Lamarckismo

Na teoria lamarckista, primeira teoria evolutiva que refutou o criacionismo, acreditava-se que os indivíduos eram forçados a mudar por pressão exercida pelo meio ambiente em que viviam.


O lamarckismo é uma teoria evolutiva apresentada por Jean-Baptiste Lamarck (1744-1829). Apesar de terem sido ideias importantes para o conhecimento evolutivo, atualmente as ideias de Lamarck não são mais aceitas pela comunidade científica.

Na teoria lamarckista, acreditava-se que os indivíduos eram forçados a mudar por pressão exercida pelo meio ambiente em que viviam.

Quem foi Jean-Baptiste de Lamarck?

O naturalista Jean-Baptiste Lamarck era francês e foi o responsável pelas primeiras teorias que tentaram explicar a evolução dos seres vivos.

Foi Lamarck quem criou termos como “biologia” e “invertebrados” que são utilizados até hoje.

Ele começou sua vida científica na botânica, mas depois dedicou-se ao estudo de invertebrados como os moluscos, e foi observando eles que pensou na teoria lamarckista.

Em 1809, ele publicou suas ideias em francês no livro Philosophie zoologique (“Filosofia zoológica”, em tradução livre para o português). No entanto, Lamarck morreu sem ter suas ideias reconhecidas pela comunidade científica.

Ele fundamentou a teoria evolutiva lamarckista com base em duas leis:

  • Lei do uso e desuso
  • Lei da transmissão dos caracteres adquiridos

Lei do uso e desuso

Lamarck observou que algumas partes do corpo do indivíduo poderiam se desenvolver mais se fossem mais usadas. Seguindo esse mesmo pensamento, as partes menos usadas ficariam atrofiadas.

No clássico exemplo lamarckista do pescoço das girafas, ele sugeria que as girafas na verdade tinham o pescoço curto, mas essa parte do corpo precisou se alongar e se tornou forte para alcançar a copa das árvores em momentos de escassez de alimentos.

Lamarckismo - Lei do uso e desuso - girafas alongando pescoço segundo a teoria de Lamarck
Lamarckismo – Lei do uso e desuso – Girafas alongando pescoço segundo a teoria de Lamarck

Lei da transmissão dos caracteres adquiridos

Essa lei afirmava que as características benéficas adquiridas durante a vida de um indivíduo eram transmitidas a seus descendentes, que passariam a transmiti-la a todas as gerações seguintes.

Sendo assim, essa lei estava intimamente ligada à primeira, pois as características adquiridas ou atrofiadas seriam repassadas de geração a geração.

 Importância das ideias de Lamarck

Lamarck foi um cientista inovador, ele foi o primeiro a ir contra as ideias criacionistas ou fixistas. Como na ciência mudanças demoram a ser compreendidas e incorporadas, talvez seja por isso que ele morreu sem ser reconhecido.

Apesar de Lamarck ter acertado que fósseis eram um registro importante da evolução dos seres vivos e que ocorria uma adaptação das espécies ao meio ambiente, ele errou ao afirmar que essas características eram transmitidas aos descendentes.

A lei do uso e desuso pode até ser aplicada em alguns momentos como o ganho de massa muscular de um atleta, no entanto, essa não é uma característica adquirida com o objetivo de deixar aquele indivíduo melhor e mais complexo, e sim mais adaptado ao meio que vive, podendo inclusive se tornar mais simples.

Lamarckismo e Darwinismo

O lamarckismo é a teoria evolutiva proposta por Lamarck 50 anos antes do darwinismo que foi proposto por Charles Darwin.

Para Lamarck as características eram desenvolvidas à medida que se tornavam necessidade para o indivíduo e, após adquiridas, eram repassadas para as próximas gerações. No entanto, Darwin não concordava com isso.

Para Darwin, qualquer ser vivo poderia evoluir a partir de um ancestral, melhorando ou perdendo características, com objetivo de se adaptar melhor ao ambiente. Essa teoria foi baseada na seleção natural, onde o ambiente seleciona características que sejam mais favoráveis a permanência daquele indivíduo e elimina as desfavoráveis.

Com os conhecimentos e avanços da genética que vieram depois, a teoria darwinista foi reformulada e formou-se então a teoria neodarwiniana, também chamada de teoria sintética da evolução.

Lamarckismo em comparação com darwinismo
Lamarckismo em comparação com darwinismo, no primeiro as girafas alongam o pescoço para alcançar a copa, no segundo as girafas de pescoço longo são selecionadas pois conseguem se alimentar mesmo que as árvores sejam altas.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More