O papel das cooperativas na educação

Para alcançar uma sociedade que possua valores de justiça, equilíbrio e que consiga se desenvolver, é necessário que um de seus pilares seja a educação.

A Sociedade dos Pioneiros de Rochdale, primeira cooperativa do mundo, fundada no Reino Unido em 1844, já afirmava a relevância da educação permanente. Para alcançar uma sociedade que possua valores de justiça, equilíbrio e que consiga se desenvolver, é necessário que um de seus pilares seja a educação, comemorada no mundo todo em 28 de abril.

A Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) divulgou, em 2020, que o segmento da educação representava 21% do Trabalho, Produção, Bens e Serviços.

As cooperativas fazem investimentos na educação de suas equipes, e também na sociedade, para cumprir seus preceitos de transparência, valorização do trabalho, livre adesão, compartilhamento das decisões e interesse na comunidade.

Segundo o balanço social realizado pela Unimed em 2020, o sistema Unimed investiu mais de R$ 49,5 milhões em programas relacionados à educação, capacitação profissional e desenvolvimento pessoal para seus colaboradores, médicos cooperados e comunidades, o que demonstra o comprometimento que a empresa tem com a educação no país.

E devido a esse comprometimento, em 1995, foi criada a Fundação Unimed, um braço educacional da empresa que anos depois se transformou em uma faculdade com cursos de gestão, saúde e cooperativismo. A instituição oferece cursos de pós-graduação, curta-duração e aperfeiçoamento, além de uma série de opções gratuitas para toda a comunidade.

Existem muitos exemplos que demonstram o poder que a educação tem de mudar a vida das pessoas. Em 2021, a Seguros Unimed foi escolhida a melhor empresa para se trabalhar entre todas de médio porte no Brasil. Outro prêmio recebido pelo grupo Unimed foi o de melhor educação cooperativa do Brasil.

O grupo pensa na educação como algo para todos e não apenas para seus colaboradores, e por isso apoia entidades sociais que formam e capacitam jovens aprendizes. Isso é a afirmação do compromisso individual e coletivo com uma educação inclusiva e que seja igual para todos, transforme vidas e contribua para que os indicadores sociais, econômicos e tecnológicos do Brasil consigam subir de forma saudável nos próximos anos.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More