Quanto ganha um policial federal?

Descubra quais são os salários dos profissionais da Polícia Federal, assim como os benefícios que eles possuem e como ingressar nas carreiras.

0

Entre as profissões mais requisitadas pelos brasileiros, estão as relacionadas a Segurança Pública. Esse desejo se potencializa quando o assunto em pauta é a Polícia Federal (PF).

Além do prestígio em pertencer à corporação, os excelentes ganhos e benefícios que esses servidores possuem, são alguns dos atrativos. Se você já se perguntou quanto ganha um policial federal, vamos sanar todas as suas dúvidas logo em seguida.

A Lei nº 13.371/16 foi publicada em 15 de dezembro de 2016. Por meio dela, servidores da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal receberam reajuste de 37%, pagos em três parcelas, em janeiro de 2017, 2018 e 2019.

Para ingressar no quadro efetivo da Polícia Federal, é preciso ser aprovado em concurso público. Os editais são divulgados de tempos em tempos, conforme a necessidade de reposição de pessoal.

Apesar da sede em em Brasília, no Distrito Federal, o efetivo da PF atua em todo o território brasileiro, por meio de suas superintendências e delegacias, presentes em todas as unidades federativas.

Confira quanto ganham os funcionários da Polícia Federal, de acordo com essa Lei. Os dados abaixo dizem respeito apenas ao salário básico, excluindo benefícios e adicionais.

Quanto ganha um delegado de Polícia Federal?

O salário de um delegado da Polícia Federal, desde janeiro de 2018, possui os seguintes valores:

  • Terceira Categoria – R$ 22.672,48
  • Segunda Categoria – R$ 23.252,07
  • Primeira Categoria – R$ 26.647,60
  • Especial – R$ 29.604,70

Para ingressar na carreira, é preciso ter ensino superior completo, específico em Direito. De acordo com o último edital, publicado em 2018, também é preciso comprovar ao menos três anos de atividade jurídica ou policial, exercidos após a colação de grau.

Quanto ganha um perito criminal Federal?

A partir de janeiro de 2018, os peritos criminais da Polícia Federal têm os vencimentos destacados abaixo:

  • Terceira Categoria – R$ 22.672,48
  • Segunda Categoria – R$ 23.252,07
  • Primeira Categoria – R$ 26.647,60
  • Especial – R$ 29.604,70

Em relação à escolaridade, para ingressar nas carreiras de perito criminal federal, é necessário ter graduação de nível superior de acordo com a área de atuação. Elas são variáveis e buscam atender às demandas de pessoal da PF. No último edital, houve vagas para áreas de Informática, Medicina, Farmácia, Química, Engenharia, entre outras.

Quanto ganha um agente de Polícia Federal?

De acordo com os termos estabelecidos em Lei, desde janeiro de 2018 os vencimentos dos agentes de Polícia Federal são os seguintes:

  • Terceira Classe – R$ 11.983,26
  • Segunda Classe – R$ 12.482,69
  • Primeira Classe – R$ 14.609,83
  • Especial – R$ 17.848,60

Como requisito de escolaridade, para preencher uma das vagas é exigida formação de nível superior em qualquer área de formação, desde que o diploma seja emitido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Quanto ganha um escrivão de Polícia Federal?

O salário de um escrivão da Polícia Federal, desde janeiro de 2018, possui os valores a seguir:

  • Terceira Classe – R$ 11.983,26
  • Segunda Classe – R$ 12.482,69
  • Primeira Classe – R$ 14.609,83
  • Especial – R$ 17.848,60

No que diz respeito à escolaridade, para ocupar uma das vagas é exigida formação de nível superior em qualquer área de formação, desde que o diploma seja reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Quanto ganha um papiloscopista da Polícia Federal?

Um papiloscopista da Polícia Federal garante as seguintes remunerações, considerando os valores a partir de janeiro de 2018.

  • Terceira Classe – R$ 11.983,26
  • Segunda Classe – R$ 12.482,69
  • Primeira Classe – R$ 14.609,83
  • Especial – R$ 17.848,60

Para concorrer a uma das vagas, é necessário ter diploma de nível superior em qualquer área de formação, desde que o documento seja emitido por instituição reconhecida pelo MEC.

Em janeiro de 2019, os servidores devem receber a terceira parcela do reajuste. Assim, os vencimentos iniciais para delegado e perito se elevam para R$ 23.692,74 e para as demais, R$ 12.552,50.

Já o vencimento para membros das categoria e classe especial, passa a R$ 30.936,91 e R$ 18.651,79.

Benefícios dos servidores da Polícia Federal

Além dos vencimentos básicos descritos acima, os servidores da Polícia Federal contam com alguns benefícios. Entre eles, o auxílio-alimentação, que é de R$ 458,00 por mês.

Além disso, os policiais lotados em áreas fronteiriças recebem Adicional de Fronteira, que possui valor de R$ 91,00 por dia trabalhado, o que possibilita acréscimo de até R$ 2 mil por mês.

Como trabalhar na Polícia Federal?

De acordo com a informação citada no início no texto, para se tornar um servidor do quadro efetivo da Polícia Federal, é necessário ser aprovado em um concurso público.

Quando um edital é publicado, ele estabelece algumas etapas nas quais o candidato será avaliado. Com um outra alteração, essas fases podem ser:

  • provas objetivas e discursivas (aplicadas no mesmo dia)
  • teste de aptidão física (TAF)
  • exame médico
  • avaliação psicológica (psicotécnico)
  • investigação social
  • curso de formação

Além dos requistos de escolaridade já mencionados, é preciso ter ao menos 18 anos, Carteira Nacional de Habilitação categoria B ou superior, além de estar em dias com as obrigações eleitorais e militares (em caso de candidatos do sexo masculino), entre outros.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.