O que é astigmatismo?

Esse distúrbio causa visão distorcida e desconforto ao ler textos ou observar imagens. Saiba como identificar e corrigir o problema.

O astigmatismo é um distúrbio ocular, provocado principalmente por irregularidades no formato da córnea, que deve ser liso e circular. Assim, quando a pessoa apresenta esse problema, a estrutura é mais ovalada.

Em casos raros, o astigmatismo também pode ser causado por deformidades no cristalino ou até mesmo em todo o globo ocular.

Esse problema resulta em desconforto e dificuldade para enxergar, uma vez que a visão fica distorcida. Isso pode ocorrer tanto com objetos próximos quanto com aqueles que estão distantes, dificultando a observação da imagem com detalhes.

Em geral, o astigmatismo também está associado a outros distúrbios como a miopia e a hipermetropia. Confira a seguir as causas desse problema, seus sintomas e como ele pode ser tratado.

Causas do astigmatismo

A principal causa do astigmatismo está relacionada à genética. Por isso, muitas vezes essa deficiência pode ser observada ainda na infância. Em alguns casos, ela pode diminuir conforme a criança se desenvolve.

Entretanto, o astigmatismo também pode ser adquirido em decorrência de doenças oculares, pelo hábito de coçar os olhos frequentemente e até após a realização de cirurgias para tratar outros problemas como o estrabismo.

Sintomas do astigmatismo

Uma pessoa com astigmatismo tem dificuldades para enxergar objetos e imagens que estejam em planos diferentes. Isso ocorre porque os olhos, neste caso, têm dificuldade em formar o ponto focal na retina. Desta forma, a visão fica desfocada.

Outros sintomas podem estar associados ao astigmatismo, como dor de cabeça, irritação, sensação de ardor, olhos vermelhos e sensibilidade à luz.

Tipos de astigmatismo

Existem quatro tipos de astigmatismo, classificados de acordo com a estrutura (corneal ou lenticular) e com os meridianos principais (regular ou irregular):

  1. Astigmatismo corneal: é o tipo mais frequente de astigmatismo; ocorre quando a córnea possui formato irregular;
  2. Astigmatismo lenticular: ocorre quando as lentes possuem formato irregular;
  3. Astigmatismo regular: ocorre quando a curvatura dos meridianos tem um formato oval, mas ainda assim é razoavelmente regular. Assim, o problema pode ser corrigido com o uso de óculos e lentes;
  4. Astigmatismo irregular: ocorre quando essa curvatura é extremamente desproporcional. Neste caso, os óculos não funcionam e o uso de lentes específicas pode não ser suficiente para tratar o problema, de forma que pode ser necessária a cirurgia.

Astigmatismo e miopia

O astigmatismo é provocado por deformidades na córnea, o que resulta em dificuldades para enxergar as imagens com nitidez de perto ou de longe.

Já a miopia ocorre quando o eixo do olho é alongado, fazendo com que os raios luminosos formem o foco e, consequentemente, as imagens antes da retina.

Neste caso, a dificuldade para enxergar ocorre apenas quando o observador está longe do objeto.

Tratamento do astigmatismo

O diagnóstico do astigmatismo é realizado pelo oftalmologista após uma avaliação completa. O tratamento consiste no uso de óculos ou lentes de contato para corrigir o problema conforme as necessidades de cada paciente.

Uma opção de tratamento definitiva é a cirurgia refrativa. Ela pode ser realizada a laser e por meio do implante de anéis ou lentes intraoculares.

Leia também: 

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More