O que é e para que serve uma apólice de seguros?

Se você não sabe ou ainda tem dúvidas sobre como funciona uma apólice de seguros, confira abaixo as principais particularidades que envolvem o tema.

0

O que é apólice de seguro? Em poucas palavras, uma apólice de seguro é o documento emitido pela seguradora ao seu cliente (segurado) com as informações a respeito da responsabilidade sobre o item segurado, seja carros, imóveis e até aparelhos celulares. 

Resumindo, uma apólice de seguro é o contrato de seguro com as especificações, atribuições e compromissos com os bens do segurado. 

Nela, devem estar listadas as cláusulas e condições gerais, além das particularidades sobre valor de cobertura em caso de roubo ou dano, valores de pagamento e dados essenciais referentes ao seguro.

Por exemplo, em caso de roubo de um carro que possui um seguro auto, a empresa seguradora deve garantir que o cliente receba o valor da indenização previamente combinado em contrato. 

Por esse motivo, é extremamente importante que o cliente leia atentamente as informações presentes na apólice para que as duas partes estejam em sintonia e em comum acordo.

Em quanto tempo emite-se a apólice de seguro?

A emissão de uma apólice ou contrato de seguro varia de acordo com o item segurado. 

Em caso de um seguro de automóvel, o documento é emitido após 15 dias do início da vigência do acordo entre as partes. Durante esse período, a empresa tem a prerrogativa de aceitar ou não as cláusulas contidas no contrato. 

Enquanto o pedido está em análise, o bem do segurado tem cobertura técnica do seguro, contanto que haja a quitação da primeira parcela.

Fique atento para os itens que devem estar na apólice de seguros

O cumprimento das cláusulas contratuais fica por conta da seguradora que deve estabelecer detalhadamente as informações sobre cada item contido no documento.

Desta forma, ao pegar o contrato em mãos, o cliente deve ficar atento aos seguintes campos:

  • Para seguros de carro (seguro auto), é essencial que o segurado verifique as características do automóvel, como modelo, cor, ano e etc. A mesma coisa vale para os seguros residenciais.
  • Na apólice de seguros, é primordial conter informações básicas como dados pessoais do segurado e de outros beneficiados, em casos de adicionais. 
  • Atentar-se às descrições das coberturas. Muitos segurados acabam deixando passar batido informes importantes sobre o que de fato a apólice de seguros cobrirá em caso de avaria ou roubo do bem segurado. O valor da indenização também deve constar visivelmente nas linhas do contrato. 
  • A forma de pagamento é outro item a ser observado. Na maioria dos casos, as opções disponíveis incluem boleto, débito em conta e pagamento por cartão de crédito. Em casos de débito em conta, é preciso habilitar junto ao banco as competências da função. 

Atualização e cancelamento de uma apólice de seguro

Caso você precise atualizar as cláusulas de uma apólice, seja por mudar o item segurado por outro, o modelo de um carro por exemplo, o cliente deve fazer um endosso no seguroEsse endosso garante a atualização do contrato e o cumprimento das informações nele contidas.

Agora, quando o assunto é cancelamento, veja abaixo algumas situações em que o seguro pode perder sua legitimidade:

  1. Por decisão e iniciativa do segurado;
  2. Pagamento de indenização integral, seja por seguro de vida ou de automóvel;
  3. Por decisão da seguradora, caso esta perceba ocorrências fraudulentas, omissões e emissão de falsas informações por parte do segurado;
  4. Valor da indenização alcança o valor do capital segurado;
  5. Em casos de inadimplência do segurado;

Veja também: Planilha de Gastos  – Aprenda a controlar suas finanças

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.