Projeto Carnaval na Escola

Considerado como um dos principais expoentes da cultura brasileira, o carnaval pode render atividades incríveis em sala de aula. Veja as nossas dicas e sugestões.

0

A celebração do carnaval é uma das festas mais características da cultura brasileira. Os tradicionais bloquinhos, o samba, o desfile das escolas, músicas, cores e alegria dessa época do ano retratam uma parcela muito importante do nosso cenário cultural.

Apesar de o Brasil ser conhecido como o país do carnaval, a festa não foi criada aqui, tampouco é uma criação contemporânea. As origens da festa estão ligadas à Antiguidade Grega, Romana e da Mesopotâmia.

Já a palavra, tem sua origem no latim, carnis levale, cujo significado literal é “retirar a carne”. Intimamente ligada a religião católica, hoje a festa tem como referência a quaresma, que é o período de 40 dias que antecede a Páscoa cristã, portanto, a morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Entretanto, as celebrações que inspiraram a festa atual eram consideradas pagãs, ou seja, isentas dos fundamentos do cristianismo. Acredita-se que algumas delas tenham sido fundamentais para a evolução do carnaval, até que ele adquirisse o formato conhecido atualmente.

As saceias e os rituais do equinócio da primavera, antecedentes ao início de um novo ano, eram festas realizadas na antiga Babilônia. Em comum, elas tinham o caráter de subversão dos papéis sociais. Em uma, algum prisioneiro assumia temporariamente o lugar do rei e em outra, o rei era surrado na frente de seus súditos.

Também de caráter pagão, as festas greco-romanas em homenagem ao deus do vinho, Baco para os romanos e Dionísio para os gregos, ficaram marcadas na história pela completa entrega aos prazeres carnais.

As Saturnálias e as Lupercálias realizadas em Roma, aconteciam nos meses de dezembro e fevereiro, respectivamente. Ambas duravam vários dias e eram regadas a comidas, vinho e dança.

Conforme a Igreja foi se consolidando e aumentando sua influência diante da sociedade, essas festas, e principalmente a inversão de papéis nelas contida, foram duramente questionadas.

Como forma de enquadrar as celebrações ao calendário católico, a partir do século VIII, com a instituição da quaresma, as festas começaram a ser realizadas nos dias anteriores a esse período. O objetivo era que as pessoas vivessem todos os seus excessos para iniciar de forma séria os dias de penitência.

A partir daí, em cada parte do mundo, e em cada época, o carnaval adquiriu suas características próprias. No Brasil, por exemplo, a festa teve início com os colonos portugueses, e no decorrer do tempo os elementos tradicionais que conhecemos hoje foram ganhando cada vez mais espaço.

Projeto Carnaval na Escola

Justificativa

A cultura do Brasil é extremamente rica. Porém, não é incomum que haja distorção de alguns dos seus elementos, a exemplo do carnaval. Uma das festas mais expressivas e características do país, é conhecida a partir de fragmentos exibidos nos meios de comunicação e por meio do imaginário popular.

Entretanto, é necessário ressaltar que os principais símbolos do carnaval são manifestações autênticas da cultura popular, por isso, é tão importante conhecer suas raízes, influências e evolução.

Objetivos

  • Conhecer as origens do carnaval e como a celebração é feita ao redor do mundo;
  • Perceber como a evolução do carnaval brasileiro fez com que ele se consolidasse como o maior do mundo;
  • Desenvolver a linguagem oral e escrita;
  • Estimular a imaginação;
  • Desenvolver a percepção auditiva e rítmica;
  • Expressar a criatividade por meio de atividades artísticas;
  • Reconhecer as manifestações do carnaval como parte importante da cultura e tradição brasileira;
  • Trabalhar a expressão corporal;
  • Estimular o gosto pela leitura e escrita;
  • Proporcionar momentos de liberdade criativa e auto-expressão.

Desenvolvimento

  • Comece a trabalhar o tema alguns dias antes da data oficial. Realização de pesquisa e coleta de dados sobre o tema são uma boa pedida para o início;
  • Com as informações coletadas, ou apenas com uma breve introdução sobre o tema, dê início a uma conversa informal sobre as experiências de cada aluno com a festa (como a família comemora, se já participou de alguma celebração da data…);
  • Crie um momento temático para ouvir as marchinhas de carnaval com as crianças;
  • Realização de mostra com fotos da evolução das comemorações do carnaval;
  • Confecção de máscaras de carnaval coloridas para imprimir. Vale enfeitá-las com tintas coloridas, glitter, canetinhas, papéis laminados, fitas e o que mais a criatividade permitir;
  • Elaboração de fichas de leitura temáticas;
  • Brincadeiras dirigidas;
  • Atividades de escrita espontânea: ditados, poemas, narrativas ou contos;
  • Criação de murais e painéis colaborativos que remetem ao tema;
  • Desenho livre;
  • Atividades de carnaval para imprimir;
  • Decoração temática na sala de aula e na escola;
  • Pintura facial;
  • Realização de festa à fantasia contando com todas as turmas, simulando um bloquinho de carnaval;
  • Exibição dos trabalhos feitos em sala de aula.

Ideias para fazer em sala de aula de Carnaval

Máscara de Carnaval para fazer com alunos

Mascara de Carnaval Peludinha

Decoração de carnaval para fazer em sala de aula

Ideias de decoração de Carnaval

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.