Quanto ganha um sargento da Aeronáutica?

Responsáveis por garantir o funcionamento e segurança das aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), os sargentos da aeronáutica podem ter ótimos salários.

0

Muitos almejam ingressar na área das Forças Armadas do Brasil, seja por meio de alistamento obrigatório, ou via concurso público, tendo em vista a estabilidade profissional e os altos salários.

Segundo o Ministério da Defesa, o salário dos militares abrange o soldo (valor que varia de acordo posto e graduação), bem como adicionais e gratificações,
determinantes ao longo da carreira, o exercício de atividades especiais e outras situações. Tais proventos resultam em um salário satisfatório.

Além do Exército e a Marinha, a FAB, também contempla a Aeronáutica. Estes, juntos, são responsáveis por assegurar a integridade do território nacional; defender os interesses e os recursos naturais, industriais e tecnológicos brasileiros; proteger os cidadãos e os bens do País; e garantir a soberania da nação.

O que faz um sargento da Aeronáutica?

No caso da Aeronáutica, os sargentos, têm a responsabilidade de manter as aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) em funcionamento, dando suporte a toda a estrutura da FAB.

Em outras palavras, o sargento da Aeronáutica é responsável por coordenar a inspeção, assim como a manutenção referente as reparos dos paraquedas, capacetes, coletes salva-vidas, entre outros equipamentos. Assim, os sargentos da Aeronáutica seguem a risca a máxima de “Voar e fazer voar”.

Dentro da Aeronáutica, há um grau hierárquico a ser seguido. Existem os sargentos (primeiro, segundo e terceiro), na forma de um suboficial, que por sua vez, está acima de outros suboficiais como taifeiro (primeira e segunda classe, Mor), soldado (primeira e segunda classe) e cabo.

Como se tornar um sargento da Aeronáutica?

Como dito anteriormente, é possível ingressar na área por meio de concurso público ou alistamento obrigatório. No caso de alistamento, é preciso procurar o posto mais próximo e escolher servir em outros órgãos das Forças Armadas, como a FAB, por exemplo.

Nessa ocasião, a apresentação é feita ao completar 18 anos. Após cumprir o tempo determinado, existe a possibilidade de continuar e realizar cursos para alavancar posições superiores.

Caso opte pelo concurso público,  é possível escolher entre as diferentes oportunidades de escolaridade, que vão desde ensinos médio, técnico e superior.

No site da FAB, você encontra outras formas de ingresso, bem com os requisitos necessários para cada um deles. Veja:

  • Curso de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica (CAFAR);
  • Curso de Adaptação de Médicos da Aeronáutica (CAMAR);
  • Curso de Formação de Oficiais Aviadores da Aeronáutica (CFOAV);
  • Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS – B);
  • Curso de Formação de Taifeiros (CFT – B);
  • Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR);
  • Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica (EAGS – B);
  • Estágio de Instrução e Adaptação de Capelães da Aeronáutica (EIAC);
  • Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR);
  • Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica (CFOINF), entre outros.

Quanto ganha um sargento da Aeronáutica?

Em 2016, a Lei Nº 13.321, publicada por meio do Diário Oficial da União, modificou o soldo e o escalonamento vertical dos militares das Forças Armadas, mostrando o salário de sargentos, cabos e generais das Forças Armadas Brasileira.

No ano de 2016, houve um reajuste médio de 27,9% para os servidores das carreiras, os quais tiveram pagamento escalonado até 2019. Os reajustes variam entre 24,39% e 48,91%, conforme a carreira. Em 2017, houve aumento de 5%, e o restante ocorreu nos inícios dos anos de 2018 e, agora, em 2019.

No que se refere aos Sargentos, a remuneração chega a R$ 3.825,00 para classe inicial de 3º Sargento, passando para R$ 4.770,00 de 2º Sargento e para R$ 5.483,00 alcançando o grau de 1º Sargento.

Vale lembrar que a remuneração desses profissionais contempla também o soldo (valor que varia de acordo posto e graduação), bem como adicionais e gratificações.

Veja também: Quanto ganha um Sargento do Exército?

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.