O que é e como fazer uma carta de recomendação?

O documento funciona como uma espécie de indicação e é uma excelente forma de abrir porta na conquista do próximo emprego.

0

Em tempos de crise, conseguir uma vaga de emprego é uma conquista e tanto! Por isso, além da capacitação contínua, é fundamental construir uma boa reputação ao longo de sua carreira.

Isso porque as recomendações dos chefes anteriores podem ser um diferencial na sua escolha para ocupar a vaga pretendida. É aí que entra um documento nem sempre solicitado pelos empregados: a carta de recomendação.

O que é uma carta de recomendação?

Trata-se de um documento redigido pelos antigos empregadores onde são descritas as qualidades pessoais e profissionais do ex-funcionário. Por ela, como o próprio nome já diz, é feita a recomendação para empresas que tenham interesse.

A redação pode ser feita pelo chefe imediato, gerente, diretor ou o departamento pessoal. Mas, vale lembrar que universidades, também, podem fornecê-la para indicar alunos a pesquisas e estágio.

Quem deve pedir a carta de recomendação?

Algumas profissões exigem bastante experiência na função, além de alto nível de confiança. Nestes casos, a carta de recomendação é exigida no processo de seleção e, a depender de como é feita, pode ser o fator chave para escolha do candidato.

Como exemplos, podemos citar babás, cuidadores de idosos, empregados domésticos e segurança.

Como pedir a carta de recomendação?

A carta de recomendação, habitualmente, é pedida para aqueles profissionais que citamos em seção anterior, ou seja, chefes de departamento, RH, diretores, antigos professores, coordenadores de curso, entre outros.

Mas, nada impede que ex-colegas, especialmente aqueles que tenham mais tempo de casa, possam redigir sua carta. Para isso, ele deve te conhecer bem, além de reconhecer e saber destacar suas qualidades. Ah, e é fundamental que a pessoa tenha boa reputação profissional para que seu documento não perca credibilidade.

Ok, e como chegar na pessoa para pedir a carta? Simples! Peça pessoalmente ou, caso se sinta desconfortável, envie um e-mail. Pergunte se ela conhece o seu trabalho e tem disponibilidade para escrever uma carta de recomendação e contribuir na sua busca. É interessante que você tenha seu currículo atualizado em mãos para facilitar na redação do documento.

Ah, com respostas positiva ou negativa, agradeça a pessoa a quem pediu, sem perder o contato. O importante é manter e incrementar sua rede de relacionamentos profissionais.

O que colocar na carta de recomendação?

Independente de quem redige, o que importa é o que deve ser inserido na carta de recomendação para que ela, efetivamente, faça diferença na vida do candidato.

Além disso, o profissional deve ter em mente que as informações poderão ser checadas por quem a recebe, portanto, os fatos registrados devem ser aqueles passíveis de verificação.

Quanto ao conteúdo, é importante que a carta de recomendação tenham os seguintes itens:

  • período em que o profissional ou aluno trabalhou/estudou na instituição
  • a função e atividades desempenhadas (no caso de estudante, o curso e o que realizou durante a graduação)
  • o desempenho na realização das tarefas propostas
  • as qualidades profissionais ou estudantis, destacando o potencial e os pontos fortes do candidato

O contato de quem escreveu deve ser inserido no final da carta, incluindo o nome, cargo, telefone e assinatura.

Modelos de carta de recomendação

Se você é a pessoa que vai redigir a carta de recomendação e está perdido sobre o que colocar nela, segue alguns modelos que podem te auxiliar!

Modelo 1

retirado do site www.roberthalf.com.br:

Caro [fulano de tal],

É com prazer que recomendo [nome] para [cargo] na [nome da empresa].

[Nome] e eu [incluir o tipo de relacionamento] na [empresa] por [período de tempo].

Eu gostei do tempo que trabalhei com [nome] e descobri que [ele/ela] é uma pessoa muito valiosa para qualquer equipe. [Ela/Ele] é honesta, segura e incrivelmente dedicada. Além disso, [ele/ela] é um impressionante [incluir uma “soft skill”, como líder ou proativa], que sempre [incluir um resultado dessa “soft skill”].

Seu conhecimento de [assunto específico] e experiência em [assunto específico] foi uma grande vantagem para todo o escritório. [Ele/Ela] colocou esse conjunto de habilidades em prol do [objetivo específico].

Com seu talento inegável, sempre foi muito prazeroso trabalhar com [nome]. [Ele/Ela] sabe verdadeiramente trabalhar em equipe e sempre fomenta discussões positivas e traz o melhor de cada um de seus funcionários.

Sem dúvida alguma, eu recomendo [nome] para a sua equipe na [empresa]. Funcionário[a] dedicado[a] e conhecedor [a] da função, [nome] é também uma grande pessoa. Eu sei que [ele/ela] será uma contratação positiva para a sua empresa.

Por favor, sinta-se à vontade para entrar em contato comigo através do e-mail [endereço] ou telefone [incluir número] se quiser conversar sobre as competências profissionais de [nome]. Ficarei feliz em ampliar minha recomendação.

Atenciosamente,

[seu nome]

Modelo 2 (universidade)

Carta de Recomendação
Carta de Recomendação

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.