Colonialismo – O que é, Fatores, Origem e Tipos

Colonialismo é a prática de estabelecer o domínio territorial sobre uma colônia por um poder político externo.

0

De 1500 a 1900, partes do mundo foram submetidas ao colonialismo. Tudo começou com uma série de agressões europeias envolvendo pressões diplomáticas, invasão forçada e, eventualmente, colonização desses lugares.

As sociedades que enfrentaram essa forma de imperialismo resistiram a negar aos europeus a chance de impor sua dominação, mas nem sempre isso deu certo.

O que é colonialismo?

Colonialismo é a prática de estabelecer o domínio territorial sobre uma colônia, contra a vontade de seus habitantes, por uma força política externa caracterizada pela exploração, expansão e manutenção desse território.

Um exemplo são os povos indígenas ao redor do mundo que sofreram nas mãos dos colonizadores, onde foram submetidos a trabalhos forçados, mortes brutais e restrições no comércio.

A origem do colonialismo

O colonialismo é um termo emprestado para diferenciar o processo de outros tipos de expansionismo. A palavra “colônia” é emprestada da palavra latina “colonia”, que significa “um lugar para a agricultura”.

O antigo tipo de colonialismo deu origem ao colonialismo moderno que entrou em vigor durante a “Era dos Descobrimentos”, onde a Espanha e Portugal descobriram as Américas do Sul e Central durante suas viagens marítimas.

Eles estabeleceram centros comerciais e acumularam as áreas circundantes como forma de expandir seu controle. Este estabelecimento de colônias longe de seu continente natal diferenciava outras formas de expansionismo do colonialismo.

Posteriormente, durante o século XVII, outras nações foram motivadas a mudar-se para o exterior para estabelecer seu governo. A França criou o império colonial francês, a Grã-Bretanha formou o império britânico e a Alemanha estabeleceu o império holandês.

Tipos de colonialismo

Os colonizadores tinham vários motivos para estabelecer colônias no exterior. Essas metas foram usadas para diferenciar os tipos de colonialismo: colonialismo colonizador e o colonialismo de exploração.

  • O colonialismo colonizador é quando os colonos migram em grande número para as colônias para fins políticos, econômicos ou religiosos.
  • O foco do colonialismo de exploração era obter matérias-primas para as indústrias.

Efeitos do colonialismo

O estabelecimento de impérios resultou em aspectos positivos e negativos para as potências coloniais. As potências imperialistas se beneficiaram já que obtiveram matérias-primas prontas e baratas para suas indústrias, levando a melhorias econômicas.

No entanto, como as potências coloniais competiam por colônias, conflitos de interesse surgiram e resultaram em guerra. As potências vizinhas lutavam para deslocar ou invadir outros territórios. Por exemplo, uma das causas da Segunda Guerra Mundial foi um esforço do Japão para expandir sua área.

Os efeitos imediatos e duradouros sobre os povos indígenas foram colossais. Muito do sucesso dos impérios surgiu da exploração e escravização dos povos indígenas, bem como da destruição de grupos indígenas, línguas e culturas. A introdução de novas doenças pelos exploradores também causou epidemias e um grande número de mortes.

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.