CNH digital é uma alternativa viável para os brasileiros

Agora, com a CNH digital, não há mais desculpa para esquecer a carteira em casa. Basta tê-la no celular!

Uma das facilidades disponibilizadas pelo Governo foi a criação de aplicativos com a documentação digital, como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Essa garantia permitiu aos brasileiros maior praticidade e evita aplicação de multas por esquecer o documento em casa.

Além disso, o aplicativo agora possui mais uma vantagem, pois permite realizar a transação de compra e venda de veículos e transferir a titularidade de um automóvel. Além disso, não há a necessidade de reconhecer firma ou assinar contrato em papel. Não é uma boa? Saiba mais.

Veja também: Mudanças na CNH: Veja o que estará diferente

CNH digital

Primeiramente, ter a CNH digital é uma maneira prática de ter todos seus documentos na palma da sua mão. Isso porque o aplicativo guarda no celular sua carteira de motorista e o documento do veículo que esteja em seu nome.

A versão digital foi pensada como uma forma segura de ter a carteira de motorista sempre com você, possuindo a mesma validade dos documentos impressos. Além disso, uma outra vantagem é poder compartilhar o documento digital do veículo com as outras pessoas que o utilizam.

Assim, caso o carro não esteja com você, é possível compartilhar o documento com a outra pessoa, evitando problemas maiores. Com isso, também foi pensanda uma maneira de fornecer outros serviços no aplicativo, como a transferência de documentos.

Nova função da CNH digital

Agora, o aplicativo com a carteira permite que você possa, além de ter o documento do carro e a carteira digital, também fazer transferências e transações de compra e venda do automóvel.

Essas novas facilidades estão disponíveis para todos os proprietários e futuros proprietários de veículos com documentos emitidos a partir de 4 de janeiro de 2021. Essa é a data na qual o antigo Documento Único de Transferência (DUT) foi substituído pela versão ATPV-e, sua versão digital.

Contudo, apenas oito estados estão aceitando essa nova função. São eles: Acre, Ceará, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Roraima.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More