Gravidez

A gravidez é o processo de gestação dos fetos humanos. Vamos conhecer mais sobre o assunto?


Gravidez é o nome dado ao período de gestação dos seres humanos que é resultado da fecundação do ovócito secundário pelo espermatozoide.

Esse momento gera muitas transformações no corpo da mulher, ele se modifica lentamente durante os nove meses em que a gravidez dura e se prepara para o parto e a amamentação.

A gravidez é um fenômeno fisiológico normal na evolução humana e, geralmente, não apresenta intercorrências sérias. As mulheres grávidas devem fazer um acompanhamento mensal — pré-natal — com um médico ginecologista.

Gravidez - Mudanças no corpo da mulher durante os nove meses
Gravidez – Mudanças no corpo da mulher durante os nove meses.

Primeiros sintomas de gravidez

De forma geral, o atraso menstrual é o primeiro sintoma a chamar a atenção para uma possível gravidez. Além disso, existem outros sintomas comuns em mulheres grávidas como enjoos, vômitos, o aumento dos seios, o excesso de sono e fome, aumento da frequência urinária e sensação de cansaço extremo.

Os sintomas de gravidez são iguais para todas as mulheres?

Os sintomas de gravidez variam muito entre as mulheres e nem todas apresentam os mesmos. Isso acontece porque a sensibilidade de cada uma às mudanças hormonais são diferentes.

Também existem variações corporais, ou de estilo de vida, que modificam ou minimizam sintomas para algumas mulheres.

A maioria dos sintomas já são perceptíveis nas primeiras semanas de gestação e, geralmente, ficam mais fortes durante o primeiro trimestre. Mas algumas mulheres podem ter enjoos e vômitos até o final da gestação.

Todos os sintomas devem ser avaliados pelos médicos durante as consultas de pré-natal para que sejam medicados ou minimizados caso possível.

Exame de gravidez

A gravidez pode ser descoberta através de testes comprados em farmácias que são feitos através da urina. Esses testes reconhecem o hormônio gonadotrófica coriônica humano (HCG) que são secretados para formar e manter a placenta em que o embrião será gerado.

Esse hormônio também pode ser detectado em um hemograma simples feito em laboratório para detectar Beta HCG.

Teste de gravidez
Teste de gravidez

Tipos de gravidez

A fecundação ocorre nas tubas uterinas e o embrião migra para o útero por volta do 7º dia de desenvolvimento embrionário.

No entanto, essa implantação do embrião pode não ocorrer de forma correta e a gravidez pode ser classificada em:

  • Gravidez tópica: a implantação do embrião ocorre na cavidade uterina. Esse é o tipo de gravidez comum.
  • Gravidez ectópica: a implantação do embrião ocorre durante a migração, fora do útero. Esse tipo também é chamado de gravidez extrauterina e pode ocorrer nas trompas ou outros locais.

A gravidez também pode ser classificada quanto ao número de embriões implantados no útero:

  • Gravidez única: apenas um embrião em desenvolvimento;
  • Gravidez múltipla: dois ou mais embriões se desenvolvem no útero.

Além disso, a gravidez pode ser classificada quanto ao risco gestacional para mãe e o feto:

  • Gravidez de risco habitual: ocorre sem intercorrências graves e não há risco iminente previsto no pré-natal.
  • Gravidez de alto risco: doenças maternas prévias ou adquiridas durante a gestação colocam mãe e feto em risco de morte.

Gravidez de alto risco

Existem exceções quando se fala de gravidez normal, algumas mulheres são portadoras de enfermidades ou desenvolvem problemas durante a gestação que podem deixar esse período perigoso para a mãe e para o feto que está sendo gerado.

Quando isso acontece, a gravidez dessas mulheres é considerada de risco e o pré-natal deve ser criterioso para monitoramento da evolução dessas enfermidades.

Em alguns casos, as mulheres precisam fazer repouso durante toda a gravidez para que ela não coloque sua vida em risco e o feto também se desenvolva em segurança.

O início imediato do pré-natal quando se descobre uma gravidez e a frequência das consultas são fatores importantes para que essas complicações sejam descobertas e tratadas rapidamente.

Como prevenir a gravidez?

Uma gravidez não planejada pode mudar muito a vida da família que vai receber o novo bebê. Por isso, o planejamento reprodutivo é incentivado pelo Ministério da Saúde.

Existem muitos métodos contraceptivos que podem prevenir uma gravidez não programada. O médico ginecologista é quem pode ajudar a escolher o melhor método, no entanto, é importante lembrar que o único método contraceptivo que também previne doenças sexualmente transmissíveis é o preservativo.

Por isso, o preservativo deve ser usado sempre e pode ser combinado com outros métodos contraceptivos para maior eficácia, entre eles estão:

  • Pílula hormonal
  • Injeção hormonal
  • Anel vaginal
  • DIU
  • Implantes hormonais subcutâneos
  • Espermicidas
  • Diafragma
  • Métodos cirúrgicos como laqueadura e a vasectomia

Existe também um método contraceptivo de emergência chamado de pílula do dia seguinte. No entanto, o ideal é que esse método só seja usado realmente em situações de emergência como falhas no preservativo ou mulheres que passaram por violência sexual. Essa pílula possui uma grande carga hormonal que pode desregular o corpo da mulher durante vários meses.

Gravidez - Métodos contraceptivos
Gravidez – Métodos contraceptivos

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More