PFAS: Saiba o que são os produtos químicos eternos

Entenda onde podem ser encontradas essas substâncias e quais os malefícios delas para a nossa saúde. Confira.

As substâncias químicas perfluoralquil e polifluoralquil, conhecidas como “PFAS”, são comumente chamadas de produtos “eternos” ou “permanentes” devido à sua alta resistência à degradação. Com isso, a indústria os emprega em uma variedade de produtos que vão desde combustível para jatos e espuma anti-incêndio até embalagens de fast food e micro-ondas, além de painéis antiaderentes e roupas impermeáveis. Saiba um pouco mais sobre esse assunto!

Leia mais: Panela antiaderente: Confira todos os cuidados necessários na hora da limpeza

Controvérsias com o uso de PFAS

A tenacidade e persistência desses eternos complica o seu uso. Esses químicos permanecem na água potável e até na corrente sanguínea humana, onde já foram detectados, e permanecerão lá indefinidamente.

Nos Estados Unidos, pesquisadores descobriram essa substância em abacaxis, carnes, frutos do mar, batatas doces, chocolate ao leite e bolos. Isso ocorre porque, na indústria, são utilizados cerca de 9.000 tipos diferentes de PFAS.

Uma das principais razões para o uso contínuo desses compostos é a falta de conscientização e conhecimento por parte da população. Isso porque, além dos fabricantes não divulgarem a presença de PFAS em seus produtos, alguns consumidores não sabem que os estão usando.

Além disso, existe uma falta de regulamentação muito grande em relação a essa substância, e muitos consumidores não têm tempo nem motivação para escrever para empresas e governos solicitando notificações e medidas.

Efeitos sobre a saúde

De acordo com a Agência do Governo dos EUA para Substâncias Tóxicas e Registro de Doenças (ATSDR), estudos em humanos expostos a FPAS revelaram que elas podem:

  • Causar interferência nos hormônios do corpo;
  • Aumentar os níveis de colesterol;
  • Afetar o sistema imune;
  • Aumentar o risco de câncer.

Onde se encontram as PFAS?

As PFAS podem ser encontradas em certos produtos, de acordo com a EPA (Agência de Proteção Ambiental) dos Estados Unidos. Veja a seguir alguns deles:

  • Alimentos processados com equipamentos que usavam PFAS, embalados em materiais que contém PFAS ou cultivados em solo contaminado por elas;
  • Produtos domésticos comerciais, como tecidos resistentes a manchas e água, produtos com Teflon (antiaderentes), tintas, ceras, polidores, produtos de limpeza e sprays anti-incêndios;
  • Local de trabalho, incluindo instalações ou indústrias de produção que utilizam PFAS (como cromagem, fabricação de eletrônicos ou recuperação de óleo);
  • Água potável, associada e localizada a uma instalação específica (por exemplo, um aeroporto, uma fábrica, uma estação de tratamento de esgoto ou uma instalação de treinamento de bombeiros);
  • Organismos vivos, incluindo peixes, humanos e outros animais, nos quais as PFAS tem a capacidade de se instalar e persistir ao longo do tempo.
você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More