Já foi vítima de golpe? Conheça as principais práticas criminosas no meio digital

Atualmente, existem diversas possibilidades de se aplicar um golpe, seja pela internet, telefone ou até mesmo na rua.

Atualmente, existem diversas possibilidades para se aplicar um golpe, seja através da internet, telefone ou até mesmo na rua. Devido ao grande crescimento da era digital, os golpistas, também conhecidos como scammers, desenvolvem novos golpes a cada dia, o que preocupa bastante a população.

De acordo com a Serasa, a cada 17 segundos alguém sofre um golpe no Brasil. Somente no mercado eletrônico são realizadas mais de 3.600 tentativas de fraude por minuto. Vale ressaltar que a internet se transformou em um território com inúmeras informações, principalmente as mensagens que, na sua grande maioria, são enviadas por e-mails, redes sociais e celulares.

Como os criminosos agem? Conheça algumas práticas criminosas

Os criminosos agem de diversas formas, abordando vítimas pelas redes sociais, utilizando perfis falsos ou enviando e-mails com mensagens enganosas, ofertando prêmios, além de promoções inexistentes. Diante desta situação, separamos dois tipos de fraudes, que são bastante praticadas na rede, confira abaixo.

– Phishing: É um termo em inglês, que se deriva de “fishing“, que pode ser traduzido para o português como “pescar”. Os golpistas utilizam desta tática para “pescar” informações pessoais de usuários na internet, utilizando e-mails ou sites falsos.

A ação muitas vezes passa despercebida. Os golpistas costumam enviar e-mails atraentes para o consumidor, apresentando ofertas e cupons de desconto ou prêmios milionários que, infelizmente, não existem. Para evitar ser vítima deste golpe, desconfie de propagandas chamativas que geralmente estipulam um tempo limite para resgatar o prêmio ou a oferta.

– Spoofing: Esta técnica está relacionada ao ato de “enganar” em inglês, onde os golpistas se passam por outra pessoa ou empresa. O objetivo da ação é fazer com que a vítima forneça suas informações pessoais diretamente para eles, fingindo ser funcionários de uma empresa já conhecida, assim aplicando o golpe logo em seguida.

É importante ficar atento quanto a essa prática, uma vez que as empresas nunca entram em contato com o cliente solicitando seus dados pessoais. Caso se depare com essa situação, entre em contato diretamente com a companhia e procure saber se o contato é verídico.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More