Governo Federal confirma aumento no Auxílio Brasil

A previsão é que as famílias beneficiadas recebam cinco parcelas de R$ 600 até o final do ano. Confira outras novidades sobre os benefícios do governo.

O governo federal irá aumentar o valor do Auxílio Brasil em R$ 200 a partir de agosto, o que irá beneficiar cerca de 20 milhões de famílias. A previsão é que as famílias beneficiadas recebam cinco parcelas de R$ 600 até o final do ano.

Leia mais: Saiba quem pode receber salário extra do Auxílio Brasil

Esse reajuste aconteceu graças à PEC dos Combustíveis, que foi apresentada no Senado Federal na última quarta-feira (29). A proposta inclui um aumento de R$ 70,00 no valor do vale-gás, que irá beneficiar 5,7 milhões de brasileiros, e a criação do Pix Caminhoneiro, que é um vale de R$ 1 mil a ser pago para os motoristas autônomos para minorar o impacto da alta do diesel. Essas medidas de boas ações do governo federal irão custar aproximadamente R$ 38,75 bilhões aos cofres da União.

Antes de realizar a confirmação do lançamento dos benefícios com esse acréscimo, o governo federal depende da aprovação da PEC. No entanto, caso você acompanhe a página, já estava sabendo que o calendário completo dos pagamentos do Auxílio Brasil nesse ano já foi divulgado.

A estimativa é que o aumento esteja disponível aos beneficiários a partir de agosto, com validade em 31 de dezembro de 2022. Confira mais abaixo o calendário de pagamentos do Auxílio Brasil.

Auxílio Brasil de 600 reais começa quando?

Para começar o pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600, é necessário que seja aprovada a PEC dos Combustíveis em dois turnos, nas duas Casas do Congresso Nacional. Segundo o relator da proposta, o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), a previsão é de que as medidas sejam introduzidas somente em agosto, visto que a folha de pagamento dos benefícios de julho já está em fase de processamento.

Dessa maneira, a próxima parcela do Auxílio Brasil ainda deve ser de R$ 400. Confira o cronograma a seguir:

• 18 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 1;
• 19 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 2;
• 20 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 3;
• 21 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 4;
• 22 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 5;
• 25 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 6;
• 26 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 7;
• 27 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 8;
• 28 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 9;
• 29 de julho – depósito do benefício para inscritos com NIS final 0.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More