Quanto custa estudar Arquitetura?

O valor de uma faculdade de Arquitetura, informações sobre o curso e a carreira, além das faculdades mais indicadas para fazer sua graduação.

0

Prédios enormes, monumentos, órgãos públicos, pontes, casas com estruturas diferenciadas… se você é um observador, com certeza, já deve ter observado e admirado essas construções na sua cidade.

Pois bem, por trás delas, existe um profissional que precisa pensar em cada detalhe, desde a estrutura até o design e funcionalidade. Trata-se do arquiteto, profissão cada vez mais admirada e procurada por estudantes.

Universidades públicas disponibilizam o curso entre suas graduações mas, a oferta e procura em instituições privadas é alta devido à qualidade do curso. Confira, a seguir, informações a respeito da carreira e quanto custa um curso de arquitetura.

Como é o curso de Arquitetura?

O curso de Arquitetura, normalmente, tem cinco anos de duração ao longo dos quais o aluno tem contato com matérias de Ciências Humanas e Exatas. No primeiro semestre, as disciplinas são mais teóricas e, a partir do segundo, o aluno tem contato com a prática.

É importante destacar que, na graduação, o estudante precisa lidar com simulações de edificações e ambientes a construir ou reformar. Isso é feito por meio de programas de computador. Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são exigidos ao final do curso.

Grade de disciplinas presentes no curso de Arquitetura:

  • Fundamentos Estéticos
  • Antropologia
  • História da Arquitetura
  • Matemática
  • Construção de Edifícios
  • Desenho Arquitetônico
  • Projetos de Custos
  • Sistemas Estruturais
  • Conforto Ambiental

O que faz um arquiteto?

No geral, o arquiteto é responsável pela projeção, coordenação e organização de obras executadas em residências, prédios, espaços internos e externos, obedecendo critérios relacionados ao conforto, estética e funcionalidade.

Na execução de seu trabalho, precisa elaborar a planta conforme as normas técnicas e regulamentos legais. Pensando nisso, vai determinar que materiais serão utilizados levando em consideração diversos fatores.

Entre eles, custos, estrutura do imóvel, ventilação, iluminação, disposição dos objetos e ambientes, acústica e manutenção. É importante, também, considerar o impacto ambiental da obra em um trabalho envolvendo engenheiros e mestres de obras.

Na arquitetura de interiores, o profissional deve determinar a disposição dos móveis, planejar reformas solicitadas, além de definir cores e adereços a serem inseridos. O urbanista, por sua vez, deve planejar e organizar o crescimento de bairros e cidades.

Por isso, deve orientar, com eficiência e eficácia, o uso racional dos espaços públicos.

Qual a diferença entre o engenheiro e o arquiteto?

Apesar de os dois profissionais estarem relacionados à construção civil, suas posições são diferentes na execução do trabalho. O engenheiro lida com questões técnicas e estruturais enquanto o arquiteto cuida de soluções estéticas pensando no lado humanístico.

Grandes nomes da Arquitetura brasileira

Toda área tem seus profissionais de destaque nos quais novatos e mais experientes se inspiram para executar seus trabalhos. Na Arquitetura, não seria diferente. Conheça grandes nomes que influenciaram obras no Brasil e no mundo.

  • Oscar Niemeyer: esse dispensa legendas. Idealizador de construções emblemáticas carrega, em seu currículo, o Edifício Copan (SP), Conjunto da Pampulha (MG), Parque do Ibirapuera (SP) e obras do exterior.
  • Lina Bo Bardi: a arquiteta ítalo-brasileira assina, nada menos, que o MASP, Museu de Arte Moderna da Bahia, Teatro Oficina e Sesc Pompéia.
  • Paulo Mendes da Rocha: o capixaba tem a autoria de obras renomadas, como a Galeria Vermelho, Praça do Patriarca e o Museu da Língua Portuguesa.
  • Lúcio Costa: nascido na França tem, nada menos, que a capital federal do Brasil como sua obra mais conhecida. Brasília e seu formato de avião acompanham o Ministério da Educação do RJ.
  • Márcio Kogan: filho de arquiteto, assina obras modernas como o Hotel Fasano, a casa Paraty e loja Decameron.
  • Roberto Burle Marx: como deixá-lo de fora, não é mesmo? O carioca apaixonado por plantas empreendeu obras ligadas ao paisagismo e urbanismo, muitas delas, ligadas a construções de Lúcio Costa e Niemeyer.
  • Rosa Kliass: formada pela USP, é responsável pelo planejamento urbanístico de Curitiba, transformação do Carandiru em Parque da Juventude, além da reestruturação do Vale do Anhangabaú.

Quanto custa o curso de Arquitetura?

Os valores de um curso de Arquitetura dependem, bastante, da instituição que o oferece. Para se ter uma ideia, há faculdades que disponibilizam mensalidades de R$ 600,00 enquanto, em outras, os preços chegam a R$ 3.000,00 por mês.

Confira, a seguir, uma lista com valores estimados dos cursos oferecidos em diversas instituições brasileiras. Lembramos que as mensalidades estão, sempre, sujeitas a alterações e requerem consulta prévia por parte dos interessados.

Mensalidades entre R$ 600,00 e R$ 1.000,00

  • Centro Educacional Anhanguera
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
  • Instituto de Ensino Superior Planalto (IESPLAN)
  • Faculdade Maurício de Nassau (UNINASSAU)
  • Centro Universitário de Anápolis (UniEvangélica)
  • Faculdade União das Américas (UniAmérica)
  • Faculdade Metropolitana de Manaus (FAMETRO)
  • Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP)
  • Faculdade dos Guararapes (FG)
  • Centro Universitário do Triângulo (UNITRI)

Mensalidades entre R$ 1.000,00 e R$ 1.500,00

  • Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)
  • Faculdade Pitágoras – MG (PITÁGORAS)
  • Universidade Tiradentes (UNIT)
  • Faculdades Integradas Espírito Santenses (FAESA)
  • Faculdade Nordeste (FANOR/DeVry)
  • Faculdade Boa Viagem (FBV/DeVry)
  • Faculdade Unime (UNIME)
  • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
  • Universidade do Contestado (UnC)
  • Centro Universitário Feevale (FEEVALE)

Mensalidades a partir de R$ 1.500,00

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
  • Universidade Positivo (UP)
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC RS)
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE)
  • Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC Campinas)
  • Faculdade Armando Álvares Penteado (FAAP)

Onde estudar arquitetura no Brasil?

A execução de uma obra é de extrema responsabilidade pois, um trabalho mal feito pode trazer sérios transtornos. Por isso, ao escolher sua universidade, é preciso levar em conta a qualidade do ensino e dos tópicos ministrados.

Abaixo, confira as instituições mais indicadas no Brasil para estudar Arquitetura.

  • Universidade de Campinas (Unicamp)
  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Universidade de Brasília (UnB)
  • Centro de Ensino Unificado de Brasília (Uniceub)
  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC GO)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Faculdade de Belas Artes
  • Universidade Estadual de São Paulo (Unesp)
  • Escola da Cidade – Faculdade de Arquitetura de Urbanismo
  • Mackenzie
  • Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC RS)
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC PR)
  • Unisinos
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.