Cobalto

O cobalto é um catalisador de várias reações químicas e extremamente útil para galvanoplastia.

0

O cobalto (símbolo químico Co, número atômico 27) é um metal duro, brilhante, de cor cinza-prateado. É encontrado em vários minérios e é importante como um oligoelemento no corpo humano.

Cobalto - Tabela Periódica

O cobalto não é encontrado como um metal livre, mas é encontrado na forma de minérios. Geralmente é produzido como um subproduto das atividades de mineração de níquel e cobre.

História

Compostos de cobalto têm sido usados ​​há séculos para dar uma rica cor azul ao vidro, esmaltes e cerâmicas. O cobalto foi detectado em esculturas egípcias e joias persas do terceiro milênio a.C, nas ruínas de Pompeia e na China, datando da dinastia Tang (618-907 d.C) e da dinastia Ming (1368–1644 d.C).

Acredita-se que o químico sueco Georg Brandt (1694–1768) isolou o cobalto em algum momento entre 1730 e 1737. Ele mostrou que o cobalto era a fonte da cor azul no vidro, que anteriormente havia sido atribuída ao bismuto encontrado com o cobalto.

Durante o século XIX, o cobalto era produzido em Blaafarveværket, na Noruega (70% a 80% da produção mundial), liderado pelo industrial prussiano Benjamin Wegner. Em 1938, John Livingood e Glenn Seaborg descobriram o radioisótopo cobalto-60.

A palavra cobalto é derivada do alemão ‘kobalt’ e de ‘kobold’, que significa “goblin”. Os mineiros usavam esse termo para o minério de cobalto, porque achavam que era inútil e descobriram que era venenoso e degradavam outros elementos minerados. A natureza venenosa era principalmente por causa da presença de arsênico e enxofre no minério.

Para que serve?

É usado na preparação de ligas resistentes ao desgaste, de alta resistência, meios magnéticos e eletrodos de bateria. É um catalisador de várias reações químicas e é útil para galvanoplastia.

Compostos de cobalto são usados ​​na produção de tintas e vernizes. Seu isótopo radioativo cobalto-60 é usado para radioterapia, esterilização de alimentos e detecção de falhas estruturais em peças metálicas.

Características

O cobalto é um membro do grupo de metais de transição. Está localizado no período quatro da tabela periódica, situado entre ferro e níquel. Além disso, está no topo do grupo nove (antigo grupo 8B). Combinando com outros elementos, seus estados de oxidação comuns são +2 e +3, mas +1 também é visto.

Como o ferro, o cobalto pode ser magnetizado e convertido em um imã permanente. Dizem que é “ferromagnético” e perde essa propriedade quando aquecido acima de 1388 K, que é chamada de temperatura Curie.

O cobalto é frequentemente associado ao níquel, e ambos são ingredientes característicos do ferro meteórico. Mamíferos precisam de pequenas quantidades de sais de cobalto para o funcionamento correto do organismo.

O cobalto metálico geralmente apresenta uma mistura de duas estruturas cristalográficas: “hcp” e “fcc”. A temperatura de transição de hcp para fcc é de 722 K.

Dados

Massa atômica – 58,933195(5) u
Configuração eletrônica – [Ar] 3d7  4s2
Elétrons – 2, 8, 15, 2
Estado da matéria – sólido
Ponto de fusão – 1768 K
Ponto de ebulição – 3200 K
Entalpia de fusão – 16,06 kJ/mol
Entalpia de vaporização – 377 kJ/mol

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.