Chá e café muito quentes fazem mal?

Entenda como consumir bebidas em alta temperatura pode afetar sua saúde.

Não existe nada melhor que tomar uma bebida bem quente para começar o dia ou esquentar o corpo. Porém, além de aumentar os riscos de queimaduras, esse hábito pode possibilitar o desenvolvimento de algumas doenças, especialmente no esôfago. Por conta disso, é comum que surjam dúvidas sobre consumir chá e café muito quentes fazer mal ou não.

Leia mais: O uso de chás para tratar diabetes do tipo 2 é real; Confira as melhores opções

O que a ciência diz sobre consumir bebidas muito quentes?

Segundo a IARC (Agência de Pesquisa contra o Câncer), a alta temperatura pode aumentar bastante os riscos de desenvolvimento de câncer de esôfago. Por conta disso, é importante entender que não são as propriedades do café e do chá que podem ajudar a desenvolver essa doença, mas sim o fato de consumi-las muito quentes. Portanto, qualquer alimento em alta temperatura pode contribuir para essa condição.

Inclusive, o estudo foi realizado em países que culturalmente consomem bebidas muito quentes, como Irã, Turquia e alguns países da América do Sul. Além disso, esse tipo de câncer é o causador de um dos oito tipos de mortes mais recorrentes no mundo inteiro, responsável por cerca de 400 mil óbitos anualmente.

Os pesquisadores, através da análise de quase 50 mil pessoas no Irã, tiveram resultados bem claros. Basicamente, pessoas que beberam mais de 700 ml de chá por dia com temperatura acima dos 60 graus Celsius tiveram um aumento de quase 90% no risco de câncer de esôfago.

Claro, também não é motivo para se desesperar. Você pode continuar consumindo sua bebida quentinha, mas sem exagerar na temperatura. Além disso, para se ter noção, bebidas muito quentes ainda são muito menos responsáveis por esse tipo de câncer do que o álcool e cigarro.

Portanto, não é necessário levar esses números tão à risca, visto que o câncer ainda é uma doença que depende de diversos fatores. Logo, uma pessoa pode ter predisposição a vários estímulos cancerígenos, especialmente se tratando de genética.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More