Confira como melhor aproveitar o seu saque extraordinário do FGTS

Seguindo estas super dicas, o trabalhador poderá usar a quantia para quitar dívidas e outras aplicações.

Recentemente anunciado pelo Governo Federal, o saque extraordinário do FGTS liberou R$ 1 mil para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores desde o dia 20 de abril. Assim, se você possuir saldo em alguma conta ativa ou inativa, terá o valor depositado de forma automática em sua conta do Caixa Tem.

Confira como melhor aproveitar essa quantia com essas incríveis dicas a seguir.

Leia mais: FGTS digital: governo cria portal para facilitar a busca por informações

Veja como melhor aproveitar o abono

De acordo com Cristiano Bernardino de Andrade, especialista financeiro e gerente de controladoria do Banco Semear, deve haver uma reflexão do que fazer com o valor ao invés de gastá-lo imediatamente.

“Caso a pessoa tenha algum tipo de empréstimo, é importante analisar as taxas de juros que estão sendo cobradas, pois elas geralmente são maiores do que a maioria das taxas de retorno de investimentos disponíveis no mercado. Dessa forma, se o trabalhador vai receber os R$ 1 mil do FGTS Extraordinário, eu o aconselharia a antecipar a quitação do máximo de parcelas possíveis, pois ele terá um desconto nos juros”, diz.

Nos casos em que o beneficiário não possua nenhuma dívida em seu nome a ser quitada, o recomendado é que ele invista o dinheiro. Bernardino falou mais a respeito do cenário atual para justificar essa dica.

“Até março de 2021, a taxa Selic estava em 2%, então era vantajoso deixar o dinheiro parado na conta do FGTS. Hoje, o cenário mudou, uma vez que o poder de compra do montante que está no fundo caiu consideravelmente e a inflação fechou 2021 em 10,16%. Inflação alta refletiu na taxa Selic, que chegou aos atuais 11,75%. Portanto, qualquer investimento, incluindo a poupança, é mais rentável do que deixar o dinheiro parado na conta do FGTS. Assim, a pessoa pode sacar os R$ 1.000 e aplicar em qualquer outro investimento que já terá um ganho”, explica.

E quem não pretende sacar a quantia?

Assim, para aqueles que não possuem interesse em fazer o saque, o especialista diz que o ideal é que primeiro haja uma avaliação do cenário financeiro em curto prazo, orientando a fazer uma reflexão até o fim do ano sobre se vale a pena ou não deixar esse dinheiro intocado.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More