O que é e como funciona o SISU?

Sistema de Seleção Unificada facilita acesso ao ensino superior pelos estudantes de Ensino Médio.

0

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi criado pelo Ministério da Educação como forma de ampliar o acesso ao ensino superior no Brasil. O Sisu é basicamente um sistema informatizado, que liga instituições públicas de ensino superior aos estudantes de ensino médio que desejam uma vaga em uma universidade pública.

Participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem acesso ao sistema através de uma inscrição. Após preencherem os dados necessários, os alunos precisam escolher duas vagas ofertadas no Sisu. Os candidatos precisam definir também se querem participar da ampla concorrência ou das vagas reservadas para políticas afirmativas das instituições.

Seleção

A seleção dos candidatos é feita automaticamente pelo sistema. Os mais bem colocados em cada curso oferecido, são convocados. Se o aluno for aprovado nas duas opções de curso que selecionou, ele será selecionado exclusivamente em sua primeira opção.

Quando um estudante é selecionado em primeira opção, ele só terá esta oportunidade de fazer sua matrícula. Já o candidato que foi aprovado apenas na segunda opção, poderá participar da lista de espera do curso que escolheu como primeira alternativa.

Lista de Espera

Após esta fase, o Sisu disponibiliza uma Lista de Espera que as instituições utilizam para preencher as vagas que não foram ocupadas. Podem participar da lista de espera todos os candidatos que não foram selecionados em nenhuma das opções na chamada regular e também quem foi aprovado apenas na segunda opção, mesmo tendo feito a matrícula.

Nota do Enem

Quando o candidato faz sua inscrição, é solicitado o número de inscrição e a senha do Enem. Desta maneira, o sistema do Sisu têm acesso automático às suas notas obtidas no exame.

Muitas instituições adotam pesos diferentes para as provas aplicadas no Enem. Para que não haja problemas, o sistema do Sisu faz automaticamente o cálculo do peso das notas, de acordo com cada critério das instituições. Assim, é gerada uma nova nota, que será apresentada para o candidato na plataforma.

Nota de Corte

Durante o período de inscrição, o Sisu calcula uma vez por dia a nota de corte. Para isso, é verificado o número de vagas disponíveis em um curso e o total de estudantes inscritos naquele curso. A nota de corte é usada como referência para o candidato acompanhar a inscrição e determinar seu desempenho. Quando as inscrições são encerradas, é divulgado a lista de selecionados. No boletim, o candidato poderá verificar sua classificação e o seu resultado final.

Como participar

Para participar do Sisu, basta que os estudantes tenham feito o Enem do respectivo ano e não tenha tirado nota zero na redação. Um detalhe importante é que algumas universidades também adotam notas mínimas para que estudantes se inscrevam em determinados cursos.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.