadas na correção das provas do Enem 2019, as datas para a inscrição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) permanecem as mesmas.

O prazo de inscrição para a seleção inicia na terça-feira, 21 de janeiro, e vai até a próxima sexta-feira, 24 de janeiro.

Com o programa, as pessoas podem se candidatar para concorrer as vagas das universidades públicas do país, isso conforme a nota obtida no Enem.

Ao todo, são 237.128 vagas disponíveis nas 128 instituições espalhadas pelo Brasil.

*Com informações do G1

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.