Quanto custa o curso de Medicina?

A média de preços das graduações em Medicina, as melhores faculdades, dicas sobre a área, além de informações sobre as várias opções de especialização.

0

Nos livros clássicos da Literatura Brasileira, já observou o quanto os pais ficavam orgulhosos em ter um filho ou filha médico(a)? A questão é que esse glamour e valorização da carreira existe até hoje e faz com que o curso esteja entre os mais concorridos do país.

Por isso, estudantes que sonham com uma vaga na graduação se esforçam dobrado nos preparatórios. Além das universidades públicas, nas quais a concorrência é gritante, a disputa segue acirrada, também, nas instituições privadas.

Confira quanto custa o curso de Medicina no Brasil e, também, opções da graduação no exterior. Além disso, trouxemos algumas informações básicas sobre como é a carreira de médico e as melhores universidades que disponibilizam a graduação.

Como é a carreira de médico?

As atribuições do médico, todo mundo já conhece mas, não custa dar uma relembrada. Vamos lá:

  • realizar cirurgias
  • prescrever regimes alimentares
  • atuar em programas de esclarecimento e prevenção de doenças
  • prescrever doses e períodos de uso dos medicamentos
  • solicitar exames
  • realizar diagnósticos

A carreira de médico exige, acima de tudo, estudo, foco e determinação. Além de estudar na academia por, pelo menos, uma década, é necessário seguir se atualizando. Ademais, é preciso se preparar para altas cargas de trabalho, com plantões que podem durar de 12h a 24h a depender da área de atuação, isso sem falar nos plantões de final de semana.

Como é o curso de Medicina?

O curso de Medicina tem duração de seis anos com aulas em período integral. Algumas disciplinas e atividades podem ser ministradas aos sábados. Além disso, a quase totalidade da grade é obrigatória. Durante todo o curso, o estudante passa por três etapas, sendo elas:

Disciplinas básicas nos dois primeiros anos: anatomia, fisiologia, farmacologia, patologia, entre outras
Trabalho com pacientes, exames e diagnósticos no 3º e 4º ano
Prática clínica e treinamento em hospitais nos dois últimos anos

Mas, não pense que tudo acaba por aí. Depois do curso, o aluno precisa fazer, no mínimo, dois anos de residência em hospitais e mais dois na especialização escolhida. No entanto, algumas delas têm maior duração, como neurologia e neurocirurgia. Lembrando que, para as duas etapas, é preciso fazer uma prova.

Como o médico NUNCA pode deixar de se aprimorar, o profissional precisa, sempre, buscar cursos de especialização. Há quem, também, procure pós-graduação strictu sensu para grandes hospitais e, também, carreira acadêmica e pesquisa.

Especialidades

O corpo humano é, extremamente, complexo por isso, os médicos precisam se especializar em cada parte para prestar atendimento e diagnóstico precisos. Assim que saem da graduação, então, passam pelo processo de especialização que mais se adequa ao seu perfil. Cada uma tem seu tempo de preparo, conforme a complexidade.

Abaixo, segue algumas especialidades médicas e, entre elas, assinalamos as mais procuradas:

  • Acupuntura
  • Alergia e Imunologia
  • Anestesiologia
  • Angiologia
  • Cancerologia (oncologia)
  • Cardiologia
  • Cirurgia Cardiovascular
  • Cirurgia da Mão
  • Cirurgia de Cabeça e Pescoço
  • Cirurgia do Aparelho Digestório
  • Cirurgia Geral
  • Cirurgia Pediátrica
  • Cirurgia Plástica
  • Cirurgia Torácica
  • Cirurgia Vascular
  • Clínica Médica
  • Coloproctologia
  • Dermatologia
  • Endocrinologia e Metabologia
  • Endoscopia
  • Gastroenterologia
  • Genética médica
  • Geriatria
  • Ginecologia e Obstetrícia
  • Hematologia e Hemoterapia
  • Homeopatia
  • Infectologia
  • Mastologia
  • Medicina de Família e Comunidade
  • Medicina do Trabalho
  • Medicina do Tráfego
  • Medicina Esportiva
  • Medicina Física e Reabilitação
  • Medicina Intensiva
  • Medicina Legal
  • Medicina Nuclear
  • Medicina Preventiva e Social
  • Nefrologia
  • Neurocirurgia
  • Neurologia
  • Nutrologia
  • Oftalmologia
  • Ortopedia e Traumatologia
  • Otorrinolaringologia
  • Patologia
  • Pediatria
  • Neonatologia
  • Pneumologia
  • Psiquiatria
  • Radiologia e Diagnóstico por Imagem
  • Radioterapia
  • Reumatologia
  • Urologia

Quanto custa um curso de Medicina?

O estudante que optar pelo curso de Medicina em instituições privadas precisa preparar o bolso! O alto custo das graduações se explica pela estrutura dispensada para a formação do aluno, bem como a especialização docente. Além das altas mensalidades, o curso é integral, ou seja, impossibilita o aluno de trabalhar para ajudar a custear a faculdade.

Outro fator preponderante é o tempo de dedicação extraclasse que a graduação exige, em função da complexidade dos conteúdos. Fora isso, o aluno ainda tem despesas com materiais de uso em sala, como equipamentos e vestimentas apropriados.

As instituições privadas cobram, em média, mensalidades de R$ 3.200,00 e R$ 9.000,00, porém, a maioria delas se concentra na faixa entre R$ 4.500,00 e R$ 5.500,00. Além da própria universidade, os preços são influenciados por fatores como localização e procura pelas vagas.

Confira uma lista com os cursos oferecidos pelas instituições brasileiras em ordem crescente de valores da mensalidade. Lembramos que os preços, aqui, informados podem sofrer alterações.

Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP) – Salvador (BA)
Mensalidade estimada: R$ 3.200

Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) – Lages (SC)
Mensalidade estimada: R$ 3.650

Faculdade Evangélica do Paraná (FEPAR) – Curitiba (PR)
Mensalidade estimada: R$ 3.650

Faculdade de Saúde, Ciências Humanas e Tecnológicas do Piauí (NOVAFAPI) – Teresina (PI)
Mensalidade estimada: R$ 3.750

Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) – Santa Cruz do Sul (RS)
Mensalidade estimada: R$ 4.100

Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) – Recife (PE)
Mensalidade estimada: R$ 4.200

Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) – Santo André (SP)
Mensalidade estimada: R$ 4.400

Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) – Itajaí (SC)
Mensalidade estimada: R$ 4.500

Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIT) – Itajubá (MG)
Mensalidade estimada: R$ 4.850

Centro Universitário do Espírito Santo (UNESC)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Faculdade de Ciências Médicas de Cacoal (FACIMED)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Universidade de Rio Verde (UNIRV)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Faculdades Integradas Pitágoras (FIP-MOC) – Montes Claros (MG)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Centro Universitário Belo Horizonte (UniBH)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Universidade de Franca (UNIFRAN) – Franca (SP)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Universidade de Passo Fundo (UPF)
Mensalidade estimada: até R$ 5.000,00

Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Rio de Janeiro (RJ)
Mensalidade estimada: R$ 5.650

Faculdade Ingá (UNINGÁ) – Maringá (PR)
Mensalidade estimada: até R$ 6.000,00

Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP)
Mensalidade estimada: até R$ 6.000,00

Universidade de Caxias do Sul (UCS)
Mensalidade estimada: até R$ 6.000,00

Universidade Católica de Brasília (UCB DF)
Mensalidade estimada: até R$ 6.000,00

Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande (FCM)
Mensalidade estimada: até R$ 6.000,00

Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC GO)
Mensalidade estimada: até R$ 6.000,00

Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Mensalidade estimada: a partir de R$ 6.000,00

Universidade Iguaçu (UNIG) – Nova Iguaçu (RJ)
Mensalidade estimada: a partir de R$ 6.000,00

Faculdade Unime (UNIME) – Salvador (BA)
Valor: R$ 6.700

Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) – Juiz de Fora (MG)
Valor: R$ 6.750

Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) – Presidente Prudente (SP)
Valor: R$ 7.000

Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata (FACISB)
Valor: até R$ 7.000

Centro Universitário Nilton Lins (UNINILTONLINS) – Manaus (AM)
Valor: R$ 8.100

Universidade de Marília (UNIMAR) – Marília (SP)
Valor: até R$ 9.500

Mesmo diante de valores tão altos, o aluno não precisa se desesperar. De acordo com as novas regras do FIES, o programa inclui cursos de até R$ 7 mil e financiamentos vantajosos. Outro recurso disponibilizado pelo Governo Federal é o ProUni, que oferece bolsas integrais e parciais para estudantes de baixa renda com bom desempenho no Enem.

E, sempre há o apelo às bolsas e incentivos disponibilizados pelas próprias universidades e faculdade. Vale a pena conferir para seguir com seu sonho!

Os melhores cursos de Medicina

De acordo com a revista Exame, os 15 melhores cursos de Medicina do país são:

Melhores faculdades de medicina
Fonte: Revista Exame

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.