FGTS digital: governo cria portal para facilitar a busca por informações

Visando facilitar o acesso e o entendimento dos cidadão, o governo resolveu lançar a plataforma com diversas informações.

O governo Federal , em parceria com o Ministério do Trabalho e Previdência, lançou no dia 4 de maio de 2022 um portal com informações acerca da versão digital do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Dessa forma, o FGTS Digital configura-se como um conjunto de sistemas integrados que irá gerenciar os processos relativos ao cumprimento da obrigação de recolhimento do FGTS.

Em vista disso, a expectativa do governo é que as funcionalidades do FGTS Digital comecem a operar efetivamente ainda este ano. Além disso, é fundamental enfatizar que o portal contém diversas notícias e informações no intuito de que os usuários utilizem o serviço, familiarizando-se com o novo ambiente digital.

Também, além das informações acerca do FGTS Digital, a página irá apresentar, entre outros serviços, legislações consideradas pertinentes, perguntas e respostas frequentes e canais de contato.

Benefícios do FGTS Digital: 

  • Emissão de guias rápidas e/ou personalizadas;
  • Consulta de extratos de pagamentos realizados;
  • Individualização dos extratos de pagamento;
  • Verificação de débitos em aberto;
  • Pagamento da multa indenizatória a partir das remunerações devidas de todo o período trabalhado.

Essa plataforma, sem sombra de dúvidas, também irá auxiliar de forma positiva na dinâmica de todo o processo. De acordo com o subsecretário de Inspeção do Trabalho, Rômulo Machado, “estudos indicam a redução de cerca de 36 horas mensais no tempo gasto somente com o recolhimento do FGTS”. E, ainda em concordância com ele, esse tempo “resultará em ganho de produtividade”.

Por fim, Rômulo diz que “hoje emos uma cobrança que pode ser aperfeiçoada e trazê-la para dentro de um prazo prescricional. Vamos sair do prazo de 5 anos, para trazer essa arrecadação com inadimplência para um prazo mais rápido. Trata-se de uma ferramenta importante para manter a sustentabilidade do fundo que proporcionará, ao trabalhador, maior transparência para fiscalização dos contratos de trabalho e para o recolhimento do FGTS para o fundo”.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More