Quanto ganha um sargento da Aeronáutica?

Responsáveis por garantir o funcionamento e segurança das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), os sargentos da aeronáutica podem ter ótimos salários.

Muitos almejam ingressar na área das Forças Armadas do Brasil, seja por meio de alistamento obrigatório, ou via concurso público, tendo em vista a estabilidade profissional e os altos salários.

Segundo o Ministério da Defesa, o salário dos militares abrange o soldo (valor que varia de acordo posto e graduação), bem como adicionais e gratificações,
determinantes ao longo da carreira, o exercício de atividades especiais e outras situações. Tais proventos resultam em um salário satisfatório.

Além do Exército e a Marinha, a FAB, também contempla a Aeronáutica. Estes, juntos, são responsáveis por assegurar a integridade do território nacional; defender os interesses e os recursos naturais, industriais e tecnológicos brasileiros; proteger os cidadãos e os bens do País; e garantir a soberania da nação.

O que faz um sargento da Aeronáutica?

No caso da Aeronáutica, os sargentos, têm a responsabilidade de manter as aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) em funcionamento, dando suporte a toda a estrutura da FAB.

Em outras palavras, o sargento da Aeronáutica é responsável por coordenar a inspeção, assim como a manutenção referente as reparos dos paraquedas, capacetes, coletes salva-vidas, entre outros equipamentos. Assim, os sargentos da Aeronáutica seguem a risca a máxima de “Voar e fazer voar”.

Dentro da Aeronáutica, há um grau hierárquico a ser seguido. Existem os sargentos (primeiro, segundo e terceiro), na forma de um suboficial, que por sua vez, está acima de outros suboficiais como taifeiro (primeira e segunda classe, Mor), soldado (primeira e segunda classe) e cabo.

Como se tornar um sargento da Aeronáutica?

Como dito anteriormente, é possível ingressar na área por meio de concurso público ou alistamento obrigatório. No caso de alistamento, é preciso procurar o posto mais próximo e escolher servir em outros órgãos das Forças Armadas, como a FAB, por exemplo.

Nessa ocasião, a apresentação é feita ao completar 18 anos. Após cumprir o tempo determinado, existe a possibilidade de continuar e realizar cursos para alavancar posições superiores.

Caso opte pelo concurso público,  é possível escolher entre as diferentes oportunidades de escolaridade, que vão desde ensinos médio, técnico e superior.

No site da FAB, você encontra outras formas de ingresso, bem com os requisitos necessários para cada um deles. Veja:

  • Curso de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica (CAFAR);
  • Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica (CAMAR);
  • Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Aeronáutica (CFOAV);
  • Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS – B);
  • Curso de Formação de Taifeiros (CFT – B);
  • Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR);
  • Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica (EAGS – B);
  • Estágio de Instrução e Adaptação de Capelães da Aeronáutica (EIAC);
  • Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR);
  • Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica (CFOINF), entre outros.

Quanto ganha um sargento da Aeronáutica?

Em 2016, a Lei Nº 13.321, publicada por meio do Diário Oficial da União, modificou o soldo e o escalonamento vertical dos militares das Forças Armadas, mostrando o salário de sargentos, cabos e generais das Forças Armadas Brasileira.

No ano de 2016, houve um reajuste médio de 27,9% para os servidores das carreiras, os quais tiveram pagamento escalonado até 2019. Os reajustes variam entre 24,39% e 48,91%, conforme a carreira. Em 2017, houve aumento de 5%, e o restante ocorreu nos inícios dos anos de 2018 e, agora, em 2019.

No que se refere aos Sargentos, a remuneração chega a R$ 3.825,00 para classe inicial de 3º Sargento, passando para R$ 4.770,00 de 2º Sargento e para R$ 5.483,00 alcançando o grau de 1º Sargento.

Vale lembrar que a remuneração desses profissionais contempla também o soldo (valor que varia de acordo posto e graduação), bem como adicionais e gratificações.

Veja também: Quanto ganha um Sargento do Exército?

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More