Relatório individual de aluno indisciplinado 

O relatório individual do aluno é importante para que os responsáveis saibam o desempenho da criança na escola. Confira alguns modelos.


O relatório individual do aluno é uma ferramenta importante para estabelecer a comunicação entre pais e professores. No documento é importante o educador incluir os pontos positivos e em quais aspectos o estudante ainda precisa trabalhar.

É através desse relatório que os responsáveis podem saber se a criança tem se comportado e evoluído de acordo com o esperado para a fase. Além disso, também consta no documento se o estudante é disciplinado.

Nesse caso, os educadores podem ter dificuldades na hora de produzir o relatório, pois é necessário tomar cuidado com os termos utilizados. Vale destacar que, como esse documento costuma ser anexado no histórico escolar do aluno, deve-se atentar a palavras que gerem ambiguidade.

Pensando nisso, selecionamos alguns modelos de relatório individual de aluno indisciplinado. Confira abaixo.

Modelo 1

O (nome do estudante) é um aluno que não realiza as atividades propostas, seja em casa ou em sala de aula. Além disso, por ter facilidade para conversar com os colegas, se distrai com muita facilidade.

Quando o professor chama a atenção, logo volta a fazer o que deve ser feito, mas depois volta a iniciar conversas paralelas. Com isso, seu desempenho e o de colegas mais próximos é prejudicado.

O aluno ainda apresenta dificuldade de autorregulação, principalmente em situações que envolvam provocações de colegas de turma. Nesses momentos, utiliza termos poucos cordiais com os colegas e professores.

Esses acontecimentos já foram relatados anteriormente aos pais, mas não foram obtidos muitos resultados positivos. Por isso, solicitamos novamente a presença dos responsáveis para que juntos trabalhemos esses pontos.

Modelo 2

(nome do estudante) é uma criança que não aceita os limites estabelecidos pelos educadores. Durante as aulas, costuma iniciar conversas paralelas, distraindo os outros colegas de classe.

Além disso, não realiza as tarefas em sala de aula e nem as de casa. Suas notas estão abaixo da média e em algumas ocasiões, foi pego olhando as respostas de outros colegas.

Nesses momentos, os pais foram comunicados e o aluno recebeu advertência. Apesar disso, sua postura em classe não mudou e, constantemente, os professores solicitam que ele se retire de sala.

Além disso, em muitas reuniões, os pais não estiveram presentes. Acreditamos que a participação dos pais é muito importante para que sejam alcançados resultados mais positivos.

Modelo 3

O aluno (nome do estudante) não realiza as atividades propostas em sala de aula, além de não fazer as lições de casa. Além disso, sempre demonstra estar cansado e desanimado.

Seu número de faltas é elevado, quase alcançado a quantidade necessária para reprovação em algumas disciplinas. Ainda mais, costuma chegar atrasado e muitas vezes dorme em aula.

Suas notas também não são promissoras, sendo necessário fazer recuperação em Língua Portuguesa, Matemática, História e Geografia.

Modelo 4

(nome do aluno), neste ano, não desenvolveu habilidades de convívio escolar. Em muitos momentos, fica nervoso, principalmente quando as coisas não saem do jeito esperado.

Além disso, tem dificuldades para cumprir regras e ainda demonstra agressividade com os colegas. Por conta dessa situação, já foi solicitada a presença dos pais na escola.

Apesar de não realizar as atividades para casa, costuma se sair bem nas provas, principalmente de matemática. O (nome do estudante) tem muita facilidade com os números e suas notas não sobem por conta das tarefas que deixa de fazer.

Com isso, observamos que (nome do estudante) é um aluno com muito potencial, mas para cumprir com os objetivos estabelecidos, precisa se empenhar nas atividades propostas.

Modelo 5

(nome do estudante) é um aluno que se comunica com todos os colegas de sala e, por isso, deixa de prestar atenção na aula e ainda distrai a turma.

Em muitas situações, foi desrespeitoso com o professor, deixando de seguir as solicitações do educador. Além disso, sai da sala de aula sem permissão e, muitas vezes, não volta até a última aula.

(nome do estudante) também já foi pego tentando sair da escola antes do horário. No dia do ocorrido, os responsáveis foram chamados, mas não houve grandes resultados.

Suas notas não costumam ser promissoras. Em muitas ocasiões, as provas costumam ser deixadas em branco e as atividades não são entregues em dia.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More