Cobre

O cobre e suas ligas são amplamente utilizados na indústria, além de ser um elemento importante para seres vivos.

1

O cobre (símbolo Cu, número atômico 29) é um dos mais antigos metais conhecidos da história humana. De cor laranja avermelhada, é dúctil, maleável e excelente condutor de calor e eletricidade.

Tabela Periódica - Cobre

Em sua forma iônica, o cobre é um elemento essencial para plantas e animais, assim como para o corpo humano. O cobre era um recurso importante para os primeiros gregos e romanos.

Na mitologia e na alquimia, o cobre era associado à deusa Afrodite, baseado em sua beleza, seu uso antigo na produção de espelhos e sua associação com Chipre, que era sagrada para a deusa. Na alquimia, o símbolo do cobre também era o símbolo do planeta Vênus.

Para que serve?

O cobre e suas ligas são amplamente utilizados para fiação elétrica, máquinas, componentes eletrônicos, materiais estruturais, utensílios de cozinha, talheres, moedas, instrumentos musicais e esculturas.

Além disso, como o cobre é um material biostático, superfícies de cobre e maçanetas são usadas em hospitais para prevenir a transferência de germes, e o sulfato de cobre é usado como fungicida.

História

O cobre era conhecido por algumas das civilizações mais antigas já registradas e tem uma história de uso de, pelo menos, dez mil anos de idade. Um pingente de cobre foi encontrado no que hoje é o norte do Iraque e datado em 8700 a.C.

Em 5000 a.C, havia sinais de fundição de cobre e o refino de cobre através de minerais simples, como malaquita ou azurita. O cobre foi o primeiro metal a ser fundido a partir de minérios. Os primeiros sinais de uso do ouro, por outro lado, aparecem por volta de 4000 a.C.

O mais antigo objeto de cobre fundido conhecido é uma cabeça de uma clava recuperada em Can Hasan, no sul da Anatólia, e datada de cerca de 5000 a.C. Há artefatos feitos de cobre e bronze (cobre ligado com estanho e às vezes outros elementos) de cidades sumérias que datam de 3000 a.C, e antigos artefatos egípcios em cobre e bronze quase tão antigos. Em uma pirâmide, um sistema de encanamento de cobre de cinco mil anos de idade foi descoberto.

Os egípcios descobriram que adicionar uma pequena quantidade de estanho tornava o metal mais fácil de fundir, então ligas de bronze foram encontradas no Egito quase na mesma época que a população descobriu o cobre. O uso de cobre na China antiga data de pelo menos 2000 a.C. Observe que essas datas são afetadas por guerras e conquistas, já que o cobre é facilmente derretido e reutilizado.

Na Europa, Oetzi, o Homem de Gelo, um homem bem preservado datado de 3200 a.C, foi encontrado com um machado de ponta de cobre cujo metal era 99,7% puro. Altos níveis de arsênico no cabelo sugerem que ele estava envolvido na fundição de cobre. O bronze, uma liga de zinco e cobre, era conhecido pelos gregos, mas usado extensivamente pelos romanos.

Diferentes civilizações do mundo passaram por uma “Idade do Bronze” durante diferentes períodos de tempo. Por exemplo, acredita-se que a Idade do Bronze do Oriente Próximo tenha se estendido de 3500 a 1200 a.C.

A Idade do Bronze Britânica é datada de 2100 a 700 a.C e a Idade do Bronze da Europa Central foi de 1800 a 700 a.C. O período de transição em certas regiões entre o período Neolítico (Idade da Pedra) e a Idade do Bronze é denominado Calcolítico, com algumas ferramentas de cobre de alta pureza sendo usadas juntamente com ferramentas de pedra.

Características

Na tabela periódica, o cobre é um metal de transição no período 4, entre o níquel e o zinco. Além disso, está no grupo 11 (antigo grupo 1B), juntamente com a prata e o ouro, e compartilha características com eles.

Como a prata e o ouro, o cobre tem alta condutividade térmica e elétrica (entre os metais puros à temperatura ambiente, apenas a prata tem maior condutividade elétrica). Todos os três são metais dúcteis e maleáveis ​​- isto é, podem ser facilmente transformados em fios ou batidos em folhas.

Ouro e cobre são os únicos elementos metálicos coloridos além do césio, o metal alcalino no período 6. O cobre tem sua cor laranja avermelhada característica porque reflete a luz vermelha e laranja e absorve outras frequências no espectro visível. Após a exposição à atmosfera, a superfície do metal é convertida em carbonato de cobre, uma substância verde conhecida como pátina.

Dados

Massa atômica – 63,546 u
Configuração eletrônica – [Ar] 3d10 4s1
Elétrons – 2, 8, 18, 1
Estado da matéria – sólido
Ponto de fusão – 1357,77 K
Ponto de ebulição – 2835 K
Entalpia de fusão – 13,26 kJ/mol
Entalpia de vaporização – 300,4 kJ/mol

você pode gostar também
  1. Manuela Silva Diz

    Olá, obrigado pela vossa disponibilidade.
    Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Muito obrigado
    Manuela Silva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.