Escudos Cristalinos

Saiba tudo sobre as formações geológicas que datam do início da formação da Terra.

0

Também chamados de maciços antigos, os escudos cristalinos são um tipo de formação geológica antiga, muito resistentes, e com ocorrência em áreas de baixa altitude. Eles são compostos principalmente por rochas cristalinas, como assinala o nome. Estas podem ser tanto metamórficas, quanto magmáticas.

Sua maior incidência é nos locais que passaram por longos períodos de erosão e onde onde há poucas movimentações das placas tectônicas. São as chamadas áreas de tectonismo estável.

Formação e características dos escudos cristalinos

Considerados como uma das estruturas mais antigas do planeta, os escudos cristalinos foram formados nos primeiros milhões de ano de constituição da Terra, mais precisamente na era Pré-Cambriana e do início da era Paleozóica.

Nessa época, o planeta registrava temperaturas altíssimas e estava coberto por magma e meteoritos, ou seja, rochas plutônicas. Com o passar do tempo, a Terra sofreu um processo de resfriamento, e por consequência, esse material se solidificou, formando as superfícies do planeta.

As superfícies, por sua vez, sofreram ações do intemperismo, transformando-se em outras rochas. Durantes anos, elas ficaram em condições de alta temperatura e pressão. Assim, elas tornaram a mudar, dessa vez, cristalizando em algumas regiões. Estavam formados os escudos cristalinos.

Justamente por conta das características de formação, neles, há uma vasta disponibilidade de minerais, inclusive com alto valor comercial. Nos escudos cristalinos podemos encontrar dois tipos de minerais, cuja classificação pode ser feita da seguinte maneira:

  • Metálicos – a maior incidência está nas áreas de formação antiga. Nesta categoria, destacam-se o amianto, granito, ardósia, feldspato e o quartzo.
  • Não Metálicos – presentes, sobretudo, nas áreas mais recentes, esses minerais são extremamente importantes por conta do valor econômico que possuem. Entre os exemplos, podemos citar o ouro, estanho, chumbo, ferro, bauxita, cromo, níquel, cobalto e muitos outros.

Escudos cristalinos no Brasil

Essas formações representam uma grande porção do território brasileiro. Estima-se que elas estejam presentes em aproximadamente 36% do território brasileiro.

Abaixo estão citados os principais escudos do Brasil:

  • Escudo Atlântico ( região centro-leste)
  • Escudo das Guianas (região do extremo norte)
  • Escudo do Brasil Central (região centro-norte)

Nesse sentido, o Brasil é um país privilegiado, uma vez que nos escudos cristalinos do nosso território há muitos minérios que podem ser comercialmente explorados.

Entre os exemplos, é possível citar o manganês, cuja maior incidência está  no norte e centro-oeste do país, além do ferro, disponível em abundância nos estados do Pará e Minas Gerais.

Eles são explorados comercialmente e constituem uma importante atividade comercial dentro da economia brasileira, tornando o Brasil um dos principais produtores de minerais metálicos do mundo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.