Recursos naturais renováveis e não-renováveis

Os recursos naturais são fundamentais para a sobrevivência humana. Estes podem ser divididos em dois grupos, os renováveis e não-renováveis. Veja as diferenças.

0

A natureza oferece diversos recursos, como alimento, água e abrigo, ou seja, itens necessários para a sobrevivência. Estes são conhecidos como recursos naturais. Mas, você sabe o que são os recursos naturais?

Define-se como recursos naturais tudo aquilo que é necessário para o homem e que pode ser encontrado na natureza. Através desses recursos é possível a existência do ser humano.

Dentre os principais recursos naturais, pode-se citar como exemplo o calor do sol, água, florestas, ar, entre outros.

Além disso, é possível dividir esses recursos em dois grupos:

  • Recursos naturais renováveis;
  • Recursos naturais não-renováveis.

Recursos naturais renováveis

Recursos Naturais Renováveis
A luz solar é um exemplo de Recurso Natural Renovável.

Os recursos naturais renováveis, como o próprio nome indica, são aqueles que podem ser renovados ou regenerados após o homem utilizá-los em suas atividades. Se enquadram nesses recursos itens como as florestas, solo, água, luz do sol, entre outros.

Estes recursos, dependendo da forma como o ser humano utiliza, são difíceis de se esgotar. No entanto, é importante frisar que alguns deles são esgotáveis.

Recursos naturais não-renováveis

Recursos Naturais Não-Renováveis
O carvão de pedra é um exemplo de Recurso Natural Não-Renovável

Os recursos naturais não-renováveis são os que não podem se renovar ou regenerar.

Nesses recursos, se enquadram o ferro, ouro, petróleo, níquel, entre outros. Por não se regenerarem, quanto mais explorados, maior a chance de extinguir-los. Por isso, é necessário preservá-los.

Veja também: Território Brasileiro: Regiões, áreas, fronteiras e aspectos naturais

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.