Governo Itamar Franco (1992–1994)

O governo Itamar Franco se caracterizou pela superação da crise econômica no Brasil.

0

Quem foi Itamar Franco? Itamar Franco foi um político brasileiro que atuou desde a Ditadura Militar, período em que ingressou no partido Movimento Democrático Brasileiro (MDB), uma modesta oposição institucionalizada ao regime.

Durante a ditadura, foi prefeito da cidade mineira Juiz de Fora por duas vezes e, também, por duas vezes, senador.

Após o regime, elegeu-se vice-presidente da República no governo de Fernando Collor. Entretanto, por estar envolvido em casos de corrupção, Collor renunciou ao cargo de presidente do Brasil antes do seu processo de impeachment chegar ao fim.

Com isso, Itamar Franco assume a presidência do país no dia 29 de dezembro de 1992.

Governo Itamar Franco – Resumo

Itamar Franco assumiu a presidência do Brasil em dezembro de 1992, após terminado o processo de impeachment de Fernando Collor de Melo, presidente do Brasil desde 1990.

Apoiado por diversos partidos, a missão de Itamar Franco era garantir uma transição segura até que novas eleições ocorressem para a escolha de um novo presidente.

Empossado no cargo, o novo presidente realizou um plebiscito para decidir qual forma de governo seria adotada pelo país. A República Presidencialista foi preservada com uma quantidade considerável de votos.

A crise econômica continuava a ser uma questão que necessitava de soluções. Em 1993, o sociólogo e ex-senador por São Paulo, Fernando Henrique Cardoso, assume o Ministério da Fazenda com o principal objetivo de combater a inflação e garantir um desenvolvimento econômico seguro.

Com isso, o governo se alinhou a uma política de corte dos gastos públicos, renegociação da dívida externa e desestatização da economia. Em fevereiro de 1994, é anunciado o Plano Real, para solucionar a crise econômica do Brasil.

Desse modo, o novo plano criou uma nova moeda, o Real, capaz de estabilizar a economia por meio do igualamento da moeda com as reservas cambiais disponíveis no país.

O governo adotou uma política de elevação de juros com o intuito de assegurar a estabilidade da moeda. Tal política permitiu o investimento de capitais estrangeiros, assim como conseguiu conter a inflação rapidamente.

Desse modo, o novo plano econômico foi um sucesso, pois:

  • Valorizou os salários
  • Aqueceu o mercado
  • Diminuiu a inflação

O fim do breve mandato de Itamar Franco (1992–1994) foi vivenciado com o ápice da sua popularidade, assegurando uma das mais tranquilas sucessões presidenciais do país.

Aproveitando do bom momento, Fernando Henrique Cardoso lançou sua candidatura à presidência do Brasil pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Assumindo a autoria do Plano Real, FHC consegue vencer as eleições de 1994 e empossa no cargo de presidente do Brasil no dia 1° de janeiro de 1995.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.