Duvida ou dúvida

As duas palavras existem na língua portuguesa. Mas, são empregadas de forma diferente. Saiba agora quando utilizar duvida ou dúvida.

0

Ambas as palavras existem na Língua Portuguesa. Enquanto uma é proparoxítona, outra é paroxítona. Além disso, uma é substantivo que indica incerteza. Já a outra, é a forma conjugada do verbo duvidar.

Como substantivo, a palavra pode ter como significado o ato de suspeitar ou ainda demonstrar que está incerto, ou seja, incerteza.

Mas, quando utilizar duvida ou dúvida? Confira abaixo:

A palavra duvida é a forma conjugada do verbo duvidar na 3° pessoa do singular do presente do indicativo ou na 2° pessoa do singular do imperativo afirmativo. Já dúvida, refere-se à incerteza.

Duvida

A palavra duvida é uma palavra paroxítona. Além disso, é a forma conjugada do verbo duvidar. Confira agora sua conjugação:

Verbo duvidar (presente do indicativo)

  • Eu – Duvido;
  • Tu – Duvidas;
  • Ele – Duvida;
  • Nós – Duvidamos;
  • Vós – Duvidais;
  • Eles – Duvidam

Verbo duvidar (imperativo)

  • Eu -;
  • Tu – Duvidas;
  • Ele – Duvida;
  • Nós – Duvidamos;
  • Vós – Duvidais;
  • Eles – Duvidam.

Quando usar duvida: exemplos

Confira agora alguns exemplos com a palavra duvida:

  • Será que ele duvida da própria irmã?;
  • Nunca que ela duvida de mim;
  • Ela duvida de tudo o que dizem;
  • Minha avó sempre duvida dos noticiários.

Dúvida

A palavra dúvida é uma proparoxítona, com a obrigatoriedade do acento agudo. Além disso, é um substantivo feminino, geralmente utilizado para indicar incertezas.

Quando usar dúvida: exemplos

Confira agora alguns exemplos com o substantivo feminino dúvida:

  • Alguma dúvida?
  • Você me disse que tinha uma dúvida;
  • Não tenho só uma dúvida. Tenho várias;
  • Com licença, tenho uma dúvida.

Você também pode se interessar:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.