Quanto ganha um Arquiteto?

Saiba quanto ganha um Arquiteto recém formado, trainee, junior, pleno e senior.

0

Se você é uma pessoa que aposta na criatividade, intuição e possui o interesse pelas artes, vai gostar de saber mais sobre a área de Arquitetura e Urbanismo. Esse profissional tem a função de projetar e organizar espaços internos e externos, com base nos seguintes critérios: estética, conforto e funcionalidade.

Sua atuação está relacionada à criação, desenho, acompanhamento e execução de construções, edifícios e estruturas. Ao lado de engenheiros, trabalha especialmente nos projetos de construção de casas e apartamentos destinados à moradia ou escritórios comerciais.

Na execução de seus projetos, buscam a qualidade de vida de pessoas e cidades. Levam em conta a disposição dos objetos, a incidência de luz e a ventilação.
Salário de um arquiteto

Áreas de atuação do Arquiteto

  1. Urbanismo

Essa área engloba o planejamento de cidade, região ou bairro. Envolve transportes, saneamento básico e criação de conjuntos habitacionais. Trabalha com legislação e tem forte atuação política.

  1. Arquitetura de interiores

Dentro de uma empresa, o arquiteto vai influenciar na estrutura interna de uma construção, ou seja, vai interferir na produtividade e na qualidade do local de trabalho.

  1. Tecnologia de construção

Ao explorar essa área, vai desenvolver pesquisa e escolher materiais e técnicas de construção a fim de melhorar, por exemplo, o aproveitamento da luz e a climatização do ambiente. É de extrema importância para a redução dos gastos de energia elétrica (iluminação, ar-condicionado).

  1. Comunicação visual

Ao atuar na comunicação visual, será responsável pela criação da identidade visual de empresas e de produtos. Nas cidades, terá que lidar com questões como poluição visual e visualização de placas. Também é possível trabalhar em desenho industrial, cenografia e cinema.

  1. Paisagismo

Nesse quesito, o seu desempenho é direcionado a composição estética da paisagem combinada com a arquitetura. Trabalham com projeto de espaços públicos e áreas livres, como praças, parques e bosques, além de fachadas e jardins residenciais em áreas particulares.

  1. Preservação do patrimônio

Arquitetos que cuidam da preservação de patrimônios devem conhecer técnicas e materiais de restauro, a fim de não danificar as características originais dos edifícios históricos.

  1. Projeto

Esse profissional também pode se aventurar a fazer projeção de edifícios, tendo em vista funcionalidade, a estética e a técnica.

  1. Carreira de Arquitetura e Urbanismo

Para atuar na área, é necessário possuir diploma de nível superior, sendo que o curso possui em média cinco anos de duração. No Brasil, é exigido ainda que tenha o registro profissional no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA).

No início da carreira, esse profissional deve aprimorar as atividades desenvolvidas durante o estágio, como de criação, desenvolvimento de projetos e acompanhamento de obras. Durante a evolução da profissão, além de desenvolver projetos, passa a executá-los sozinho. Ao longo do tempo e com ganho de experiência, consegue escolher e propor seus próprios projetos.

Atualmente, as melhores ofertas de emprego para os arquitetos e urbanistas se encontram nos grandes centros urbanos, capitais e regiões metropolitanas. Foi registrado, nos últimos anos, o aumento da procura desse profissional para trabalhar na comercialização de produtos e no planejamento de moveis, cujas funções são acompanhar vendas, planejar objetos e aconselhar clientes na hora da compra.

Outro segmento muito promissor para esse profissional é o de acompanhamento de reformas e a restauração de prédios históricos. Junto com arqueólogos, historiadores, restauradores e engenheiros, buscam recuperar construções antigas e renovar edifícios em situações de risco.

Confira também: Quanto ganha um Engenheiro Civil?

Salário mínimo do Arquiteto

Ficou interessado por essa área, mas não sabe o salário mínimo de um arquiteto?  Então confira os valores na tabela abaixo:

Piso salarial de um Arquiteto

Salário para os profissionais com mais de 2 (dois) anos de colação de grau:

Arquitetos, Geólogos, Químicos e Engenheiros Químicos R$ 6.000,00

Salário para os profissionais com mais de 1 (um) ano de colação de grau:

Tecnólogos R$ 4.100,00
Técnicos Industriais de Nível Médio R$ 2.875,00

Salário para os profissionais TRAINEE com menos de 2 (dois) anos de colação de grau:

Arquitetos, Geólogos, Químicos e Engenheiros Químicos recém-formados R$ 5.000,00

Salário para os profissionais TRAINEE com menos de 1 (um) ano de colação de grau:

Tecnólogos recém-formados R$ 3.480,00
Técnicos Industriais de Nível Médio recém-formados R$ 2.395,00

Os dados acima foram definidos pelo Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (SINAENCO) na Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015.

Você pode consultar as convenções dos anos passados acessando o site do Sindicato de São Paulo .

Média salarial do Arquiteto

A seguir, confira a faixa salarial de um arquiteto:

Salário Arquiteto

Máximo R$ 6.630,00
Média R$ 4.310,65
Mínimo R$ 3.500,00

Salário Arquiteto Coodernador

Máximo R$ 8.000,00
Média R$ 5.564,37
Mínimo R$ 3.700,00

Salário Arquiteto Gerente de Projetois

Máximo R$ 12.400,00
Média R$ 7.634,66
Mínimo R$ 4.450,00

Fonte: Catho Guia de Profissões

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.