Até quando o PIS/PASEP 2022 ficará disponível para saque?

Se você perdeu a data para realizar o saque, pode se tranquilizar, pois ainda é possível sacar o abono.

O calendário de pagamentos do abono salarial em 2022 já foi concluído. No entanto, se você faz parte das 560 mil pessoas que não sacaram o benefício, confira agora até quando é possível sacar o PIS/PASEP.

Leia mais: Mercado livre irá oferecer cerca de 4 mil vagas até o final de 2022

Até quando o PIS/PASEP 2022 ficará disponível para saque

Será possível sacar o benefício até o dia 29 de dezembro de 2022, que será o penúltimo dia útil do ano. Portanto, se você ainda não foi receber a quantia, ainda há bastante tempo para resgatar o abono. Este prazo é válido para os trabalhadores da iniciativa privada e para os servidores públicos.

Formas para sacar o abono

Você pode fazer o saque de forma presencial em agências bancárias do Banco do Brasil (BB) e da Caixa, em bancos 24 horas, casas lotéricas e em correspondentes Caixa Aqui. Além disso, é possível fazer o saque via celular ou computador através da internet banking do BB ou da Caixa.

Documentos necessários para sacar o PIS/PASEP

Para sacar o abono você deve apresentar um documento de identificação com foto, cartão social ou cartão da conta em que o abono foi depositado e CPF.

Ainda é possível sacar o PIS/PASEP de 2020 e de 2019

Tanto o PIS/PASEP de 2019 quanto o de 2020 ainda estão disponíveis para saque. Desse modo, é possível fazer um saque triplo este ano. Para saber se você tem direito ao benefício, confira se você atende aos requisitos abaixo.

  • Possui inscrição nos programas do PIS/PASEP há cinco anos, pelo menos;
  • Trabalhou com carteira assinada por, no mínimo, 30 dias consecutivos ou não no ano base (2019 ou 2020);
  • Recebeu até dois salários mínimos;
  • Tem os dados trabalhistas informados e devidamente atualizados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Como sacar o PIS de um trabalhador falecido?

Os beneficiários legais do trabalhador falecido devem comparecer a uma das agências da Caixa com alguns documentos, sendo eles:

  • Documento de identificação pessoal;
  • certidão de óbito; certidão ou declaração de dependentes com direito à pensão por morte ou atestado emitido pela entidade empregadora (para servidores públicos);
  • alvará judicial informando o sucessor e sua identidade;
  • formal de partilha/escritura pública de um inventário e partilha.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More