Cuidados necessários ao declarar o IR para evitar cair na malha fina

Saiba cuidados para evitar ter problemas com a Receita.

O popularmente conhecido como “cair na malha fina” nada mais significa do que a Receita Federal encontrar inconsistências na sua declaração anual.

Quando isso acontece, você não recebe a restituição até que todas as informações sejam retificadas e devidamente comprovadas. Para não se prejudicar, leia o artigo na íntegra e saiba o que pode te levar para a malha fina no imposto de renda e se previna.

Leia mais: É possível doar o imposto de renda para os auxílios?

Como evitar cair na malha fina?

Novamente em 2022, o Imposto de Renda é uma obrigação para milhões de brasileiros. Seu prazo inicial era para 29 de abril, porém passou a ser prorrogado, e a nova data consta para ser entregue no dia 31 de maio. Para que você fique preparado, saiba o que pode lhe evitar problemas.

  • Instituições Financeiras e bancos

Qualquer tipo de órgão financeiro deve enviar a Declaração de Informações sobre Movimentação Financeira à Receita Federal, uma vez que as movimentações passam de 5 mil reais ao semestre.

Nessa mesma norma, atuam os cartões de crédito. Esses também prestam contas através de uma declaração, todo mês no qual a fatura passa do valor de 5 mil reais. Caso seus valores estejam divergentes com os da Receita, você terá problemas.

  • Dados incompletos ou erros de digitação

Esse é um erro muito bobo e minimizado, porém, é um dos erros mais comuns ao preencher a IR. Por isso, preste sempre muita atenção além de revisar a sua declaração antes de enviá-la.

  • Não declarar ações, recebimento de aluguéis ou pensões

Uma das principais causas de pessoas que caem na malha fina é esquecer de declarar ações ou outras fontes de renda. Inclusive, quem recebe mais de R $20 mil, com a venda de ações mensalmente é imprescindível declarar o valor.

Em caso dos aluguéis, se o pagamento do valor for feito diretamente à pessoa física, o declarante tem como obrigação informar à Receita Federal, o valor recebido mensalmente. Se houver um intermediário, tal como uma imobiliária, é necessário solicitar que a empresa envie o informe de rendimento sobre os aluguéis recebidos.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More