11 Dinâmicas para aulas de inglês – Crianças, adolescentes e adultos

Quer tornar as aulas de inglês mais interessantes e divertidas e ainda estimular a aprendizagem dos estudantes com facilidade? Confira dinâmicas e brincadeiras simples e efetivas.

0

Quer tornar as aulas de inglês mais interessantes e divertidas e ainda estimular a aprendizagem dos estudantes com facilidade? Confira dinâmicas e brincadeiras simples e efetivas. Algumas são para crianças, mas a maioria pode ser adaptada para aulas com adolescentes e adultos. 

1. Aprenda inglês com filmes e seriados – Quiz

Passe como tarefa de casa um capítulo de uma série ou um filme para ser assistido em inglês, e com legenda também na língua, nada de dublagem!!!

Escreva em pedacinhos de papel algumas perguntas sobre o conteúdo do que viram, como nome de personagens, trechos das histórias, peça significado de palavras que apareceram no capítulo da série ou do filme.

Em classe, divida a sala em duas equipes e promova um quiz. Coloque os papéis dobrados em um recipiente, sorteie o primeiro time que irá pegar uma pergunta e determine um limite tempo para as respostas. Talvez meio minuto para pensarem esteja bom.

A equipe que acertar mais questões ganha o jogo.

2. Cozinhe em inglês – piquenique divertido

Para a dinâmica peça para cada aluno levar um tipo de comida para a classe, como pedaços de bolo, tortas, pão de queijo, pastéis, e passe como tarefa de casa que estudem a receita de cada prato.

No momento da aula, forre uma toalha de mesa no chão e coloque todos os alimentos levados pelos estudantes no centro.

Peça para todos se sentarem e sorteie um aluno para dizer a receita e passos do prato, assim como os itens que foram utilizados na produção.

Faça o mesmo com todos destacando sempre palavras novas no quadro, verbos importantes e corrigindo pronúncia e vocabulário.

E aproveitem as delícias do piquenique!

3. Karaokê 

Toda semana, ou mês, você pode passar na classe vídeos do Youtube que apresentam músicas em inglês, com grande descrição das letras, para que as crianças possam cantar seguindo o conteúdo.

Deixe um microfone disponível para animar a sala, e trabalhe o vocabulário das músicas nas aulas, ensinando palavras diferentes e expressões idiomáticas.

4. Jogo da imitaçãoNomes de animais 

Organize uma aula diferente e peça para as crianças sentarem no chão formando uma roda. Sorteie um nome para começar a brincadeira, essa criança deve ficar no centro da roda e imitar o  primeiro animal que vier a cabeça.

Os coleguinhas de fora do círculo devem tentar acertar em inglês o nome do animal, se  ninguém souber e mesmo quando a maioria acertar, use o computador e pesquise o nome e a foto do bichinho projetando a imagem para que a sala possa ver.

Cada aluno deve imitar um animal até que a toda a turma tenha participado.  

Nessa atividade você pode aproveitar e ensinar a pronúncia correta dos nomes  escrevendo-os no Google Tradutor, ou no dicionário de sua preferência. Clique em tradução de voz na ferramenta para que as crianças ouçam com atenção. Peça para repetirem o que escutaram.

Outra ideia é solicitar que copiem nos cadernos os nomes dos animais em inglês. O exercício é ótimo para aprenderem a forma correta de se escrever as palavras. Você pode até passar um teste ao final do bimestre com base na atividade de imitação dos animais.

5. Aprenda inglês com a dança das cadeiras

Essa dinâmica serve tanto para crianças quanto para adultos. Depende muito do grau de dificuldade do conteúdo pedido.  

Organize uma roda de cadeiras e coloque cadeiras a menos em comparação a quantidade de participantes.  

Nas cadeiras você pode colar imagens de animais, objetos, as horas, o que estiver ensinando no momento.

Coloque uma música para tocar e, como na dança das cadeiras original, as crianças devem disputar uma delas. Porém, quando você parar a música repentinamente, quem conseguiu se sentar, para continuar com o lugar, deve dizer em inglês o que está nas imagens.

Quem não souber deve se levantar e ceder o lugar a quem saiba.

Interessante se você tiver várias opções de imagens diferentes para trocá-las a cada vez que repetir a brincadeira, porque os alunos devem dizer em voz alta o que sabem. Se a resposta estiver correta, a imagem já será de conhecimento de todos e a brincadeira não será mais tão desafiante.

6. Conte histórias 

Selecione contos famosos como Chapeuzinho Vermelho, João Pé de Feijão, Os Três Porquinhos, Branca de Neve, Cinderela, etc, em inglês, e conte para as crianças, sempre apontando verbos no quadro e palavras novas.

Você também pode pedir para que a sala se divida em grupos, de três ou quatro, e cada equipe pode escolher uma história, para trabalhar junto, como dever de casa. Depois cada membro pode narrar um trecho do conto na sala para todos os outros.

A atividade pode ficar mais divertida se as crianças usarem fantasias dos personagens que vão interpretar.

7. Feira de cultura 

Promova festas comemorativas que tenham como tema datas importantes de países em que se fala inglês, como a festa de Halloween (31 de outubro) e o Dia de Ação de Graças (28 de novembro), e o Dia dos Namorados (14 de fevereiro).

Peça para os estudantes preparem uma pesquisa sobre o tema da data em casa, e no dia da festa decore a sala com com imagens e símbolos que recordem a comemoração.

No momento da celebração forme uma roda e peça para irem contando em inglês os trechos da história do dia comemorativo que acharam mais interessantes.

Você também pode organizar a turma em grupos para que cada equipe possa pesquisar sobre um fato da celebração.

Organize barraquinhas no pátio da escola referentes aos dias comemorativos, cheias de elementos das datas, e peça para que expliquem, para os estudantes de outras classes, o que aprenderam nos estudos.

Para os Dia dos Namorados você pode promover um correio elegante, pedindo para que escrevam cartinhas com cumprimentos em inglês uns para os outros.

8. Pega Pega em inglês

As crianças deverão ser separadas em dois grupos e você poderá sortear quais das equipes irá pegar e qual vai será pega.

Quando uma criança do grupo de captura conseguir pegar uma da equipe oposta, a que pegou deve dizer uma palavra em inglês e a outra deverá formar, rapidamente, sem pensar muito, uma frase com a palavra também em inglês.

Se ela conseguir cumprir o desafio será liberada, mas se não, será presa. Determine um tempo para a brincadeira, sendo que ao final do prazo, o grupo que permanecer com mais pessoas ganha a competição.

  • Faça revezamento de grupos para que todos possam fazer parte da equipe que pega e da que é pega.  
  • Se as crianças estiverem no nível básico de inglês, ao invés de formação de frases, peça para responderem sinônimos da palavra demandada.

9. Batata quente 

Coloque as crianças sentadas em círculo no chão, e use um objeto ou alimento para ser a “batata quente”.

As crianças devem passar o objeto enquanto todos cantam “Batata quente, quente, quente…” Quando chegar na parte do “queimou!” , a criança que ficou com com o objeto na mão deverá dizer o nome da coisa em inglês.

Quem não souber sai da brincadeira e fica de molho, podendo entrar novamente na roda no lugar dele se acertar o nome do objeto que o colega errou.

A cada acerto mude o objeto para continuar a brincadeira e ensinar muito vocabulário para os alunos.

Telefone sem fio10. Telefone sem fio 

Como na brincadeira tradicional, ponha as crianças em fila e peça para a do início dizer uma palavra em inglês no ouvido da seguinte que deve comunicar o que ouviu para a outra.

A última criança deve dizer em voz alta o que escutou do colega. E a primeira deve informar o que disse. Vai ser muito divertido perceber que a palavra dita no início não será a mesma do final ou pode sair pronunciada totalmente diferente da forma correta.

No exercício, aproveite para corrigir erros de pronúncia e vocabulário com os estudantes.

11. Pular corda contando em inglês

Una o útil ao agradável e brinque de pular corda com as crianças enquanto as ensina a contar em inglês. A brincadeira é indicada para maiores de 6 anos.

Comece ensinando as crianças até 10 e vá aumentando de cinco em cinco até elas pegarem jeito, ou dependendo do desenvolvimento da classe, ensine de dez em dez. Assim vão naturalmente assimilando o conhecimento enquanto brincam.

Você pode desafiá-las a contarem sozinhas e passar a atividade como dever de casa. Quem conseguir pular contando sem errar ganha pontos extras ou recompensas como bombons e balinhas.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.