Conheça as 14 doenças que garantem aposentadoria por invalidez do INSS

Quando os sinais de doenças impedem de forma total e permanente sua capacidade de trabalhar, é possível ter direito à aposentadoria por invalidez no INSS!

É comum ter que ir trabalhar mesmo com sinais de doenças físicas e emocionais. Porém, quando estes sinais te impedem de forma total e permanente sua capacidade laboral, é possível ter direito à aposentadoria por invalidez do INSS. Esse é um benefício destinado às pessoas que, por algum motivo de saúde, estão definitivamente incapacitadas de trabalhar.

Leia mais: Tabela do Imposto de Renda: última correção ocorreu em 2015

Doenças que garantem aposentadoria por invalidez

Não existe de fato uma lista definitiva de doenças que dão direito à aposentadoria por invalidez. Entretanto, existe um rol de doenças graves que, conforme a lei estabelece, não precisam do requisito da carência do INSS.

Logo, caso a pessoa tenha alguma dessas doenças graves a seguir, não é necessário realizar os 12 pagamentos mensais ao INSS para ter direito à aposentadoria por incapacidade permanente. Veja:

  • Tuberculose ativa;
  • Hanseníase (lepra);
  • Alienação mental;
  • Câncer (neoplasia maligna);
  • Cegueira;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Cardiopatia grave;
  • Mal de Parkinson;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Nefropatia grave;
  • Estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante);
  • Síndrome da Imunodeficiência Adquirida — AIDS;
  • Contaminação por radiação com base em conclusão da medicina especializada;
  • Hepatopatia grave.

Só essas doenças têm direito?

Apesar desse rol de doenças dispensar o requisito da carência no INSS, não são apenas elas que garantem o direito à aposentadoria por invalidez. Além dessas doenças citadas, ter sofrido algum acidente, no trabalho ou não, que te deixe incapacitado de forma permanente e que não te possibilite a reabilitação, pode gerar direito a esse benefício.

Como conseguir a aposentadoria por invalidez?

Apesar de ser um benefício popular, existem detalhes que o tornam mais complexo. Por exemplo, não basta apenas estar doente para garantir a aposentadoria. Além de tudo que já foi citado, é necessário, ainda, que a doença impeça o trabalhador de exercer qualquer outro cargo ou profissão. Veja todas as regras para conseguir a aposentadoria por invalidez:

  • Ter a incapacidade total e permanente comprovada na perícia médica;
  • Ter a qualidade de segurado;
  • Cumprir a carência mínima de 12 meses.

Quanto a essa última regra, na teoria, para ter direito à aposentadoria por invalidez, é necessário ter realizado, pelo menos, 12 pagamentos mensais para o INSS, antes do início da incapacidade permanente. Porém, existem 3 exceções nas quais você não precisará cumprir o requisito da carência no INSS, confira:

  • Quando ocorrer acidente ou doença de trabalho;
  • No caso de acidente de qualquer natureza;
  • Quando o trabalhador for acometido por alguma das doenças graves prevista em lei, que isentam a carência.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More