Confira o que mudou no novo passaporte

Segurança e agilidade foram elementos ampliados no novo documento. Saiba mais.

Os novos modelos de passaporte, que começarão a ser emitidos em outubro, foram apresentados pelo Governo Federal no dia 27 de junho. Os modelos atuais ainda estão sendo lançados e continuarão a ter validade de 10 anos. Já o novo documento terá mais componentes de segurança, como novas marcas d’água. Confira neste artigo mais detalhes sobre o que mudou no novo passaporte.

Leia mais: Veja quais são os documentos exigidos para receber o Auxílio Brasil

Saiba o que mudou com o novo modelo de passaporte

Enquanto a versão anterior retratava apenas uma ilustração da fauna e flora dos principais biomas brasileiros, o novo documento terá 13 ilustrações. Haverá também seis composições de capas de invisibilidade fluorescentes. Antes, apenas o número da página mudava quando exposto à luz UV.

Uma pequena alteração foi feita também na página principal que contém os dados e a foto do indivíduo. Nesse sentido, agora existe uma imagem fantasma do cidadão retratada nas cores preto e branco, bem como uma imagem com os dados biométricos do dono do passaporte.

Itens de segurança mais fortes no novo passaporte

Na época do seu lançamento, Anderson Torres, ministro da Justiça e Segurança Pública, afirmou que os policiais federais haviam conceituado os novos itens de segurança do documento.

Segundo ele, “os novos itens de segurança foram desenvolvidos pela Polícia Federal de imigração e promotores federais para casos criminais. Foi levado em consideração o que o mundo tem a oferecer em termos de tecnologia antifraude”. Além disso, destacou que a mudança não teve consequências financeiras.

O ministro ainda comentou que “a alteração do passaporte não tem impacto financeiro porque os procedimentos de emissão permanecem os mesmos e o valor do documento não muda. […] Destaca-se também o prazo de validade, que equivale a dez anos.”

Como foi informado, o valor cobrado para a emissão do documento continua sendo o mesmo, de R$ 247,25. Outra mudança é que, a partir de setembro, a produção do novo passaporte ficará sob o controle da Casa da Moeda.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More