Pé diabético: O que é e como cuidar? Confira

Um diabético precisa estar sempre atento ao seu pé para impedir que uma ferida qualquer intensifique a condição.

A diabetes é uma doença que se caracteriza pela dificuldade de manter a glicemia em equilíbrio. Porém isso não significa que o único cuidado deva ser apenas com a alimentação. Pelo contrário, existe uma série de condições que são desencadeadas pela doença, como o “pé diabético”, um fator que precisa ser observado. Por isso, reunimos algumas informações sobre como cuidar do pé diabético para que você possa zelar pela sua saúde por completo. Confira!

Leia mais: Siga essas recomendações para ajudar no controle da diabetes.

O que é pé diabético?

Chama-se de pé diabético a própria condição da diabetes que tem seus sintomas nos pés. Ou seja, são os próprios pés dos diabéticos, que exigem muita atenção. Isso porque qualquer ferida, frieira, unha encravada ou micose pode intensificar a condição do doente. Afinal, a diabetes interfere na possibilidade de cicatrização da pele e também na má-circulação no membro.

Inclusive, esse problema é responsável pela amputação do membro e até mesmo da perna de muitas pessoas que tem diabetes. Portanto, os especialistas recomendam que o portador da doença dê sempre a devida atenção aos seus pés. Logo, qualquer anomalia, como frieiras, feridas e outras devem demandar cuidado rápido com a devida assistência do seu médico.

Como cuidar do pé diabético?

  • Hidratação

Um dos fatores que ajuda muitas pessoas nessa situação é a devida hidratação dos membros, visto que um pé hidratado está menos suscetível às feridas e demais problemas na pele. Por outro lado, um pé ressecado está sempre a um passo de sofrer algum trauma.

E no caso das pessoas com diabetes, qualquer ferida mínima pode evoluir para um caso mais extremo. Inclusive, a própria condição da diabetes pode sofrer alteração com uma ferida que não cicatriza ou um corte. Ademais, vale ressaltar que, em caso de qualquer um desses sintomas, deve-se consultar o médico de imediato. Da mesma forma, recomenda-se que o tratamento da diabetes seja feito com o acompanhamento também de um dermatologista, que conseguirá identificar possíveis problemas.

  • Cuidado com as unhas

Por fim, os diabéticos devem tomar o devido cuidado com as unhas dos pés. Afinal, não se deve manuseá-las de qualquer maneira, bem como os instrumentos precisam estar higienizados. Da mesma forma, os diabéticos precisam sempre ir a um podólogo para fazer as unhas e desse modo prevenir que elas encravem.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More