MEC lança projeto para formar professores e servidores em libras

O objetivo é ampliar a formação dos tradutores de libras e a qualificação dos servidores públicos municipais de todo o território nacional.

8

O Ministério da Educação (MEC) lançou o projeto-piloto de Libras nas Cidades. O objetivo é ampliar a formação dos tradutores de libras e a qualificação dos servidores públicos municipais. Assim, eles poderão atender a população de deficientes auditivos das cidades brasileiras.

“Seja dentro das escolas, com projeto de inclusão, ou socialização, para que a população surda possa ser atendida em todos os âmbitos do serviço público”, completou o secretário Bernardo Goytacazes de Araújo, titular da Semesp.

“Uma das maiores dificuldades era formar esse funcionalismo público. O MEC veio hoje aqui, em parceria com o Instituto Nacional do Ensino dos Surdos (Ines), fazer com que Sumaré seja a primeira cidade a oferecer essa qualificação.”

O projeto-piloto será expandido para o todo Brasil nos próximos meses. “De Sumaré, vamos lançar para o Brasil inteiro. Aqui vamos verificar as maiores dificuldades.”

A primeira dama, Michelle Bolsonaro, disse que é muito importante essa iniciativa do MEC em parceria com o Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines). “É muito importante porque vai ampliar o acesso da comunidade surda à educação e também a vários serviços fundamentais.”

“Eu torço para que mais municípios adotem esse projeto, e que tanto professores como servidores abracem essa causa e aproveitem essa oportunidade maravilhosa de aprender libras e atender melhor os nossos surdos”, completou Michelle Bolsonaro.

Prazo

Segundo Bernardo de Araújo, o governo espera implantar o projeto em todo o país nos primeiros cem dias de governo.

“Isso já está contemplado na nossa meta dos cem dias. É a ampliação do ensino de libras no Brasil. Praticamente a Semesp já está com todos os projetos contemplados.

É o MEC presente com a ideia de menos Brasília, mais Brasil. Todos os projetos feitos pela secretaria foram pensados exatamente dentro dessa tônica.”

O lançamento do projeto-piloto Libras nas Cidades aconteceu na Prefeitura de Sumaré.

Autismo

O MEC, em parceria com associações dos autistas, como Apae e Pestalozzi, vai lançar também, no segundo semestre, o primeiro Fórum Nacional sobre autismo, de altas habilidades, que até então não havia sido trabalhado.

“Estivemos visitando a Pestalozzi, e vamos lançar, no início do segundo semestre, o primeiro fórum nacional do espectro do autismo e altas habilidades, que era um tema muito fechado”, antecipou Bernardo de Araújo.

“Vamos trazer o debate à tona; a quantidade de autistas no Brasil vem crescendo cada vez mais. É um tema que precisa ser enfrentado”, finalizou Bernardo de Araújo. Com informações do Ministério da Educação.

você pode gostar também
  1. Larissa Diz

    Faculdade Eficaz em Maringá/PR foi pioneira no Estado do Paraná a oferecer curso de letras/libras para qualificação de professores.

  2. Dulcineia Diz

    Parabéns pela iniciativa! Como faço para me inscrever e participar do projeto “Professor em Libras”?

  3. Ana Maria Albaladejo Bellesso Diz

    Parabéns, fico muito Feliz com a iniciativa. E gostaria de saber, como posso me inscrever, porque sou Professora de Inglês (pronúncia Americana) , e trabalho com a Educação Infantil, há vários anos e tenho alunos de inclusão (autistas, down e outros), e os sinais de libras, são muito bem identificados por eles nos vídeos, que apresento sempre em Inglês…Muito obrigada, e aguardo por informações…

  4. Alcineide Alves de Sousa Diz

    Gostaria muito de fazer esse curso como faço pra me inscrever!!

  5. Alcineide Alves de Sousa Diz

    Quando começa as inscrições e onde será ministrado o curso!!

  6. Raquel O. S.ValadareS Diz

    Parabéns pela iniciativa! Como faço para me inscrever e participar do projeto “Professor em Libras”?

  7. Elmodan Gregório de Lima Diz

    Tô dentro. Quero participar. Excelente iniciativa.

  8. Nádja Barbosa Nunes Pereira Diz

    Gostaria muito de participar de curso de Libras. Tenho o curso básico 1 e 2, Intermediário 1 e 2. Pretendo ser intérprete de Libras. Como faço para participar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.