Conheça os 30 melhores livros de todos os tempos

Os livros são portais para um universo mágico e surpreendente. Conheça quais são os 30 melhores livros de todos os tempos que você não pode deixar de ler.

0

A literatura tem a capacidade de representar novos universos e possibilidades dentro de suas páginas. Por isso, os livros são tão importantes e adorados por muitas pessoas, com diversos personagens, gêneros e temáticas.

Dentro do universo dos livros, alguns deles são considerados obras autênticas, originais e essenciais para a história da literatura mundial.

Tais obras não podem passar despercebidas e devem ser lidas pelo menos uma vez na vida.

Pensando nisso, confira a lista com os 30 melhores livros de todos os tempos, que você não vai se arrepender de ler.

Mergulhe na leitura e se encante com o universo existente na literatura!

30 melhores livros de todos os tempos

1 Orgulho e Preconceito 

Orgulho e Preconceito 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Orgulho e Preconceito
  • Autor: Jane Austen
  • Ano de publicação: 1813

A obra de Jane Austen, Orgulho e Preconceito, é um renomado romance que se tornou um clássico da literatura. Além disso, a narrativa do livro foi transformado em um filme homônimo.

Na história é representado o destino de cinco irmãs criadas e educadas para o casamento. Entretanto, elas seguem suas paixões e instintos próprios.

Além disso, uma das irmãs, Elizabeth Bennett conhece o senhor Darcy. Eles passam a se conhecer e descobrem detalhes encantadores um sobre o outro.

A partir disso, a história de ambos segue um caminho de orgulho, preconceito e outros empecilhos.

2 1984 

1984 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – 1984
  • Autor: George Orwell
  • Ano de publicação: 1949

O livro 1984 é uma das obras-primas e genialidades do escritor George Orwell. Nesta obra distópica, é retratada a história de um país que segue um regime totalitário.

O Estado totalitário implanta sistemas de vigilâncias, de forma que ele detém controle total sobre a população.

A distopia de George Orwell se torna ainda mais brilhante pelo fato de ser uma crítica ao totalitarismo, assim como uma reflexão sobre a sociedade e sobre possíveis caminhos inesperados.

3 Guerra e Paz 

Guerra e Paz 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Guerra e Paz
  • Autor: Liev Tolstói
  • Ano de publicação: 1869

Guerra e Paz é considerado por muitos como o melhor livro do mundo, escrito por Liev Tolstói, artista russo.

A narrativa do livro é desenvolvida na Rússia, durante as guerras napoleônicas, pela vida de cinco famílias da aristocracia russa.

Os personagens são retratados de forma psicológica e característica a partir da sociedade da época e o contexto vigente.

4 Crime e Castigo 

Crime e Castigo 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Crime e Castigo
  • Autor: Fiódor Dostoiévski
  • Ano de publicação: 1866

Crime e Castigo é uma das obras magníficas de Fiódor Dostoiévski. O personagem principal é Raskólnikov, um estudante de direito que comete um assassinato.

Apesar de conseguir se livrar da lei, sua culpa interior o corrói. A partir disso, várias questões sociais e do imaginário da sociedade são discutidas e colocadas em reflexão.

5 Hamlet 

Hamlet 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Hamlet
  • Autor: William Shakespeare
  • Ano de publicação: 1609

William Shakespeare é um dos dramaturgos mais conhecidos e célebres da história da humanidade. Em Hamlet, é retratada a história brilhante ao redor da morte do rei Hamlet da Dinamarca.

O irmão do rei falecido, Cláudio, logo casa com a viúva para ocupar o trono.

Entretanto, o príncipe Hamlet passa e ver fantasmas do seu pai e acaba descobrindo que sua morte foi, na verdade, um assassinato cometido por seu tio Cláudio.

A partir disso, se decorre o enredo magnífico com questões de traição e vingança na obra de Shakespeare.

6 Cem Anos de Solidão 

Cem Anos de Solidão 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Cem Anos de Solidão
  • Autor: Gabriel García Márquez
  • Ano de publicação: 1967

Cem Anos de Solidão é uma obra latino-americana, criada pelo escritor colombiano Gabriel García Márquez.

Nesse romance, a narrativa se desenvolve na aldeia de Macondo, diante das gerações da família Buendía–Iguarána.

O livro narra e reflete a história sobre a árvore genealógica da família, refletindo sobre temas como esquecimento.

7 Odisseia 

Odisseia 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Odisseia
  • Autor: Homero
  • Ano de publicação: século VIII a.C.

Odisseia é uma obra datada do século VIII a.C., criada por Homero. Essa obra foi difundida e apreciada mundialmente, como um marco da Grécia Antiga.

O livro retrata as aventuras de Ulisses, após a Guerra de Troia, na tentativa de retornar para sua casa. Seus caminhos são cruzados com criaturas fantásticas e mitológicas.

8 Fausto 

Fausto 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Fausto
  • Autor: Johann Wolfgang von Goethe
  • Ano de publicação: 1808

Johann Wolfgang von Goethe foi um épico escritor alemão com diversas obras conhecidas no mundo e marcaram a história da literatura alemã.

Em Fausto, o médico alquimista Johannes Georg Faust, faz um pacto com demônio. Assim, ele vende sua alma em troca do acesso ao conhecimento.

9 O Estrangeiro 

O Estrangeiro 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – O Estrangeiro
  • Autor: Albert Camus
  • Ano de publicação: 1942

O escritor francês Albert Camus elaborou diversas obras importantes para a literatura mundial, entre elas, O Estrangeiro.

Nesta obra, o personagem Mersault recebe um telegrama relatando a morte de sua mãe. Entretanto, ele parece não se sentir atingido pela perda, mas tempos depois assassina um homem com quem tem uma discussão.

A partir desse acontecimento, é posta uma reflexão acerca da vulnerabilidade da existência humana e situações psicológicas.

10 As Mil e uma Noites 

As Mil e uma Noites 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – As Mil e uma Noites
  • Autor: Richard Francis Burton e Geraldine McCaughrean
  • Ano de publicação: 1704

As Mil e uma Noites é uma coletânea de histórias folclóricas e populares, inventadas e preservadas na tradição oral da cultura árabe.

A história do rei da Pérsia, Xariar, que decide se casar com uma nova mulher a cada noite, pelo fato de odiar tradições.

Todos os dias se casava e na manhã seguinte essa esposa era morta. Até que uma jovem, Xerazade, resolve escapar desse destino usando algumas histórias e persuade o rei a cada noite, escapando da morte.

11 O Processo 

O Processo 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – O Processo
  • Autor: Franz Kafka
  • Ano de publicação: 1925

O Processo é uma obra do escritor alemão Franz Kafka. Nesse livro ele conta a história de Josef K, um homem que desperta em uma situação em que é acusado e indiciado em um processo judicial.

Entretanto, o personagem não consegue se lembrar do crime pelo qual é acusado e declara sua inocência, mesmo sem compreender o que está acontecendo.

12 Zorba, o Grego

Zorba, o Grego
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Zorba, o Grego
  • Autor: Níkos Kazantzákis
  • Ano de publicação: 1946

Zorba, o Grego, obra do grande pensador grego Níkos Kazantzákis, narra a história de um jovem intelectual que largou seus estudos para viver junto a parte mais carente da sociedade.

A partir disso, ele conhece um senhor mais velho, denominado Zorba, que passa a ser seu mentor e amigo sábio.

13 Lolita 

Lolita 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Lolita
  • Autor: Vladimir Nabokov
  • Ano de publicação: 1955

Lolita é uma obra muito polêmica até os dias atuais. O escritor Vladimir Nabokov criou essa obra para estabelecer reflexões e conhecimento de um retrato da vida norte-americana.

O livro relata a história de Humbert Humbert, um homem de meia-idade que estabelece relações de obsessão com sua enteada de apenas 12 anos.

14 Um Estudo em Vermelho 

Um Estudo em Vermelho 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Um Estudo em Vermelho
  • Autor: Arthur Conan Doyle
  • Ano de publicação: 1887

Um Estudo em Vermelho é uma obra de suspense criado pelo escritor britânico Arthur Conan Doyle.

Essa obra é mundialmente conhecida por retratar a primeira história do detetive Sherlock Holmes e seu colega, John Watson.

Neste livro, o detetive vai em busca de respostas para um assassinato, a primeira vista, indecifrável.

15 Dom Quixote 

Dom Quixote 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Dom Quixote
  • Autor: Miguel de Cervantes
  • Ano de publicação: 1605—1615

Dom Quixote de La Mancha é uma obra de Miguel de Cervantes, brilhante escritor espanhol. O livro é considerado por muitos como a maior obra de língua espanhola.

A narrativa se desenvolve em torno do protagonista, Quixote, um homem encantado com romances de cavalaria.

Logo, ele decide se tornar um cavaleiro, mas sua imaginação e a realidade começam a se mesclar, sendo difícil discernir o que é fantasia e o que é real.

16 O Velho e o Mar 

O Velho e o Mar 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – O Velho e o Mar
  • Autor: Ernest Hemingway
  • Ano de publicação: 1952

O Velho e o Mar é uma obra extraordinária que coloca em questão reflexões sobre o envelhecimento, vulnerabilidade da existência e superação humana.

O protagonista é Santiago, um senhor pescador que parte em uma viagem pelo mar. Ele acaba travando uma batalha com um peixe enorme e não desiste até conseguir capturá-lo.

17 No caminho de Swann 

No caminho de Swann 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – No caminho de Swann
  • Autor: Marcel Proust
  • Ano de publicação: 1913

O livro No caminho de Swann é o primeiro da sequência dos 7 livros de Em busca do Tempo Perdido, criado pelo escritor francês Marcel Proust.

Nesta narrativa é retratada a história da infância de Swann, com diversas memórias.

A obra ficou muito conhecida pelo estilo narrativo de memória e por abordar temáticas como a homossexualidade feminina.

18 O Coração das Trevas 

O Coração das Trevas 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – O Coração das Trevas
  • Autor: Joseph Conrad
  • Ano de publicação: 1902

A obra O Coração das Trevas é a mais célebre obra de Joseph Conrad. O livro é um dos pioneiros a questionar e refletir acerca da dominação e colonialismo branco.

O personagem principal faz uma viagem ao coração da África, onde se surpreende e espanta com as formas de dominação do seu próprio povo e cultura.

19 O Livro do Desassossego

O Livro do Desassossego
Os 30 melhores livros de todos os tempos – O Livro do Desassossego
  • Autor: Fernando Pessoa
  • Ano de publicação: 1982

O Livro do Desassossego é uma das obras do escritor português Fernando Pessoa. Foi desenvolvida por mais de 20 anos e assinada pelo heterônimo de Pessoa, Bernardo Soares.

O livro retrata diversas reflexões sobre o indivíduo e fortes questões existenciais.

20 Viagem ao Fim da Noite 

Viagem ao Fim da Noite 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Viagem ao Fim da Noite
  • Autor: Louis-Ferdinand Céline
  • Ano de publicação: 1932

Viagem ao Fim da Noite é a primeira obra do escritor francês Louis-Ferdinand Céline.

Nessa obra, a história e os personagens são inspirados na vida do autor, apresentando certo caráter autobiográfico.

O livro reflete sobre a natureza humana e construções sociais reais e importantes.

21 Madame Bovary 

Madame Bovary 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Madame Bovary
  • Autor: Gustave Flaubert
  • Ano de publicação: 1856

Madame Bovary é a obra mais conhecida do romancista francês Gustave Flaubert.

A obra gerou grande escândalo no período em que foi publicada por apresentar a jovem protagonista, sonhadora e determinada, que se desprende dos valores tradicionais impostos a ela, como o casamento.

22 A Divina Comédia

A Divina Comédia
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Divina Comédia
  • Autor: Dante Alighieri
  • Ano de publicação: 1321

A Divina Comédia é uma das maiores obras da literatura italiana e mundial, criada pelo magnífico Dante Alighieri.

A narrativa se enlaça com temáticas religiosas e renascentistas, traçadas pelo próprio autor como protagonista. Ele reflete e cria conexão com o Inferno, Purgatório e Paraíso.

23 Dom Casmurro

Dom Casmurro
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Dom Casmurro
  • Autor: Machado de Assis
  • Ano de publicação: 1899

Machado de Assis é um dos escritores mais brilhantes da literatura brasileira e um dos seus livros precisava estar nessa lista.

Em Dom Casmurro, o autor discorre sobre a vida de Bento Santiago, chamado também de Casmurro ou Bentinho, que se apaixona e desenvolve um relacionamento com uma mulher chamada Capitu.

Entretanto, essa relação se estabelece diante de desconfianças de infidelidade. É a partir disso que surge a grande dúvida da literatura brasileira, Capitu traiu, ou não, Bentinho?

24 Moby Dick 

Moby Dick 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Moby Dick
  • Autor: Herman Melville
  • Ano de publicação: 1851

Moby Dick não foi uma obra vista com bons olhos na época em que foi publicada.

Na realidade, a carreira e nome do autor foram alvos de críticas e declínio, e apenas depois de sua morte o livro foi reconhecido como um dos maiores romances de importância mundial.

A narrativa é sobre a história de um grupo de marinheiros que atacam uma baleia cachalote, mas nunca conseguem matá-la.

Além da narrativa da caça, o livro traz reflexões pessoais e sociais, sobre a existência de Deus e o confronto do homem com a natureza.

25 Ensaio Sobre a Cegueira 

Ensaio Sobre a Cegueira 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Ensaio Sobre a Cegueira
  • Autor: José Saramago
  • Ano de publicação: 1995

José Saramago foi um grande escritor português e único lusófono a ganhar o Prêmio Nobel de Literatura.

Em Ensaio Sobre a Cegueira, o escritor produz uma análise crítica sobre a fragilidade da sociedade.

Além disso, retrata a importância de se ter olhos quando os outros se perdem na cegueira figurativa.

26 Ao Farol 

Ao Farol 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Ao Farol
  • Autor: Virginia Woolf
  • Ano de publicação: 1927

Ao Farol é um livro de Virginia Woolf, escritora inglesa que marcou a história da literatura ocidental.

Essa obra é característica do movimento modernista e discorre sobre a família Ramsay, com suas tensões familiares, reflexões sobre a infância, a memória e os conflitos sociais da época.

27 Eu, Robô

Eu, Robô
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Eu, Robô
  • Autor: Isaac Asimov
  • Ano de publicação: 1950

Eu, Robô é uma obra do escritor russo Isaac Asimov. É um conjunto de contos sobre um universo distópico, onde a inteligência artificial é parte presente e essencial para a humanidade.

A inteligência artificial é regida pelas 3 Leis da Robótica, compostas para proteger a humanidade. Entretanto, os planos nem sempre saem como o esperado e os robôs podem exercer uma dominação.

28 Grandes Esperanças

Grandes Esperanças
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Grandes Esperanças
  • Autor: Charles Dickens
  • Ano de publicação: 1861

O escritor inglês Charles Dickens teve como uma das últimas de suas obras o romance Grandes Esperanças.

O livro conta a história de Philip Pirrip, que se torna órfão aos sete anos de idade. Ele ajuda um prisioneiro a escapar da colônia penal e recebe uma grande recompensa pelo feito.

Sem saber o porquê do dinheiro e nem sua origem, ao ficar adulto, Philip reencontra esse homem e novas questões surgem na história.

29 Alice no País das Maravilhas 

Alice no País das Maravilhas 
Os 30 melhores livros de todos os tempos – Alice no País das Maravilhas
  • Autor: Lewis Carroll
  • Ano de publicação: 1865

Alice no País das Maravilhas é uma das obras infantis mais famosas, encantadoras e influentes do mundo.

Conta a história da garota Alice que cai em uma toca de coelho e se encontra em um universo completamente desconhecido e fantástico.

Na sua jornada para casa, Alice conhece novos amigos e enfrenta grandes aventuras.

30 O Pequeno Príncipe

O Pequeno Príncipe
Os 30 melhores livros de todos os tempos – O Pequeno Príncipe
  • Autor: Antoine de Saint-Exupéry
  • Ano de publicação: 1943

O Pequeno Príncipe é mais um livro infantil que atrai muitos olhares e encantamentos.

A obra de Antoine de Saint-Exupéry traz questões importantes como reflexões sobre a sociedade e modo de vida humana, sobre as relações e comportamentos da humanidade.

O personagem principal viaja por diversos planetas, em busca de novos aprendizados e reflexões. Assim, ele aprende novos valores a partir de cenários diversos.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.